Polícia procura suspeito de matar mulheres em Minas Gerais

Segundo laudos, esperma achado no corpo de vítimas é do mesmo homem. Ele pode estar envolvido no desaparecimento de outras duas mulheres.

A polícia procura um suspeito de estuprar e matar pelo menos três mulheres na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A polícia informou, nesta terça-feira (2), que laudos do Instituto de Criminalística comprovaram que o esperma encontrado no corpo das vítimas é do mesmo homem.

Os crimes aconteceram entre abril e novembro do ano passado. De acordo com a polícia, as vítimas foram mortas de maneira muito parecida. Todas eram estupradas e estranguladas. O criminoso levava poucos objetos das mulheres e todas tinham carro.

Um dos casos que mais chocou a cidade ocorreu no dia 16 de abril de 2009. O corpo de uma empresária de 25 anos foi encontrado no banco traseiro do carro. Ela estava com o filho de 1 ano e três meses, dormindo no colo. As outras duas mortes são de uma empresária de 48 anos e de uma mulher de 35 anos encontrada morta em novembro.
Ainda segundo a polícia, o mesmo criminoso pode ser responsável pela morte de uma mulher que sumiu em janeiro. O corpo dela foi encontrado no município de Sarzedo (MG), em avançado estado de decomposição, o que impossibilitou a coleta do esperma. O outro caso em que o suspeito pode estar envolvido é o desaparecimento de uma estudante, em outubro.
As polícias Civil e Militar estão trabalhando em conjunto e pedem qualquer tipo de informação pelo telefone 181. A pessoa não precisa se identificar.

Original em: http://g1.globo.com

GD Star Rating
loading...

Confira os gabaritos para nível fundamental

O Governo de Mato Grosso e a Secretaria de Administração divulgaram os gabaritos das provas objetivas de nível fundamental aplicadas no dia 31 de janeiro, referentes ao concurso que visa preencher 10.062 vagas.

A prova foi marcada pelo forte esquema de segurança, que garantiu a regularidade na aplicação: câmeras de segurança, monitoramento 24 horas na sala de elaboração dos exames, impressão na única gráfica que possui certificação de segurança da Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica (ABTG), escolta policial na distribuição das provas no interior e na capital do Estado, participação de militares como coordenadores de estabelecimento, além da atuação de pelo menos dois policiais por estabelecimento.

Todo esse aparato foi providenciado para evitar a suspensão do concurso, que já havia acontecido após o Grupo de Apoio e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) ter encontrado, em um notebook e em oito computadores e CPUs de pessoas envolvidas na banca da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), além de várias questões de diversas matérias com respostas.

As provas foram realizadas por cerca de 75 mil candidatos.

Concurso

São seis editais que reúnem 33 cargos em 16 carreiras de níveis fundamental (duas mil vagas), médio (3.682) e superior (4.380). Os salários variam de R$ 465 (apoio administrativo educacional – nível fundamental) e R$ 10.013,01 (delegado – nível superior).

Há chances para soldado do Corpo de Bombeiros Militar (60), soldado da Polícia Militar (1.000), delegado (60), escrivão (140), investigador de polícia (60); técnico (124), assistente (161) e agente (859) do Sistema Prisional; técnico (40), assistente (59) e agente (257) do Sistema Socioeducativo; professor da educação básica (3.000), técnico administrativo educacional (500), apoio administrativo educacional (2.000), técnico (320) e agente (120) da área instrumental do governo, técnico (197) e agente (198) de desenvolvimento econômico social, técnico (16) e agente (284) de serviço de trânsito, técnico (18) e agente (9) fundiário, fiscal (163), analista (6) e agente (144) de defesa agropecuária e florestal; conciliador (11) e fiscal (11) de defesa do consumidor; analista de meio ambiente (100), auditor do estado (15), gestor governamental (50), perito oficial criminal (60) e técnico em necropsia (20).

Ao todo, serão atendidos 19 órgãos. São eles: Auditoria Geral do Estado (AGE), Casa Civil, Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Secretaria de Educação (Seduc), Polícia Judiciária Civil, Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), Secretarias de Meio Ambiente (Sema), de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs), de Infraestrutura (Sinfra), de Comunicação (Secom), de Administração (SAD), de Planejamento (Seplan), de Turismo (Sedtur), de Cultura (Sec), de Esporte e Lazer (Seel), de Desenvolvimento Rural (Seder), de Educação (Seduc), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Junta Comercial e Procon, além dos 11 Núcleos Sistêmicos.

Provas

Houve alteração no cronograma de provas do concurso. Confira o novo calendário:

31 de janeiro – nível fundamental

21 de fevereiro – soldado do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, assistente do sistema prisional, agente prisional, assistente do sistema socioeducativo, agente orientador do sistema socioeducativo, agente de área instrumental, agente de desenvolvimento econômico social, agente do serviço de transito, agente fundiário, agente fiscal estadual de defesa agropecuária e floresta I, agente fiscal estadual de defesa agropecuária e floresta II, fiscal de defesa do consumidor e técnico em necropsia.

21 de março – investigador, escrivão, delegado, técnico do sistema prisional, técnico do sistema socioeducativo, técnico da área instrumental, técnico de desenvolvimento econômico e social, técnico do serviço de transito, técnico fundiário, fiscal de defesa agropecuária e florestal, analista administrativo de defesa agropecuária e florestal, conciliador de defesa do consumidor, analista do meio ambiente, auditor do Estado, gestor governamental, perito oficial criminal e analista regulador.

As provas serão realizadas em 16 cidades: Água Boa, Alta Floresta, Barra das Garças, Cáceres, Cuiabá, Diamantino, Juara, Juina, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, São Felix do Araguaia, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Vila Rica.

As informações referentes ao local de realização das provas (nome do estabelecimento, endereço e sala), assim como orientações para realização das avaliações, estarão disponíveis com antecedência mínima de cinco dias da data da aplicação da prova objetiva, nos endereços eletrônicos www.concurso.mt.gov.br, www.unemat.br/concursos e ou www.concursos.sad.mt.gov.br, sendo que o candidato poderá efetuar a consulta e ou impressão destas informações.

Original em: http://jcconcursos.uol.com.br

GD Star Rating
loading...

Motorista de ônibus responderá pela morte de oito pessoas na Fernão Dias, diz delegado

Ele será submetido a exame de dosagem alcoólica

Ao menos 30 pessoas ficaram feridas no acidente que envolveu também dois carros e um caminhão

O delegado titular da delegacia de Mairiporã, Antônio Pereira, informou na tarde desta terça-feira (2) que o motorista do ônibus da viação Atiabaia São Paulo, que se acidentou por volta das 13h20 matando oito pessoas e deixando ao menos 30 feridas na rodovia Fernão Dias, será indiciado por homicídio doloso – quando há intenção de matar. Ele foi preso em flagrante – sem direito de pagamento de fiança – e será submetido ainda nesta terça a exame de dosagem alcoólica.

O delegado disse que trabalha com a hipótese de que o motorista estava em alta velocidade – dada a violência do choque – e, com isso, ele assumiu o risco de causar o acidente.

Perícia feita pelo Instituto de Criminalística de Guarulhos, na Grande São Paulo, sai em 30 dias e deve indicar se o motorista estava em alta velocidade. O acidente envolveu o ônibus, um caminhão e dois carros.

Ainda nesta tarde, após passar por exame no Hospital Municipal de Mairiporã, o motorista será ouvido pelo delegado. Ele sofreu ferimentos leves. Outras testemunhas estão na delegacia e também serão ouvidas nesta terça-feira.

O acidente ocorreu por volta das 13h20 no sentido Minas Gerais da pista, na altura do km 69, em Mairiporã. A empresa Atibaia São Paulo informou que o ônibus saiu do terminal Tietê às 12h20 rumo a Atibaia com 36 passageiros e o motorista. A lista fornecida à Polícia Rodoviária Federal mostra 39 passageiros além do motorista.

Informações preliminares passadas à Polícia Rodoviária Federal dão conta que o ônibus perdeu o controle, tombou por cima da mureta que separa os dois sentidos da pista e atingiu dois carros e um caminhão parando apenas no acostamento do sentido contrário da pista. Ainda não se sabe o motivo pelo qual o ônibus perdeu o controle. A viação Atibaia São Paulo informou que o veículo foi fabricado em 2003 e passou por revisão recentemente.

A pista chegou a ficar bloqueada para que as equipes de resgate pudessem trabalhar. Por volta das 16h, a rodovia foi totalmente liberada nos dois sentidos.

Original em: http://noticias.r7.com

GD Star Rating
loading...

Aprovados na primeira fase serão chamados em abril

Demais candidatos deverão ser chamados somente em 2011, em função do período eleitoral

Aprovados na primeira fase do concurso público serão chamados em abril; os demais, só em 2011

A lista com os candidatos aprovados na primeira fase do concurso público do Estado, realizada no último domingo (31), deverá ser divulgada no início do mês de março. E as convocações estão previstas para acontecer em abril, segundo informações da Secretaria de Estado de Administração. Em torno de 60 mil pessoas disputaram as vagas de nível fundamental.

A justificativa está relacionada ao fato de que o Edital 4 (da área de Educação) precisa ser homologado, para que então os aprovados sejam chamados. De acordo com SAD, deverão ser convocados, em 2010, aproximadamente seis mil candidatos, entre os que concorrem aos cargos que possuem apenas uma fase.

Os cargos que possuem mais de uma fase deverão ser chamados somente em 2011, em função do período eleitoral. São cargos que estão ligados à Segurança Pública, entre eles soldado da Polícia Militar, delegado, investigador, escrivão da Polícia Civil e perito criminal.

Os aprovados nas demais fases serão divulgados conforme forem sendo aplicados os exames. As provas para preenchimento dos cargos de nível médio serão realizadas no dia 21 de fevereiro. Já as provas de nível superior serão aplicadas em 21 de março.

O concurso foi dividido em três etapas, após ter sido cancelado em função de fraudes nas provas, descobertas pela Polícia e pelo Ministério Público Estadual, em novembro do ano passado. Vale destacar que mais de 274 mil pessoas foram inscritas no concurso, considerado o maior já realizado em Mato Grosso.

Primeira fase

Os candidatos aos cargos de nível fundamental realizaram as provas no último domingo (31). Em todo o Estado, foram 16 pólos, com 162 locais de provas e mais de 60 mil pessoas.

A prova ocorreu com tranquilidade e dentro das expectativas do Comitê de Acompanhamento do Concurso, com uma abstinência de 19% dos inscritos, que somavam 75 mil.

Na primeira fase, foram aplicados quatro cadernos de provas distintos. Na fase de nível médio serão 19 cadernos e nível superior, 119 cadernos. As provas foram elaboradas por professores da Unemat, em uma sala-forte com câmeras de segurança em Cuiabá, com apoio de professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e impressas em São Paulo.

Uma grande estrutura de segurança foi montada na primeira fase, que deverá ser estendida às demais etapas, mas com algumas alterações em função do número de candidatos que irão participar. Para segunda fase foram inscritos 132 mil candidatos, e para terceira, em torno de 67 mil.

Foram convocados para trabalhar, na primeira etapa, 1.076 policiais militares, 256 policiais civis, 89 bombeiros e 200 servidores estaduais. Somente nos locais de provas, foram distribuídos 466 policiais militares. Atuaram ainda 8.138 fiscais, sendo que 4 mil estiveram em Cuiabá.

Original em: http://www.midianews.com.br

GD Star Rating
loading...

Polícia investiga assassinatos em série na Grande Belo Horizonte

BELO HORIZONTE – A Polícia Civil investiga assassinatos em série na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com as primeiras informações, laudos do Instituto de Criminalística apontaram semelhanças em pelo menos três casos de mulheres mortas no ano passado. A polícia traçou um perfil das vítimas, que são mulheres jovens, com carro, que foram estupradas e estranguladas. Em nenhum dos casos, elas tiveram objetos pessoais roubados.

Um dos homicídios que pode ter sido cometido pelo assassino em série é o de Ana Carolina Assunção, de 27 anos. No dia 16 de abril do ano passado, ela foi encontrada no bairro João Pinheiro, dentro do carro, estrangulada com o cadarço do tênis e com o filho pequeno dormindo no colo.

Original em: http://oglobo.globo.com

GD Star Rating
loading...

Promotoria espera inquérito para decidir se vai indiciar cirurgião

Sala de cirurgia onde Lanusse foi submetida à lipoaspiração dia 25

Sala de cirurgia onde Lanusse foi submetida à lipoaspiração dia 25

O Ministério Público aguarda a conclusão do inquérito pela 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) para decidir se vai indiciar o cirurgião plástico Haeckel Cabral Moraes, responsável pela lipoaspiração na jornalista Lanusse Martins Barbosa, 27 anos. A jovem morreu no último dia 25 na mesa de cirurgia do Hospital Pacini, localizado na Asa Sul. Segundo o chefe da Promotoria de Defesa dos Usuários dos Serviços de Saúde (Pró-Vida), Diaulas Ribeiro, são três as possibilidades: o indiciamento por homicídio doloso (com intenção de matar), conforme entendimento da delegada-chefe da 1ª DP, Martha Vargas, por homicídio culposo (sem intenção) ou ainda o arquivamento do caso.

A delegacia tem até o próximo dia 26 para encaminhar o inquérito ao MP. Esta semana, são esperados os depoimentos dos familiares que estavam com a jornalista no dia da cirurgia, como a mãe, Maria das Graças Barbosa. Na próxima semana, a titular da 1ª DP irá intimar Haeckel para prestar esclarecimentos referentes à morte de Lanusse. Ele não será ouvido antes em razão de ter apresentado atestado de 15 dias, assinado por um psiquiatra alegando estar abalado com a tragédia.

Segundo a delegada, o depoimento do cirurgião não deve alterar o indiciamento por homicídio doloso. “O laudo é uma prova material incontestável. O Instituto de Medicina Legal foi bastante preciso nas circunstâncias em que ocorreu o fato”, explicou Martha Vargas.

O MP prefere aguardar o prazo que o médico pediu para se apresentar na 1ª DP para começar a decidir os caminhos do processo. “Ainda não formei uma opinião sobre os fatos, mas o processo não vai parar por falta de depoimento”, garantiu Diaulas Ribeiro. O laudo do IML, apresentado na última sexta-feira pela 1ª DP, diz que Lanusse Martins morreu de choque hipovolêmico, ou seja, por uma hemorragia causada pela perfuração de uma veia renal pela cânula de lipoaspiração. A equipe médica teria tentado reanimar a jovem por cerca de 1h15, sem sucesso. A vítima perdeu quase dois litros de sangue, até perder completamente os sinais vitais. Segundo uma fonte do IML, ouvida na semana passada pelo Correio, o rim direito da jovem também teria sido atingido. A delegada entende que o médico não tomou as providências para estancar a hemorragia.

Original em: http://www.correiobraziliense.com.br

GD Star Rating
loading...