Autoria de assassinato de menino no Nova Lima depende agora de perícia em arma

A arma encontrada na casa de um dos adolescentes suspeitos de matar o menino Luis Fernando de Oliveira, 12, a tiros no dia 11 de outubro, na região do Nova Lima, será periciada. Segundo informou o 2º Distrito Policial, responsável por investigar o caso, somente o exame do Instituto de Criminalística pode esclarecer o fato.

Diego Almeida Coimbra, 21, e Maxwell Bispo Costa Hurtado, 21, foram presos hoje ao meio-dia. Com eles foi encontrada uma arma calibre 38. Depois, um adolescente foi apontado como o autor do disparo e na casa do suspeito foi encontrado outro revólver do mesmo calibre.

Violência

Luis Fernando de Oliveira, 12 anos, morreu no dia 11 de outubro. Ele foi mais um adolescente vítima da violência em Campo Grande. O adolescente estava em frente ao hospital São Julião, no Jardim Anache, região do Nova Lima, onde foi alvejado por jovens em uma motocicleta.

Hoje às 12h, quatro dias após o crime, os suspeitos de matarem Luis Fernando foram presos pelo Serviço Reservado da PM (Polícia Militar).

Eles foram levados para o 2º DP (Distrito Policial), que fica na Avenida Mascarenhas de Moraes. A motivação do crime deverá ainda ser investigada pela Polícia Civil.

Foram presos no Nova Lima, Maxuel e Diego. Com o último foi encontrado um revólver calibre 38. Depois da prisão dos dois a polícia identificou um terceiro, que é adolescente. Na casa dele, a motocicleta que teria sido usada no dia do crime e outra arma de calibre 38.

Original em: http://www.midiamax.com

Leave a Reply