MPE entra com ação para resolver problemas do IML, IC e Instituto de Identificação

De acordo com MPE, problemas vão desde a falta de equipamentos básicos ao atendimento ao público

O Ministério Público Estadual de Alagoas entrou com uma ação civil pública para resolver problemas no Instituto Médico Legal (IML), Instituto de Criminalística (IC) e Instituto de Identificação. A ação, que foi elaborada após inspeções nos três locais, deve ser concluída em janeiro de 2011.

Segundo o MPE, a situação mais precária é a do IML. No instituto, faltam equipamentos básicos, como raio X, além de médicos, principalmente no período noturno, e também licença ambiental. 

Os problemas constatados no Instituto Médico Legal implicam mau atendimento à população. Muitos corpos demoram a ser liberados. Atrasos também ocorrem nas entregas de laudos. Alguns sequer são concluídos. O IML não possui esgotamento sanitário nem tratamento de resíduos.

O secretário de Defesa Social, Paulo Rubim, disse que o governo tem projeto para construir um complexo, onde os três institutos funcionariam juntos. Paulo Rubim também afirmou que os institutos devem receber os equipamentos necessários.

Original em: http://gazetaweb.globo.com

Leave a Reply