Peritos recomeçam peregrinação de negociação com o Governo

Servidores do Centro de Perícias Forenses (CPFor), envolvendo os institutos de Criminalística (IC), de Identificação (I.I) e também o Médico Legal (IML) participaram da primeira reunião em 2011 com o objetivo de discutir a retomada de negociações junto ao Governo do Estado, onde a categoria prioriza, a princípio, a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS).

Na verdade, as categorias dos respectivos órgãos dão continuidade a uma peregrinação que existe há mais de quatro anos pela qual algumas reivindicações como o direito ao adicional noturno, o aumento salarial e melhores condições de trabalho eram os itens principais. No entanto, nesse período de incansáveis buscas, não obtiveram êxito.

Após a reunião, um processo de negociação para apresentação de propostas foi traçado e uma comissão já tentou falar com o secretário de Defesa Social, Dário César Barros Cavalcante. No entanto, ainda não houve a oportunidade de os servidores serem recebidos.

“Acreditamos que o secretário irá nos receber e aguardamos o agendamento prometido por sua assessoria. Até porque todos queremos sentar para discutir a situação dos servidores que fazem parte do quadro do CPFor cujas reivindicações já são bem antigas e nunca passaram de desejos. Achamos que a valorização do servidor é de suma importância para que ele desenvolva com mais eficácia a sua atividade, embora tenhamos nos empenhado da forma que é possível para atender a sociedade alagoana”- afirma José Veras, presidente da Associação dos Peritos Criminais de Alagoas.

A comissão também tem a pretensão de sentar com o chefe do Gabinete Civil, Álvaro Machado, e também com o secretário de Gestão Pública, Alexandre Toledo. Uma nova reunião entre os servidores já ficou marcada para o próximo dia 30.

Original em: http://www.alagoas24horas.com.br

 

Leave a Reply