Prejuízo de invasão passa de R$ 1,2 milhão, diz Cutrale

SOROCABA, SP – Os prejuízos causados pela invasão do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) na fazenda Santo Henrique, da Cutrale, já passam de R$ 1,2 milhão, segundo a empresa. Cerca de 350 militantes permaneceram nove dias na propriedade, desocupada por ordem judicial.

De acordo com o diretor Carlos Otero, o levantamento dos danos é preliminar e levou em conta a destruição de equipamentos e tratores, o desaparecimento de defensivos agrícolas e a derrubada parcial do pomar.

O cálculo não contabilizou a produção perdida no período da invasão, nem os danos a bens pessoais dos funcionários.

A Polícia Civil de Borebi, no interior de São Paulo, aguarda a chegada do laudo da perícia feita pelo Instituto de Criminalística (IC) para pedir a prisão dos principais envolvidos na depredação da fazenda.

Original em: http://www.estadao.com.br

GD Star Rating
loading...

Alerj quer reconstituição de incidentes em trens da SuperVia

RIO – A Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social da Assembleia Legislativa do Rio vai a providenciar reconstituição dos últimos incidentes ocorridos no sistema ferroviário do estado. A comissão também pretende visitar o centro de manutenção dos trens da concessionária SuperVia. A decisão foi tomada durante audiência pública nesta quarta-feira.

“Quero saber qual foi o procedimento usado pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) que comprovou, em seu laudo, que a pane ocorrida no dia 9 deste mês foi resultado de sabotagem, já que o presidente do sindicato dos ferroviários, Walmir de Lemos, nos afirmou que o que ocasionou o acidente foi a falta de manutenção dos trens”, afirmou o presidente da comissão, deputado Paulo Ramos (PDT), em nota divulgada à imprensa.

Original em: http://oglobo.globo.com

GD Star Rating
loading...

Pistola teria sido retirada do local onde foram baleados dois ladrões no Recreio

RIO – Uma pistola .40, de uso exclusivo das polícias do estado, desapareceu do local onde dois ladrões que tentaram roubar um cordão de ouro de um policial militar na segunda-feira passada, na orla do Recreio dos Bandeirantes, foram mortalmente feridos durante troca de tiros. Segundo depoimento de testemunhas à polícia, logo após o tiroteio um homem se dizendo policial deu gritos para dispersar curiosos, pegou a pistola caída no chão e foi embora. Agentes da 16ª DP (Barra da Tijuca) tentam localizar o homem e apreender a arma para que possa, também, ser submetida a exame de balística no Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE).

Até o momento, segundo a Polícia Civil, o ICCE não recebeu os três projéteis retirados dos corpos. Um deles foi retirado da parte superior da nuca do empresário Antonio Borges, de 70 anos, atingido por uma bala perdida durante tiroteio entre os ladrões Marcelo Rodrigues da Silva e Alan dos Santos Delfino e o cabo da PM Fábio Magalhães Teixeira. Os projéteis e as armas são fundamentais para que o ICCE identifique de que arma foi dado o tiro que matou o empresário. O cabo entregou à polícia uma pistola calibre 380, que seria sua, e um revólver calibre 38, de um dos ladrões.

Original em: http://oglobo.globo.com

GD Star Rating
loading...

Homem é executado no Bom Parto

Elton Felipe foi morto a tiros; polícia não tem pistas dos criminosos

Jovem foi executado em frente a sua residência

O jovem Elton Felipe dos Santos Santana, de 20 anos, foi assassinado com aproximadamente dez tiros de pistola na tarde desta quarta-feira (14), na Rua do Campo, bairro Bom Parto, em Maceió, nas proximidades da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

De acordo com policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar, que estiveram no local do crime, após a execução os criminoso fugiram tomando destino ignorado. Um tio de Elton, que preferiu ter o nome omitido, disse que a vítima não tinha envolvimento com ações ilícitas e que uma grande cicatriz na região abdominal era de uma intervenção cirúrgica para a extração de um rim.

No entanto, informações colhidas na região dizem que Elton tinha envolvimento com o tráfico de drogas ilícitas e pertencia a um grupo que era rival do grupo de Ivanildo do Nascimento, o “Aranha”, e de “Gil Bolinha”.

O Instituto de Criminalística (IC) esteve no local para realizar os primeiros procedimentos investigativos. O crime será investigado pela equipe do 7º Distrito Policial.

Segundo familiares, vítima não teria inimizades ou envolvimento com drogas

Original em: http://gazetaweb.globo.com

GD Star Rating
loading...

Polícias ainda procuram Cezar Prestes

Policiais federais localizaram na tarde de ontem o computador particular do perito criminal da Polícia Federal Francisco Antônio Freitas de Souza, assassinado no último dia 8, no canal da Pirajá, bairro da Sacramenta, em Belém. No notebook estavam contidas informações importantes da polícia. A outra arma utilizada no crime, um revólver calibre 38, também foi encontrada pelos agentes, na tarde da última segunda-feira. Ela estava escondida no forro da casa de Lariélcio Almeida que já está preso.

O computador da vítima tinha sido abandonado em uma casa desabitada localizada na passagem Gastão entre o canal de São Joaquim e a passagem Bom Jesus, no bairro da Sacramenta. Por volta das 16h de ontem, a PF recebeu uma ligação anônima sobre o laptop e enviou uma equipe para o local que confirmou a informação.

OS PRESOS

Dos quatro envolvidos no assassinato do Perito Criminal da PF, três já se encontram no Presídio de Marituba 1: Mauro José da Cruz Cruz, de 18 anos, que atirou duas vezes no policial ederal, preso pela PM no dia do Círio; Lariélcio Almeida Galibí, de 19 anos, que atirou 6 vezes no corpo da vítima e Luan de Souza, de 19 anos que fazia parte da quadrilha. Laurielcio e Luan se entregaram à polícia.

Original em: http://www.diariodopara.com.br

GD Star Rating
loading...

Homens rendem padre e seminaristas durante assalto a um seminário no Paraná

CURITIBA – O Seminário Sagrada Família, no bairro Santo Inácio, em Curitiba, foi assaltado na manhã desta terça-feira. Três homens invadiram o local por volta das 9h30 e, depois de renderem 17 pessoas que estavam trabalhando no lugar, roubaram cerca de R$ 2 mil.

Os ladrões chegaram ao seminário, localizado na rua Luiz Kula, no momento em que alguns seminaristas cuidavam de um jardim. Depois de rendê-los, o trio fez também como reféns funcionários e o padre do local. Eles levaram todas as vítimas para uma sala de estudos, onde perguntaram sobre a localização de um suposto cofre.

O padre Adriano Levedove e mais um seminarista foram levados pelos ladrões para os diversos quartos do seminário, onde diversos objetos foram roubados. Ao todo, R$ 2 mil em dinheiro, além de celulares, câmeras e relógios foram roubados. Segundo as vítimas, dois dos ladrões estavam armados.

Toda a ação durou cerca de 30 minutos e, segundo o padre assaltado, os ladrões pareciam inexperientes.

– Eles estavam perdidos e não sabiam direito o que fazer. Aparentavam estar muito nervosos – disse Levedove.

Ninguém ainda foi preso pela polícia. Técnicos do Instituto de Criminalística já estiveram no seminário para tentar colher digitais dos assaltantes. Na tarde desta terça, seis pessoas apareceram para prestar queixa na Delegacia de Furtos e Roubos (DFR). Elas vão ajudar na consolidação do retrato falado dos ladrões.

Uma mulher que foi rendida pelos assaltantes durante a manhã reconheceu um dos homens que invadiu o Seminário Sagrada Família. Segundo ela, no último dia 5, o ladrão já havia participado de um assalto à Paróquia Santo Inácio, localizada a cerca de 70 metros do seminário roubado nesta terça.

Na ocasião, um homem bem vestido entrou na secretaria da paróquia no final da tarde e deu voz de assalto. Cinco pessoas foram rendidas e fechadas em um banheiro.

– Ele dizia que estava acompanhado e ficava pedindo a quantia de R$ 100 mil – conta o padre Fiorenzo Longhi.

O ladrão levou R$ 6 mil em dinheiro e dois celulares.

No final de junho, a Paróquia Nossa Senhora das Dores, conhecida como Igreja dos Passarinhos, no bairro Bigorrilho, foi assaltada por uma dupla que fingiu estar interessada em uma cerimônia de casamento e acabou rendendo o padre do local e mais duas secretárias. Eletrônicos, jóias e R$ 3 mil em dinheiro foram levados pelos assaltantes.

Também em junho, a Paróquia Nossa Senhora da Luz, em Pinhais, na região metropolitana, foi roubada por uma dupla que disse estar interessada em batizar o filho. Cerca de R$ 3 mil em dinheiro e um relógio foram levados.

Um mês antes, em maio, duas pessoas entraram na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no bairro Tarumã, e roubaram R$ 5 mil, além de joias, celulares e relógios.

Na época dos crimes, surgiu a suspeita de que o mesmo casal seria o responsável por todos os assaltos. Ninguém foi preso. O delegado Gil Tesseroli, da DFR, não acredita que o roubo desta terça no seminário foi cometido pelos mesmos ladrões roubaram algumas paróquias no primeiro semestre deste ano.

– Nos casos anteriores, sempre um casal estava envolvido. Desta vez, são três homens. Por isso, achamos que não há relação – disse.

Original em: http://oglobo.globo.com

GD Star Rating
loading...

Sejus abre 76 vagas para ensino superior

CUIABÁ – A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança de Mato Grosso abre Processo Seletivo Simplificado para provimento de 76 vagas, bem como formação de Cadastro de Reserva destinadas a Perícia Oficial e Identificação Técnica, aos cargos de Perito Oficial Criminal (Politec).

As áreas são Arquitetura ou Física (1), Biologia (1), Biologia, Economia, Administração ou Ciências Contábeis (2), Biologia, Matemática, Engenharias, Física e Química (1), Ciência da Computação, Engenharia de Computação, Engenharia de Rede de Computação ou Engenharia de Rede Mecatrônica (1), Engenharia Elétrica (2), Engenharia Mecânica (1), Engenharias Civil ou Elétrica (6), Farmácia-Bioquímica (1), Física, Química, Biologia, Engenharias, Farmácia ou Matemática (4), Física, Química, Biologia, Engenharias, Farmácia, Matemática ou Geologia (2), Geologia, Engenharias: Agronomia ou Florestal (1), Licenciatura ou Bacharelado em Química (2)), ao cargo de Perito Oficial Medico Legista (Área: Médico (1)), ao cargo de Técnico em Necropsia (Área: Técnico em Enfermagem (7)), ao cargo de Agente de Desenvolvimento Econômico e Social (Área: Assistente de Administração (2), Assistente de Administração (22), Técnico em Enfermagem (3), Técnico em Laboratório de Análises Clínicas (4), Técnico em Operação de Raio X (7)), ao cargo de Técnico de Desenvolvimento Econômico e Social (Área: Ciências Contábeis, Economia, Administração ou Direito (3), Farmácia-Bioquímica ou Biologia (2).

Os salários variam de R$ 872,41 a R$ 4.837,25.

O Processo Seletivo se constitui de Inscrição e Entrega de Documentos; e Análise Curricular pela Comissão de Processo Seletivo Simplificado – Sejusp/Politec.

As inscrições deverão ser realizadas nas unidades da POLITEC em Cuiabá, Rondonópolis, Primavera do Leste, Sorriso e Barra do Garças, no período de 13 a 15 de outubro de 2009, no horário das 8h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h30. A inscrição para todos os cargos será gratuita.

Para efetivar a inscrição, o candidato deverá entregar a ficha de inscrição disponível no endereço eletrônico www.seguranca.mt.gov.br/politec, devidamente preenchida, Curriculum Vitae; Fotocópia nítida de Cédula de Identidade, CPF e CNH; Fotocópia nítida dos documentos comprobatórios de escolaridade e titulação de graduação e especializações; e Fotocópia nítida da Carteira de Conselho de Classe do Estado de Mato Grosso ou com abrangência no Estado (quando couber), excetuando graduação / formação que não tem Conselho.

A Publicação do Resultado dos Classificados estará disponível na data provável de 30 de outubro de 2009, no Diário Oficial do Estado.

O prazo do contrato será correspondente a 1 ano podendo ser rescindido a qualquer tempo.

A validade do processo seletivo será de 12 meses a contar da homologação do resultado no Diário Oficial do Estado, prorrogável por igual período. (JM)

Original em: http://portalamazonia.globo.com

GD Star Rating
loading...

Feriadão termina com 23 homicídios

Clique para Ampliar

Local de crime: durante todo o feriadão, a cena se repetiu na periferia. Cadáveres eram recolhidos pelo rabecão

Vinte e três pessoas foram assassinadas na Grande Fortaleza durante o fim de semana prolongado. A estatística foi concluída, ontem, pela Editoria de Polícia do Diário do Nordeste depois de checar os registros de óbitos no período compreendido entre as 18 horas de sexta-feira passada (9) e as 6 horas de ontem (13). Todos os corpos deram entrada no Serviço de Verificação de Óbito (SVO), depois de guias serem expedidas pelas delegacias plantonistas da Capital.

Dezenove pessoas foram assassinadas a bala, três a golpes de faca e uma a golpes de machado. Em meio às vítimas da criminalidade na Capital e sua Região Metropolitana figuraram dois adolescentes e uma mulher. A maioria dos assassinatos caracterizou-se como execução sumária. As vítimas foram eliminadas sem chances de defesa e os matadores fugiram em motocicletas, sem deixar pistas.

A relação das pessoas assassinadas é a seguinte: Josélio da Silva Alcântara, Mariano de Lima Bezerra, Francisco Gleiciano Xavier da Silva, Francisco Gleidson Paulino de Souza, José Ivo dos Santos, Francieudo Nascimento de Oliveira, Fábio Gomes da Silva, José Bruno de Paiva Macieira, Francisco Elenilson Rodrigues Mesquita, Paulo Vilandir Ribeiro Barbosa, José Renes Cavalcante Pinheiro Filho, José Claírton Barbosa Sales, Flávio Bibiano da Silva, Luíza Ferreira Lopes, Antônio Walmir Alves da Silva, João James Moreira Pereira, Francisco Antônio Clemente Brito, Manuel Rodrigues de Sousa, Francisco das Chagas Lopes de Sousa, Fabiano Pinheiro Alves, Pedro Neto Teixeira Felipe, Francisco Eduardo Coelho de Oliveira e Francisco José Rodrigues dos Santos.

Os assassinatos passam, agora, a ser investigados pelas delegacias (DPs) de cada área.

Um dos crimes mais brutais ocorreu no Município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza), onde uma mulher, a dona-de-casa Luíza Ferreira Lopes, 52, foi morta a golpes de machado pelo próprio sobrinho, que está foragido.

O último homicídio registrado no feriadão aconteceu nas primeiras horas de ontem, quando o comerciante Manuel Rodrigues de Sousa foi executado, a tiro, na Avenida Maestro Lisboa, na Lagoa Redonda.

Original em: http://diariodonordeste.globo.com

GD Star Rating
loading...