Laudos confirmam que celulares achados com maníaco de BH eram de vítimas

Natália, vítima do maníaco, tinha sido enterrada como indigente

BELO HORIZONTE – A Polícia Civil de Minas Gerais divulgou, nessa terça-feira, os laudos que comprovam que dois celulares encontrados com Marcos Antunes Trigueiro, acusado de ser o maníaco de Contagem , eram de duas mulheres que teriam sido estupradas e mortas por ele. Os celulares queimados pertenciam a Natália Cristina de Almeida e a Edna Cordeiro de Oliveira. Natália, de 27 anos, era aluna da PUC e havia desaparecido e tinha sido enterrada como indigente em um cemitério público de Ribeirão das Neves.

Os aparelhos foram encontrados na casa de Marcos Trigueiro no dia da prisão dele e estavam queimados. Os laudos do Instituto de Criminalística mostram que os números de série dos aparelhos são os mesmos que aparecem no registro de compra e venda das vítimas.

Segundo a Polícia Civil, os aparelhos de outras duas vítimas foram vendidos e recuperados durante as investigações dos crimes que o maníaco confessou ter cometido. O celular da quinta vítima estava com a mulher de Marcos Trigueiro, que chegou a ser presa, mas foi liberada no início da semana.

Trigueiro, 32 anos, pai de cinco filhos, confessou à polícia que sempre simulava assalto para abordar as vítimas, que eram surpreendidas quando o carro estava parado. No entanto, apenas os celulares eram levados. Pelo menos três delas receberam ligações em seus celulares durante a abordagem, mas não disseram que estavam em poder de um bandido porque tiveram medo e, além disso, tinham esperança de que ele apenas levasse seus pertences e fosse embora. As mulheres acreditavam que estavam sendo vítimas de um assalto, que terminaria assim que dessem seus pertences.

Todas as vítimas tinham as mesmas características físicas: altas, morenas, magras, cabelos compridos e escuros .

A polícia investiga a participação de Trigueiro em quatro outros crimes – a morte de uma criança de 3 meses (que seria enteada dele), de um tio, de um agiota no município de Contagem e de um taxista em Betim. Neste último caso, foi roubo seguido de morte, e a polícia vai averiguar porque ele foi solto.

Original em: http://oglobo.globo.com

Laudos confirmam que celulares achados com maníaco de BH eram de vítimas, 5.0 out of 5 based on 1 rating

Leave a Reply