Laudo sobre incêndio na Naval ainda não está pronto

O Instituto de Criminalística ainda não concluiu o laudo que deverá apontar as causas do incêndio que destruiu parte da Favela Naval, em Diadema, e que completará amanhã dois meses.

Segundo a secretaria da Segurança Pública, o trabalho dos peritos não foi finalizado. A expectativa é de que o documento seja apresentado até o dia 18 de agosto – três meses após o incêndio.

Localizada na divisa com São Bernardo, a Naval começou pegar fogo por volta das 14h. Rapidamente, as chamas se espalharam e terminaram por atingir cerca de 100 barracos, quase todos de frágeis paredes de madeira.

Apesar dos estrados, ninguém se feriu gravemente. Segundo moradores da comunidade e vizinhos que presenciaram o início do incêndio, o fogo começou depois de um curto-circuito na rede elétrica.

Inauguração – Durante a manhã de hoje, em evento que contou com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a Prefeitura de Diadema entregou as 252 unidades habitacionais que fazem parte do programa de reurbanização do núcleo.

As novas moradias foram construídas no bairro Serraria e parte na própria área da Favela Naval.

Original em: http://www.dgabc.com.br

Leave a Reply