PM é acusado de agredir jovem de 17 anos em Jacareí, em SP

SÃO PAULO – Um jovem de 17 anos, morador de Jacareí, a acusa um PM de agressão. O caso está sendo investigado pelas polícias Civil e Militar. As roupas sujas de sangue estão guardadas como prova. O adolescente também registrou fotos com hematomas no rosto, no pescoço e nas costas. Ele afirma que, na madrugada do dia 10 de janeiro, foi agredido por um policial militar conhecido apenas como Soldado Eduardo.

– Eles começaram a me bater, pediram pra eu me ajoelhar, deram coronhadas na minha cara. Não sabia quem ele era, ele não tinha se identificado, não tinha pedido documento, não me revistou, nem nada – diz o adolescente.

O jovem diz que estava com a namorada numa festa entre amigos, em uma rua no bairro Balneário Paraíba, em Jacareí. Ele afirma que um carro preto chegou, de repente, com dois homens armados. Um deles, que seria o policial, já teria começado a agressão.

De acordo com testemunhas, a confusão teria começado porque o barulho da festa incomodou vizinhos, entre eles a mulher do soldado. Primeiro ela teria chamado uma ronda da Polícia Militar. Como o problema continuou, ela ligou para o marido, que estava de férias.

O menor diz que foi espancado pelo soldado enquanto o outro homem apontava a arma para a cabeça dele. A namorada do adolescente conta que viu parte das agressões.

– Ele chegou dando soco, apontando a arma para ele. Deu soco, bateu na costela dele. Aí depois eu saí, não vi mais nada – afirma a namorada.

O jovem fez exame de corpo de delito e a família registrou boletim de ocorrência nas Polícias Civil e Militar.

– Eu quero sim punição para este policial. Vou levar o caso para a corregedoria da polícia, em São Paulo. Meu filho já foi espancado e não quero que filhos de amigos meus passem por isso também – diz o pai do adolescente, Marcos Vinicius Neves.

Para o delegado, o soldado alegou que houve apenas uma briga. Mas como ele e o outro homem estavam armados, eles poderão responder por crime de lesão corporal.

– Esse policial militar vai responder o crime como qualquer outro cidadão, porque ele não estava no serviço – afirma o delegado Tales Prado Junior.

O soldado também será investigado pela própria a Polícia Militar.

– Essa suposta agressão nos chega com surpresa, porque ele é um ótimo policial. Até que se prove o contrário, é um excelente policial, está há sete anos na Polícia. Se for comprovada a denúncia, ele vai responder pelo ato. Se não for nada do que estão acusando, cabe a ele entrar com uma ação contra o reclamante – explica o capitão da PM, Relder de Souza.

As polícias Civil e Militar também vão investigar a ação dos policiais da ronda que, segundo acusações, teriam presenciado parte das agressões. O delegado informou que aguarda o laudo do IML e que ainda está ouvindo testemunhas.

Original em: http://oglobo.globo.com

9 comments to PM é acusado de agredir jovem de 17 anos em Jacareí, em SP

Leave a Reply