Incêndio atinge hipermercado no bairro Pinheirinho, em Curitiba

Rodolfo Buhrer / Sete caminhões do Corpo de Bombeiros foram ao local para combater o fogo

Sete caminhões do Corpo de Bombeiros foram ao local para combater o fogo

Um incêndio atingiu o hipermercado BIG no bairro Pinheirinho, em Curitiba na noite desta sexta-feira (20). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, sete caminhões foram ao local para combater o fogo. O incêndio foi controlado por volta das 20 horas, mas ainda havia pequenos focos de incêndio, por volta das 21h15.

As chamas se espalharam por volta das 19h, e começaram no depósito do hipermercado, que fica nos fundos do estabelecimento – na Rua Marechal Rondon , nas proximidades do terminal de ônibus do Pinheirinho.

Rodolfo Buhrer / Segundo o Corpo de Bombeiros não houve pessoas feridas durante o incêndio

Segundo o Corpo de Bombeiros não houve pessoas feridas durante o incêndio

O Corpo de Bombeiros informou que o local foi evacuado e que ambulâncias não foram enviadas ao BIG, pois não houve pessoas feridas.

A assessoria de imprensa do hipermercado disse que o estabelecimento ficará fechado neste sábado (21) e que não havia previsão de quando será reaberto.

A assessoria informou que cerca de 250 pessoas estavam no local no momento do incêndio.

O Instituto de Criminalística fará perícias no hipermercado para descobrir as causas do incêndio.

O mecânico Fabiano Souza era um dos clientes que estavam no BIG. Segundo Souza, no interior da loja o incêncio começou na seção de eletrodomésticos e depois se espalhou. “Fomos avisados pelo autofalante para que deixássemos o local. Houve correria, mas não houve tumulto”, contou o mecânico.

Já o funcionário público Hermógenes Kutman não estava no hipermercado, mas viu o incêndio, pois mora nas proximidades do local. “A região ficou toda preta e havia muita fumaça. Estava difícil até para respirar”, afirmou Kutman.

Fábrica destruída na RMC

Na madrugada desta sexta-feira (20), uma fábrica de tintas foi destruída em São José dos Pinhais, na região metropolitana (RMC). De acordo com o telejornal ParanáTV, 1.ª edição, o fogo começou por volta das 2 horas da madrugada. Segundo o Corpo de Bombeiros , as chamas atingiram 20 metros de altura.

Ninguém ficou ferido e as chamas foram controladas quatro horas mais tarde. Segundo os Bombeiros, ainda há risco de uma parede do local desabar sobre duas casas que ficam ao lado da fábrica.

Original em: http://portal.rpc.com.br

GD Star Rating
loading...

Perícia determina demolição de estrutura que caiu em shopping

Vítima do desabamento é atendida na ambulância Foto: Reinaldo Marques/Terra

Oito pessoas ficaram feridas no desabamento

Peritos do Instituto de Criminalística de São Paulo realizaram vistoria na noite desta sexta-feira no Shopping SPMarket, localizado na zona sul da capital. De acordo com a polícia, foi determinada a demolição do restante do muro que caiu e causou o desabamento de parte do telhado do shopping. Oito pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas a um pronto socorro.
Segundo o delegado Ricardo Vargas, do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania, ainda esta noite, após o registro do boletim de ocorrência, algumas pessoas já devem prestar depoimento. “Vamos ouvir o engenheiro responsável pela obra, algumas testemunhas e alguns PMs”, disse.
De acordo com ele, o trabalho da perícia acabou por volta das 19h, mas, segundo a Secretaria de Segurança Pública, o local ainda não foi liberado. Os trabalhos devem ser retomados amanhã pela manhã. O resultado com as causas do desabamento deve ficar pronto em 30 dias.
Esse foi o segundo acidente nas dependências do shopping em menos de um mês. No final de outubro, outro desabamento nas obras de ampliação do estabelecimento deixou quatro pessoas com ferimentos leves. Na época, a MPD Engenharia, empresa responsável pela reforma do prédio, afirmou que o problema foi ocasionado por uma peça de um andaime que se soltou.
A assessoria do SP Market informou que o desabamento desta sexta-feira não tem relação com a queda de uma laje ocorrida em uma obra anexa ao shopping. Segundo a assessoria, o desabamento ocorrido no mês passado, que deixou quatro operários feridos, ocorreu em um ponto isolado, longe dos clientes.

Original em: http://noticias.terra.com.br

GD Star Rating
loading...

Unidades da segurança pública da região Noroeste receberão reforços com novo concurso

O maior concurso público, aberto pelo Governo do Estado de Mato Grosso, cuja prova acontecerá no próximo domingo (22.11), também irá contemplar a área da segurança pública.

São mais de 2.900 vagas para atender o quadro operacional da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Corpo de Bombeiro, Sistema Prisional e Socioeducativo.

Com reforço no efetivo da segurança pública, o Estado quer aprimorar o capital humano promovendo mais qualificação e ampliando os quadros da segurança pública em todos os setores que a compõem.

São 1.500 vagas destinadas à necessidade do corpo técnico tanto nas unidades prisionais quanto no sistema socioeducativo. Na Perícia Oficial e Identificação Técnica serão ofertadas 80 vagas para as funções de perito e técnicos, sendo 60 vagas para peritos e 20 para a área técnica.

O Curso de Formação de Oficiais terá 20 vagas no próximo vestibular. O Corpo de Bombeiro terá nesse novo concurso 60 vagas para soldados. Na Polícia Militar serão mil vagas para inclusão de praças e para a Polícia Judiciária Civil estão sendo ofertadas 140 vagas para escrivães; 60 para delegados e 60 para investigadores.

A inclusão de novos policiais civis e militares foi uma das ações da segurança pública citadas pelo secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado Filho, durante o viagem realizada esta semana pela comitiva da segurança pública em seis municípios e um distrito da região Noroeste do Estado.

De acordo com o secretário, 70 novos policiais militares deverão integrar o quadro do Comando Regional VIII da Polícia Militar, onde serão distribuídos nos nove municípios e distritos de alcance do CR VIII. “Será mais um reforço que a região receberá que proporcionará ainda mais qualidade dos trabalhos prestados pela Polícia Militar à população”, frisou Diógenes.

Nas delegacias da Polícia Judiciária Civil da região serão enviados mais sete delegados, além de escrivães e investigadores. Em Mato Grosso, a área da segurança pública estadual integra cinco diferentes instituições que vão do policiamento ostensivo e repressivo à perícia criminal e identificação civil.

Mato Grosso não tem apenas investido em Segurança Pública, mas também cumprido suas metas nesse setor. É, por exemplo, um dos cinco estados brasileiros que obtiveram os melhores índices de cumprimento do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), responsável por ações integradas entre governos estaduais e o governo federal.

Essas ações envolvem reorganização institucional das polícias, atividades de valorização e formação profissional, implantação de mecanismos de prevenção ao crime e trabalho integrado com as instituições de segurança pública presentes no Estado.

Original em: http://www.expressomt.com.br

GD Star Rating
loading...

Ex-reeducando é assassinado dentro de borracharia

Crime ocorreu dentro de borracharia, no Jacintinho

Crime ocorreu dentro de borracharia, no Jacintinho

O ex-reeducando Fabiano da Silva Ferreira dos Santos, 26 anos, foi morto com diversos tiros de pistola na tarde desta quinta-feira, 19, dentro de uma borracharia localizada na Rua Pastor Eurico Calheiros, no bairro do Jacintinho.

A vítima teria ido à borracharia, da qual era cliente, para consertar a bicicleta. No momento em que chegou foi surpreendido pelos disparos de arma de fogo. O proprietário da borracharia contou que ficou assustado e correu para sua residência, no primeiro andar do estabelecimento.

“Não vi muita coisa, apenas dois homens armados que o abordaram e efetuaram os disparos. No momento da abordagem eu corri para minha casa”, relatou o borracheiro.

O sargento Viana, do Batalhão de Eventos (BPE), disse que a esposa da vítima confirmou que Fabiano já tinha cumprido pena no sistema penitenciário e, ainda muito abalada, foi embora sem falar com a imprensa.

Ainda segundo Viana, a arma usada no crime foi uma pistola de calibre não especificado. A polícia aguarda a chegada do Instituto Médico Legal e dos peritos do Instituto de Criminalística.

Original em: http://www.alagoas24horas.com.br

GD Star Rating
loading...

As obras do Rodoanel

Assim como se esperam explicações detalhadas das causas do blecaute que atingiu o país no dia 10, bem como medidas para que sejam evitados novos transtornos, também é preciso saber o que houve nas obras do Trecho Sul do Rodoanel, cujo desabamento de três vigas na rodovia Régis Bittencourt feriu pessoas e, por sorte, não terminou em tragédia.

O prazo de entrega do trecho que começa em Embu e vai terminar no sistema Anchieta-Imigrantes foi reduzido em 14 meses, graças a mudanças estruturais na obra. Uma investigação séria e isenta precisa dizer se, assim como apontou o Tribunal de Contas da União (TCU), a utilização de vigas pré-moldadas compromete a segurança.

De acordo com os auditores do TCU, a mudança no projeto resultou em economia de R$ 20 milhões. O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea), o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e o Instituto de Criminalística (IC) vão elaborar laudos periciais sobre o acidente. Aí poderemos saber se houve “barbeiragem” na obra.

Não é de hoje que se tenta investigar, na Assembleia Legislativa paulista, possíveis irregularidades na construção do Rodoanel. O TCU já apontou falhas graves, como crimes ambientais. Na construção do Trecho Oeste ficou claro o descaso com o meio ambiente. Um lago que serviu, por muitos anos, para o lazer no quilômetro 21 da rodovia Raposo Tavares, em Osasco, foi assoreado e tudo virou um enorme matagal. É apenas um exemplo, entre muitos.

A base de sustentação ao governo do estado usa o poder legítimo de barrar as investigações no Legislativo. Mas a sociedade precisa cobrar explicações. Afinal, com segurança não se brinca.

Original em: http://www2.visaooeste.com.br

GD Star Rating
loading...