Lucas: concluído laudo da perícia sobre atentado na casa de promotora

O laudo da Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) sobre o atentado a casa da promotora criminal Fabiana da Costa Silva, 34 anos, será entregue hoje para a Polícia Civil. O perito Carlos Ferracioli disse, que não existe um banco de dados sobre armas para comparar os projéteis e confrontar com os recolhidos na casa (um ficou na porta e outro na parte interna). No entanto, confirmou que ação dos bandidos foi em movimento. “Quem atirou estava caminhando ou andando em algum veículo, já que o ângulo dos pontos de disparos é diferente em relação ao impacto na parede”, explicou.

O perito concluiu toda a análise e enviou o laudo para o delegado municipal que poderá ajudar nas investigações para identificar os criminosos. Além de darem dois tiros na residência, jogaram coquetel motolov (bomba artesanal preparada com combustível numa garrafa) com objetivo de incendiá-la, mas não deu certo.  “Já se passaram quase 30 dias do atentado. Continuamos apurando e devemos solicitar prorrogação por mais 60 dias que é o procedimento normal caso não se termino em um mês as investigações”, disse o delegado de Lucas, Marcelo Torhacs.

A investigação segue com várias pistas e alguns suspeitos foram interrogados, mas liberados. Os processos que a promotora vinha atuando foram analisados e estão sendo estudados para saber se quem tentou matá-la teria sido denunciado por algum crime. “Estamos trocando informações com o pessoal do Gaeco ( Grupo de Apoio e Combate ao Crime Organizado). É claro que isso causou um sentimento negativo tanto na comunidade quanto na gente, pois se trata de um atentado a uma autoridade da justiça e precisamos esclarecer isso o mais rápido possível”, finalizou o delegado.

Conforme Só Notícias já informou, três policiais do GAECO continuam protegendo a promotora que ingressou no MP em 2004 e está atuando em Lucas do Rio Verde desde agosto de 2009.

Original em: http://www.sonoticias.com.br

Leave a Reply