Laudo sobre morte de criança em hipermercado indica falha em freezerDelegado conclui inquérito sobre morte de Eloá Ferreira, de um ano, ao levar choque em Campinas (SP), mas não indica culpados

Delegado conclui inquérito sobre morte de Eloá Ferreira, de um ano, ao levar choque em Campinas (SP), mas não indica culpados

O Instituto de Criminalística (IC) encaminhou, nesta quarta-feira, as conclusões sobre a morte de Eloá Ferreira, de um ano e dez meses, após encostar em um freezer do hipermercado Atacadão, em Campinas, interior de SP, em 21 de dezembro de 2010.

Segundo informações passadas ao iG pelo delegado Tadeu de Brito, do 7º DP da cidade, responsável pelo caso, o freezer apresentava diversas falhas que culminaram na morte da criança após um choque, tais como: fio desencapado e falta de aterramento, que possibilitava fuga de corrente elétrica para dentro da máquina. Além disso, o laudo indica que a parte de trás da máquina não estava isolada e havia corrente elétrica passando, inclusive, em uma barra de ferro que servia para isolar o equipamento.

O delegado, porém, disse que irá encaminhar o caso à Justiça sem o nome de um possível culpado. O relatório indica apenas alguns funcionários do hipermercado que poderiam ter algum tipo de responsabilidade pela manutenção da máquina. “É necessário que a Justiça examine para ver se alguém pode ser responsabilizado. Entendo que há falhas, mas não achei um elemento direto que aponte um responsável”, afirmou. “Se a Justiça entender que há indício de que alguém específico foi culpado, me encaminha novamente o caso para continuarmos a investigar”, disse. Essa pessoa pode responder por homicídio culposo (quando não há intenção).

Na manhã de terça-feira o gerente do Atacadão e um técnico prestaram depoimento, mas pouco acrescentaram ao caso, alegando que foi uma “fatalidade”.

A reportagem entrou em contato com o Grupo Carrefour, responsável pelo hipermercado, que afirmou que “o Atacadão ainda não teve acesso ao laudo do Instituto de Criminalística”. “A empresa reitera que continuará a empreender todos os esforços em colaborar com as autoridades para imediata apuração e esclarecimento dos fatos”, diz nota oficial enviada pela empresa.

Original em: http://ultimosegundo.ig.com.br

GD Star Rating
loading...

Crimes virtuais serão investigados em Mogi

Secretaria de Segurança investiu na aquisição de equipamentos que vão permitir que a Polícia Científica possa verificar computadores dos suspeitos

Novos equipamentos vão permtir que os peritos possasm identificar evidências nos computadores

A Secretaria de Estado de Segurança Pública confirmou um investimento de cerca de R$ 1,2 milhão para a Polícia Científica de Mogi, que atua em mais oito cidades do Alto Tietê. Parte deste dinheiro foi utilizada na compra de dois equipamentos norte-americanos, que habilitarão a unidade a realizar investigações e laudos periciais de crimes virtuais. Atualmente, este tipo de conclusão técnica é feito em São Paulo. 
Com o reforço na inteligência da polícia, as dezenas de ocorrências de desvio de dinheiro em contas bancárias por meio de transações pela Internet, além de assédio a adolescentes e exposição de imagens registradas na região, terão conclusões periciais mais precisas. Os equipamentos já foram comprados e devem chegar à unidade nas próximas semanas. 
Outra parte da verba será utilizada na construção da nova unidade da Polícia Científica, que hoje funciona no Parque Monte Líbano. O terreno, que ainda não foi definido, deve ser doado pela Prefeitura. O prédio vai integrar o Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico-Legal (IML). (ler mais nesta página) 
Segundo o perito-criminal do Núcleo de Tecnologia da Polícia Científica do Estado de São Paulo, Luís Orlando Aponte Ruiz, a perícia do Alto Tietê vai receber investimento de R$ 265 mil em equipamentos. São seis computadores para trabalhos gerais, um deles destinado ao IML. Cada aparelho custa, em média, R$ 2,5 mil. 
A novidade é a vinda do Forense Recovery of Evidence Device (Fred), um dispositivo de provas forenses para o uso de perícias na área de informática. O equipamento é importado e, cada unidade, custa R$ 120 mil. 

Tecnologia
Para o perito-chefe da unidade, José Luiz Nardoni, o motivo é de comemoração. “Todos os investimentos serão bem-vindos. Estamos recebendo equipamentos muito sofisticados e teremos condições de levantar informações mais concretas durante as perícias”, destacou. 
O hardware que a Polícia Científica vai receber é tão sofisticado que os peritos que atuam no Alto Tietê estão fazendo um curso de duas semanas, em São Paulo, para aprender a operar o aparelho. 
Fabricado pela TechBiz, empresa especializada em tecnologia forense digital, o equipamento adquiri as evidências digitais diretamente do HD do computador suspeito. “Teremos precisão nos dados coletados para a perícia, um avanço gigantesco para o nosso trabalho”, destacou Nardoni.

Original em: http://www.moginews.com.br

GD Star Rating
loading...

IML e perícia ganharão prédio próprio

A Superintendência da Polícia Técnico-Científica do Estado de São Paulo está padronizando os prédios da Polícia Científica.

Agora, o serviço de inteligência vai unir, em um único prédio, o Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico-Legal (IML). 
Em Mogi das Cruzes, o Estado vai investir mais de R$ 1 milhão na construção da nova unidade, que hoje funciona no Parque Monte Líbano. O investimento será feito em convênio com a Prefeitura, que vai doar o terreno. A Secretaria Municipal de Segurança ficará encarregada de indicar o melhor local para a instalação. 
O IML realiza exames de lesão corporal, sexologia, sanidade física, verificação de idade e embriaguez em indivíduos vivos. O mais famoso trabalho dos profissionais do IML é o exame necroscópico em cadáveres. Muitas vezes, para a realização desse exame, são necessárias exumações, que consistem em desenterrar os corpos para análises e exames da área da antropologia. 
Já o IC realiza perícias em espaços físicos, como em casos de acidentes de trânsito, poluição, incêndios, desabamentos, desmoronamentos e homicídios. (J.S.)

Original em: http://www.moginews.com.br

GD Star Rating
loading...