Feriadão termina com 23 homicídios

Clique para Ampliar

Local de crime: durante todo o feriadão, a cena se repetiu na periferia. Cadáveres eram recolhidos pelo rabecão

Vinte e três pessoas foram assassinadas na Grande Fortaleza durante o fim de semana prolongado. A estatística foi concluída, ontem, pela Editoria de Polícia do Diário do Nordeste depois de checar os registros de óbitos no período compreendido entre as 18 horas de sexta-feira passada (9) e as 6 horas de ontem (13). Todos os corpos deram entrada no Serviço de Verificação de Óbito (SVO), depois de guias serem expedidas pelas delegacias plantonistas da Capital.

Dezenove pessoas foram assassinadas a bala, três a golpes de faca e uma a golpes de machado. Em meio às vítimas da criminalidade na Capital e sua Região Metropolitana figuraram dois adolescentes e uma mulher. A maioria dos assassinatos caracterizou-se como execução sumária. As vítimas foram eliminadas sem chances de defesa e os matadores fugiram em motocicletas, sem deixar pistas.

A relação das pessoas assassinadas é a seguinte: Josélio da Silva Alcântara, Mariano de Lima Bezerra, Francisco Gleiciano Xavier da Silva, Francisco Gleidson Paulino de Souza, José Ivo dos Santos, Francieudo Nascimento de Oliveira, Fábio Gomes da Silva, José Bruno de Paiva Macieira, Francisco Elenilson Rodrigues Mesquita, Paulo Vilandir Ribeiro Barbosa, José Renes Cavalcante Pinheiro Filho, José Claírton Barbosa Sales, Flávio Bibiano da Silva, Luíza Ferreira Lopes, Antônio Walmir Alves da Silva, João James Moreira Pereira, Francisco Antônio Clemente Brito, Manuel Rodrigues de Sousa, Francisco das Chagas Lopes de Sousa, Fabiano Pinheiro Alves, Pedro Neto Teixeira Felipe, Francisco Eduardo Coelho de Oliveira e Francisco José Rodrigues dos Santos.

Os assassinatos passam, agora, a ser investigados pelas delegacias (DPs) de cada área.

Um dos crimes mais brutais ocorreu no Município de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza), onde uma mulher, a dona-de-casa Luíza Ferreira Lopes, 52, foi morta a golpes de machado pelo próprio sobrinho, que está foragido.

O último homicídio registrado no feriadão aconteceu nas primeiras horas de ontem, quando o comerciante Manuel Rodrigues de Sousa foi executado, a tiro, na Avenida Maestro Lisboa, na Lagoa Redonda.

Original em: http://diariodonordeste.globo.com

2 comments to Feriadão termina com 23 homicídios

Leave a Reply