Executado com três tiros no Tatuquara

Caído numa poça d’água, o corpo de um homem, de aproximadamente 25 anos, foi encontrado, no início da manhã de ontem, na Vila Terra Santa, bairro Tatuquara, na capital.

Moradores da região contaram à polícia que a vítima passou a perambular pelo bairro depois que foi abandonado pela mulher. A vítima não portava documentos e foi assassinada na Rua da Paz, que acompanha o trilho do trem.

Segundo informações da perícia do Instituto de Criminalística, o rapaz foi morto com três tiros, que atingiram a barriga, o peito e a cabeça. Os soldados Faria e Silva, do 13.º Batalhão da Polícia Militar, foram acionados por volta de 7h para atender à ocorrência.

O rapaz magro de aproximadamente 1,70m de altura estava caído numa grande poça de água da chuva e vestia camisa amarela, calça branca e estava descalço. Tinha pele branca e cabelos pretos curtos.

Um morador da região contou aos investigadores Edenir e Edson, da Delegacia de Homicídios, que ouviu o barulho de três disparos de arma de fogo por volta de 3h. “Eu tinha acabado de ver um filme na televisão e estava indo dormir, quando ouvi o barulho dos tiros. Perdi o sono rapidinho”, contou.

Apesar de a maioria dos populares dizer que não conheciam o rapaz, alguém comentou que ele vivia zanzando pelo bairro. Mais tarde, os investigadores receberam a informação de que a vítima morava na Terra Santa. Depois que a mulher saiu de casa e foi morar em Pinhais, ele perdeu a cabeça e passou a perambular bêbado pela vila.

GD Star Rating
loading...