Equipamentos de última geração reforçam trabalho pericial no Estado

Os trabalhos de perícia médica e criminal feitos pelo Estado ganharam uma importante contribuição. Na tarde desta terça-feira, 15, o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves recebeu 60 maletas de perícias para local de crime, equipamento de última geração usado em processos investigativos. Com essa aquisição, pleiteada e obtida junto à Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) busca assegurar melhores condições de trabalho para os profissionais da área e tornar mais eficiente o serviço pericial no Pará.

 

Os novos kits vão melhorar as condições de trabalho dos profissionais da área e tornar mais eficiente o serviço pericial no Pará
Os novos kits vão melhorar as condições de trabalho dos profissionais da área e tornar mais eficiente o serviço pericial no Pará

Os kits são equipados com lanternas de luz forense (utilizadas para detectar fluídos), componentes e reagentes químicos, materiais para coleta de vestígios, câmera digital, laptops com programas específicos para local de crime, GPS e itens de proteção individual, entre outros. “São equipamentos de ponta, que vão ajudar na otimização do processo investigativo em todo o Estado”, explicou o diretor geral do CPC Renato Chaves, Orlando Salgado Gouvêa, durante coletiva à imprensa para apresentação dos kits, no prédio do Centro.

As maletas serão utilizadas por peritos de local de crime e de engenharia legal do Instituto de Criminalística em casos de crime contra a vida e patrimônio. Os kits serão distribuídos entre o CPC Renato Chaves em Belém, as Unidades Regionais de Castanhal, Marabá, Santarém e Altamira e os Postos Avançados em Parauapebas, Bragança e Abaetetuba. O diretor Orlando Salgado informou que os peritos receberão treinamento específico para utilização do material. “A previsão é de que até março já estejamos trabalhando com essas maletas”, disse.

Os kits são equipados com lanternas que detectam fluídos, reagentes químicos, materiais para coleta de vestígios e câmera digital, entre outros itens
Os kits são equipados com lanternas que detectam fluídos, reagentes químicos, materiais para coleta de vestígios e câmera digital, entre outros itens

Missão – O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves é o órgão responsável pela perícia oficial no estado e é também exemplo único no Brasil uma autarquia com autonomia da perícia oficial. No restante do país, esse serviço está vinculado à Polícia Civil. Criado pela Lei Nº 6.282, de janeiro de 2000, o CPC tem a missão de prestar assistência aos usuários do Sistema de Segurança Pública, Ministério Público, Poder Judiciário e sociedade em geral.

O Renato Chaves é dotado de autonomia administrativa, financeira, patrimonial e técnica, reunindo as atividades de Instituto Médico Legal e de Criminalística, vinculado à Secretaria de Segurança Pública do Estado. Atualmente, existem 253 peritos criminais e 73 médicos legistas em todo o Pará.

Da Redação
Agência Pará

Manuela Viana – Secom

Original em: http://www.agenciapara.com.br/

1 comment to Equipamentos de última geração reforçam trabalho pericial no Estado

Leave a Reply