PM que confundiu furadeira com arma é indiciado por homicídio doloso

Inquérito foi enviado para o Ministério Público nesta quarta-feira (28).
Hélio Barreira morreu durante uma operação do Bope no Andaraí.

A polícia encerrou o inquérito da morte do supervisor de vendas Hélio Barreira, que foi baleado em maio no terraço de casa, no Andaraí, Zona Norte do Rio, depois que um policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope) confundiu a furadeira que ele tinha na mão com uma arma.

Segundo a delegada Leila Goulart, da 20ª DP (Vila Isabel), o cabo Leonardo Albarello foi indiciado por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

“Ele teve a intenção de matar, estava no local, numa incursão, visualizou o que poderia ser uma arma, não tinha como distinguir e atirou. Agora, quanto ao erro, por se tratar de uma furadeira, isso cabe ao Ministério Público e o juiz analisarem”, explica a delegada.

O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público nesta quarta-feira (28), mas ainda não foi analisado por promotores do órgão.

Laudo
No início do mês, a Polícia Civil do Rio divulgou o laudo da reconstituição do crime. No documento, os peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) admitem que, “nas circunstâncias em que ocorreu o evento, era possível o policial ter confundido a furadeira de cor escura empunhada com uma arma de fogo”.

Para chegar a essa conclusão, os peritos afirmam que, pela distância de 28 metros da posição do policial do Bope para a casa de Hélio, e pela “influência dos raios solares”, seria possível o policial ter percebido apenas uma “silhueta do objeto”. A luz do sol e a distância são apontados pelos peritos, “essencialmente”, como fortes obstáculos “para uma precisa e rápida identificação” do objeto. No dia do crime, o policial participava de uma operação no local.

Os peritos ressaltam no laudo que chegaram a essa conclusão mesmo “sem a adrenalina inerente de uma operação policial e sem a necessidade de velocidade de interpretação” que o PM precisa ter durante uma ação. Além disso, os peritos ainda acrescentam que vasos de plantas do “tipo xaxim”, que estavam pendurados no terraço onde Hélio Ribeiro foi baleado, teriam bloqueado a luminosidade no local e contribuído para o policial ter confundido a furadeira com uma arma.

Como foi
Os policiais faziam uma operação próxima à vila onde morava Hélio Ribeiro, à procura de traficantes do Morro do Borel, na Tijuca, que estariam escondidos no Morro do Andaraí.

Ele estava no terraço usando uma furadeira e, segundo testemunhas, o policial do Bope atirou a uma distância de 40 metros, achando que a furadeira era uma arma. Hélio foi atingido e morreu.

Segundo a família, o policial atirou sem falar nada. Já a PM deu outra versão. De acordo com o capitão Ivan Blaz, do Bope, foi dado um grito de alerta para o morador, que fez um movimento brusco e o policial fez o disparo.

GD Star Rating
loading...

PF acha parte dos malotes roubados em avião em Caruaru, Pernambuco

RECIFE – A Polícia Federal (PF) localizou, na manhã desta quarta-feira, parte dos malotes roubados de um avião no aeroporto Oscar Laranjeira, em Caruaru, Agreste do Estado. Alguns cheques foram encontrados espalhados pelo mangue sob a ponte Motocolombó, que liga o bairro de Afogados a Imbiribeira.

Não há informações sobre a quantidade exata de cheques, nem se algum suspeito foi preso. O material será analisado pelo Instituto de Criminalística e os resultados serão encaminhados para a Polícia Federal de Caruaru, responsável pelo caso.

A PF também fez a perícia na caminhonete, que foi usada pelos bandidos para assaltar o avião e novas testemunhas também devem ser ouvidas. O piloto e um tripulante da aeronave já prestaram depoimento.

– Foi agendado o depoimento dos vigilantes que fizeram o transporte dos malotes e entregaram no dia do assalto – disse o delegado da Polícia Federal, Humberto Freire.

De acordo com a polícia, oito homens, usando uma caminhonete, invadiram o aeroporto, bateram na asa esquerda e atiraram várias vezes contra o avião. O assalto aconteceu no momento em que a aeronave ia decolar, na noite desta segunda-feira. A aeronave foi obrigada a parar e abrir as portas para os criminosos.

O grupo conseguiu roubar malotes com dinheiro, cheques e documentos, que seriam transportados de Caruaru para o Recife. Após o roubo, os criminosos abandonaram a caminhonete e fugiram em motocicletas. Ninguém ficou ferido. O valor roubado não foi informado.

A Secretaria de Transportes de Pernambuco informou que, em convênio firmado em novembro do ano passado, cabe à Prefeitura de Caruaru a vigilância do Aeroporto.

Mas a Prefeirura de Caruaru nega essa responsabilidade e diz que essa função é da Polícia Militar. A assessoria da Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que o policiamento dentro do Aeroporto de Caruaru cabe à Prefeitura.

A assessoria da SDS disse, ainda, que a Infraero também já se pronunciou informando que a Prefeitura de Caruaru é responsável pela segurança interna do aeroporto.

Original em: http://oglobo.globo.com/

GD Star Rating
loading...

A escolha e remuneração do perito judicial

A livre escolha pelos nossos magistrados de peritos nomeados conforme sua confiança vem trazendo sérios problemas a defesa dos litigantes devido a falta de conhecimento de muitos deles e muitas vezes aos valores cobrados.

Para acabar com o primeiro problema deveria existir um concurso público, pois assim teríamos um critério de escolha mais justo e objetivo, ao invés do subjetivismo que vigora atualmente. Através deste critério objetivo seria feito uma lista e haveria um rodízio através de sorteio para saber qual perito atuaria na causa.

O concurso serviria para avaliar o nível de conhecimento do perito passando este por uma experiência seletiva concorrencial. A concorrência faz com que as pessoas sejam melhor qualificadas e isso beneficia a todos que trabalham com o Judiciário.

Tendo perito melhor qualificado, passaríamos ao critério da sua remuneração.

Atualmente, sem concorrência de mercado e não submetidos ao Código de Defesa do Consumidor, os peritos fixam livremente o valor que pretendem cobrar e muitas vezes os valores solicitados acabam sendo abusivos. Os valores abusivos podem ser reduzidos judicialmente, cabendo esse controle no último caso ao Superior Tribunal de Justiça, o qual levará em conta o tempo gasto, a qualificação do profissional…

Para acabarmos com esse tipo de situação deveria haver concorrência baseada no preço, pois poderíamos até ter uma tabela como referencial de valores, como têm os advogados, mas esta somente serviria como referencial numa eventual fixação judicial.

Por Robson Zanetti
Original em: http://www.administradores.com.br/

GD Star Rating
loading...

Reeducando é encontrado enforcado no Baldomero

Francisco Geraldo, de 50 anos, cumpria pena pela Lei Maria da Penha
Na tarde desta quarta-feira (28), o reeducando Francisco Geraldo Marinho, 50 anos, foi encontrado morto em um dos módulos do presídio Baldomero Cavalcanti, no complexo prisional, em Maceió.

De acordo com a assessoria, Francisco, que estava preso pelo crime de lesão corporal (Lei Maria da Penha), morreu por enforcamento. A área da ocorrência foi isolada no aguardo da equipe da Delegacia de Homicídios e também dos peritos do Instituto de Criminalística (IC).

Um inquérito deve ser instaurado para apurar a morte de Francisco Geraldo. Mortes por enforcamento no sistema prisional alagoano já chegaram a virar repercussão nacional.

O Instituto Médico Legal (IML) também foi acionado.

Gazetaweb- com Gabriela Moreira
Original em: http://gazetaweb.globo.com/

GD Star Rating
loading...

Corpo é encontrado em mata

Ainda não há identificação da mulher…
Uma mulher com idade aproximada de 30 anos foi encontrada morta na manhã desta quarta-feira (28) em uma pequena mata na rua Spartaco Ferraresi, no Jardim Santa Cruz, na zona norte de Londrina.
De acordo com as primeiras informações, um morador do bairro foi quem viu a mulher ontem, porém, achou que ela estaria dormindo no local. Porém, ao passar novamente pela mata na manhã de hoje estranhou o fato de ela estar da mesma forma e por isto acionou a polícia.
Ainda não há informações sobre sinais de agressão no corpo da mulher. Policiais militares estão no local e peritos do Instituto de Criminalística estão colhendo provas. Ela teria entrado em óbito, no máximo, há 15 horas.

Original em : http://www.cgn.inf.br

GD Star Rating
loading...

Ciúme faz homem matar esposa estrangulada

O lenheiro Wilson Paixão Gimenes, 46 anos, matou sua esposa no início da madrugada desta terça-feira (27) na residência do casal que fica na Horta Comunitária, em Tamarana, distante 62 km de Londrina. O motivo do crime seria passional.
Maria Aparecida da Luz, 54 anos, foi assassinada durante uma briga por ciúmes do esposo que a asfixiou com as próprias mãos. Segundo a Polícia Militar, a morte por asfixia foi confirmada por peritos do Instituto de Criminalística.
Wilson foi detido por acaso por policiais militares quando tentava fugir da cidade com uma mochila de roupas. Os policiais estavam patrulhando a região da casa do autor do homicídio, procurando um homem que teria praticado um furto e ao vê-lo em atitude suspeita, o abordaram e ele acabou confessando o crime.
De acordo com a PM, ele revelou que matou a esposa porque “descobriu” que ela estava tendo uma relação extraconjugal. A informação de traição teria sido repassada a ele por vizinhos.
Wilson foi preso em flagrante e encaminhado à 10ª Subdivisão Policial.

Original em: http://www.cgn.inf.br/

GD Star Rating
loading...