Polícia Civil faz perícia para identificar causa do incêndio na Cidade do Samba

RIO DE JANEIRO – O delegado titular da 4ª DP (Praça da República), Daniel Mayr da Costa, que está à frente da investigação do incêndio na Cidade do Samba afirmou que tudo indica que o fogo não foi intencional.
Técnicos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) estão no local há cerca de uma hora e meia fazendo os trabalhos de perícia.
“Não tivemos qualquer informação, indício ou denúncia que indicasse incêndio criminoso – disse o delegado. Para ele, o importante agora é aguardar o laudo pericial do ICCE, que será determinante para saber o que provocou o incêndio”.

O tenente-coronel Alexandre Rocha, relações públicas do Corpo de Bombeiros do Rio, afirmou que o incêndio na Cidade do Samba, no bairro da Gamboa, Zona Portuária da cidade, já está controlado. Agora, os bombeiros seguem com o trabalho de rescaldo para identificar e debelar qualquer foco de incêndio no interior dos galpões.
Oitenta homens e 20 viaturas do Quartel Central do Corpo de Bombeiros (CBMERJ) e de outros seis quartéis que estão dando apoio continuam no local desde a manhã desta segunda-feira (7/2), quando três barracões das escolas de samba – Portela, Grande Rio e União da Ilha – foram atingidos pelas chamas.
Uma única vítima do incêndio que inalou fumaça no interior da Cidade do Samba foi atendida em uma ambulância por médicos do Corpo de Bombeiros, mas logo dispensado.
O Corpo de Bombeiros concluiu no inicio desta tarde o trabalho de rescaldo repassando o local à Defesa Civil do Município do Rio. Depois de avaliar a estrutura do edifício, o ICCE pôde dar início à perícia criminal para apontar as causas do incêndio.

Original em: http://www.oreporter.com

Leave a Reply