Curto causou explosão de bueiro que feriu turistas, diz laudo

O laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) concluiu que a explosão em um bueiro que atingiu um casal de americanos em junho foi causado por um curto-circuito em um transformador da empresa de energia Light.

Segundo o delegado da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo, Fernando Reis, o curto-circuito gerou uma faísca que encontrou um ambiente cheio de gás. Porém, o laudo do ICCE não é conclusivo quanto à origem do gás. O transformador da Light é fechado, e a única via de comunicação existente é por tubos de ventilação.

Procurada, a empresa Light disse em nota apenas que “está tomando conhecimento do conteúdo do laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli”.

A companhia distribuidora de gás do Rio, CEG, diz que o acidente não está relacionado com a presença de gás natural.

Segundo a polícia, já foi solicitado à CEG relatórios da manutenção da tubulação que fica próxima à câmara subterrânea da Light. Ainda de acordo com a polícia, há a necessidade destes laudos complementares para esclarecer a questão da explosão.

Com informações de JB Online
Original em: http://noticias.terra.com.br/

Leave a Reply