Quadrilha de hackers presa no Paraná usava emails para roubar senhas bancárias

SÃO PAULO – Foi presa em Cascavel, no Paraná, uma quadrilha de hackers que usava programas espiões distribuídos por email para roubar senhas de contas bancárias. Segundo o Grupo de Diligências Especiais (GDE) da Polícia Civil, os bandidos fizeram vítimas em todo o Brasil. Quatro homens e uma mulher foram presos em flagrante.

Os criminosos foram identificados, segundo a polícia, como Dyego Deleon de Aguiar Severo, 24 anos, que já tem passagens por roubo, Silas Taborda, 29, com passagem por estelionato, Claudir Schimidt, 38, com passagem por estelionato e extorsão, Devanir Soares da Silva, 25, e Francielle Inácio da Silva, 24. Eles foram indiciados por estelionato e formação de quadrilha.

De acordo com o delegado-chefe da 15.ª Subdivisão Policial, Amadeu Trevisan Araújo, eles faziam transferência bancária das contas das vítimas usando a internet.

– Ainda estamos contabilizando o valor do golpe, e acreditamos que mais vítimas devem aparecer – disse.

Com a quadrilha, foram apreendidos documentos falsos, 300 folhas de cheques, nove telefones celulares, 35 cartões de crédito e bancários, sete pendrives, cinco computadores, quatro impressoras – duas delas de alta precisão, usadas para confeccionar documentos falsos – e carimbos de cartórios públicos. Três carros também foram apreendidos.

Os computadores serão encaminhados ao Instituto de Criminalística, que irá realizar perícia.

– Nós vamos descobrir novas vítimas, que serão convocadas para prestar o depoimento. Isso irá nos ajudar a chegar ao valor roubado com o esquema – afirmou o delegado.

Segundo a polícia, a quadrilha distribuía programas de computador conhecidos como “keyloggers” escondidos em emails. Uma vez instalado, o programa armazena tudo o que a vítima digita no teclado do computador, inclusive os números de contas bancárias e suas senhas.

– Ao abrir o correio eletrônico, a vítima acabava instalando o programa sem saber. Com as informações, a quadrilha transferia dinheiro para contas bancárias dos integrantes e de terceiros – explicou o delegado.

A investigação começou quando a polícia recebeu denúncias de que o grupo clonava cheques. Eles também falsificavam documentos, usados para abrir contas em bancos onde era depositado o dinheiro roubado com o golpe.

– O esquema era sofisticado e eles tinham carimbos de cartórios públicos de várias cidades do Paraná para o reconhecimento de firma – disse o delegado.

Original em: http://oglobo.globo.com

1 comment to Quadrilha de hackers presa no Paraná usava emails para roubar senhas bancárias

Leave a Reply