Corregedoria apura denúncia de fraudes em concurso

A corregedoria da Polícia Civil (PC) do Pará instaurou inquérito criminal para apurar denúncias de envolvimento de policiais civis em supostas fraudes no concurso público da própria instituição, ocorrido no início deste mês, realizado pela Secretaria Estadual de Administração (Sead) para contratação de investigadores, escrivães, papiloscopistas e delegados de polícia. A prova foi realizada no último dia 5, aplicada pela Universidade Estadual do Pará (Uepa). 

Mas, houve denúncia de suposto esquema de fraude para beneficiar familiares de policiais. Este é o segundo concurso para a Polícia Civil realizada no atual governo Simão Jatene. O primeiro, realizado em 2012, foi anulado pela própria Sead, após a comprovação de irregularidades pelo Instituto de Perícias Renato Chaves, que identificou violação em lacres de algumas provas.

A delegada Larissa Torres é quem preside o inquérito, que tem 30 dias para apurar as denúncias, podendo ser prorrogado pelo mesmo período se houver necessidade de maior investigação do caso. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o inquérito foi instaurado esta semana e a delegada está em fase de ouvir os depoimentos de alguns policiais. Porém, não foram informados nomes nem quantos são os acusados.

A Sead informou ao DIÁRIO que não recebeu nenhuma comunicação de denúncia de fraude no concurso 2013 da Polícia Civil do Pará. Disse que o concurso seguirá o cronograma normalmente e que a expectativa da administração estadual é que, até o final deste ano, o processo de formação dos novos policiais seja concluído.

VAGAS

O concurso da Polícia Civil oferta 670 vagas, das quais 150 são para cargos de delegado de polícia, 250 pra investigador, 250 para escrivão e 20 vagas para papiloscopista. Foram inscritas mais de 23 mil pessoas e as provas foram realizadas em seis municípios do Estado do Pará. Um total de 9.490 candidatos se submeteram à primeira etapa das provas.

Ontem, a ouvidora geral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PA), que também preside a Comissão de Atividades Policiais da entidade, Ivanilda Pontes; o vice-presidente da comissão Agnaldo Corrêa; juntamente com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Pará (Sindpol), Rubens Leite, se reuniram com a delegada que preside o inquérito, após acompanharem os depoimentos realizados pela manhã.

Eles informaram que a delegada está apurando vazamento da prova, mas que tudo leva a crer até agora que não passou de boatos. “Ainda não há nada confirmado”, sustenta Rubens.A advogada informou que os policiais civis a procuraram na OAB anteontem, requerendo acompanhamento do caso na corregedoria de Polícia Civil. “Está parecendo que não passa de boatos. Mas precisa ser investigado e vamos continuar acompanhando. Mas até agora não tem nenhum indício de nada que possa gerar indiciamento de alguém”, afirma Pontes.

Original em: http://www.diariodopara.com.br/

GD Star Rating
loading...

Inscrições da Polícia Federal encerram nesta segunda (03 de junho)

Na próxima segunda-feira (03 de junho) a Polícia Federal (PF) encerrará as inscrições para preenchimento de 600 vagas destinadas aos cargos de Delegado (150), Perito Criminal (100) e Escrivão (350), iniciadas em 17 de maio. Os atrativos salários variam de R$ 7 mil a mais de R$ 14 mil. A aplicação das provas está prevista para 21 de julho. As inscrições podem ser feitas no site do Cespe www.cespe.unb.br. O concurso que havia sido suspenso em agosto de 2012, sofreu as devidas retificações em seu edital.
Os candidatos já inscritos no período de 18 de junho a 9 de julho de 2012 que desejarem alterar sua inscrição, no que diz respeito à cidade de realização de provas e/ou à concorrência como candidato com deficiência, poderão efetuar a alteração por meio do endereço eletrônico. Os candidatos já inscritos que não efetuaram o pagamento e que desejam permanecer inscritos no certame deverão efetuá-lo até o dia 18 de junho de 2013.
Para o cargo de Delegado Federal as 150 vagas constam como vantagens da função o salário de R$ 13.368,68 mensal e a jornada de trabalho de 40h semanais. Entre as atividades a serem desenvolvidas pelos contratados estão a instauração de procedimentos de investigação, orientação e comando; supervisão e execução de missões de caráter sigiloso; participação na execução de medidas de segurança orgânica, entre outras. O valor da inscrição é de R$ 150.
O cargo de Perito Criminal Federal (100) terá lotação, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima e em unidades de fronteira. A remuneração para o cargo será de R$ 1.4037,11 para jornada de trabalho de 40h semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva. O valor da inscrição é de R$ 150.
Na função de Escrivão a remuneração será de R$ 7.514,33 em jornadas de 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva para dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais, entre outras. A inscrição é de R$ 125.
 
Preparação
A preparação dos candidatos ocorre há algum tempo, em vistas destes já estarem em ritmo acelerado nos estud\os, antes mesmo da suspensão do certame. Segundo a diretor Geral do Curso Preparatório LFG (Anhanguera) em Mato Grosso, Rodolfo Maranhão, a procura por cursos direcionados aos cargos teve início no final de 2011. “Contudo, grande parte dos candidatos já iniciou a preparação há mais de um ano, com uma rotina diária de estudos”.
Para os concursos da Polícia Federal 2012 as aulas no LFG iniciaram em janeiro. Mas em 25 de maio tem início ao curso Reta Final, onde os candidatos possuem conteúdos programáticos que possibilitam a eles uma revisão geral das disciplinas comuns e específicas para os cargos escolhidos.
Apesar da frustação por conta da suspensão do certame em 2012, os candidatos garantem que o lapso de quase um ano para a efetivação do certame proporcionou um maior preparo.
“Houve certa ansiedade, em razão da suspensão ano passado, contudo me sinto mais preparado para garantir uma vaga para Delegado, este ano. Afinal, reforcei muito mais meus estudos, avançando em meu preparo”, confessou o consurseiro Alison Andrade.
 
Original em: http://www.cenariomt.com.br ( Da Assessoria/Sandrine Gahyva)
GD Star Rating
loading...

Perito criminal de MS vai receber 35 Uferms por laudo pericial concluído

A Lei Estadual nº 4.353, de 27 de maio de 2013, publicada no diário oficial desta terça-feira (28), altera um dispositivo da Lei nº 3.138, de 20 de dezembro de 2005, que dispõe sobre o credenciamento de peritos para atuar nos feitos criminais.
Com a alteração, o artigo 5º da Lei informa que o perito nomeado, perceberá, a título de retribuição pecuniária pela prestação do serviço, 35 Uferms por laudo pericial concluído.Para os meses de maio e junho de 2013, a Uferms está cotada em R$ 17,71. Assim, cada laudo pericial concluído será remunerado em R$ 619,85.
A Lei entra em vigor na data de sua publicação. A assinatura foi feita no dia 27 de maio de 2013, pelo governador André Puccinelli (PMDB).

Fonte: Lúcio Borges
Original em: http://www.acritica.net/

GD Star Rating
loading...

Polícia Civil de São Paulo vai convocar mais 62 papiloscopistas

A Polícia Civil de São Paulo incluiu mais 62 vagas no concurso que, inicialmente, oferecia 103 oportunidades de papiloscopista. Agora, subiu para 165 o número de profissionais de nível médio, com CNH categoria “B” e prática de digitação que serão chamados para tomar posse na carreira. Do total de postos disponíveis, 5% serão destinadas a pessoas com deficiência.

A decisão foi divulgada no Diário Oficial de São Paulo. As provas aconteceram nos municípios de Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

Os aprovados ingressam com vencimentos de R$ 3.585,96 ou de R$ 3.780,96. Os valores incluem o salário base de R$ 2.068,36; o adicional de local de exercício (ALE), que é de R$ 780 em cidades com menos de 500 mil habitantes ou de R$ 975 onde há mais de 500 mil moradores; o auxílio-alimentação de R$ 240; e o adicional de insalubridade de R$ 497,60 (pago somente depois do curso de formação).

Oficial administrativo

A mesma publicação também informa que foram incluídas mais 20 vagas de oficial administrativo na Superintendência de Polícia Técnico-Científica, mediante aproveitamento de remanescentes de outros concursos realizados.

Original em: http://www.atribuna.com.br/

GD Star Rating
loading...

1º Simpósio Carioca de Entomologia Forense Insetos “Peritos”

Entomologia Forense na prática pericial; Entomologia Forense na vida acadêmica; Biologia e Taxonomia de insetos para aplicação forense; Práticas associadas: Antropologia e Entomologia Forense; Novas Práticas em Entomologia Forense.

LANÇAMENTO DO LIVRO Insetos “Peritos” – Tarde de autógrafos

PALESTRANTES:
Drª Janyra Oliveira-Costa (ICCE).
Dr. Alexandre Ururahy-Rodrigues (INPA)
Drª Margareth Maria de Carvalho Queiroz (FIOCRUZ)
Dr. Marcos Paulo Salles Machado (IMLAP)

LOCAL
GOLDEN PARK HOTEL – Rua do Russel nº 374, – Glória – Rio de Janeiro – RJ (próximo ao metrô GLÓRIA)

DATA E HORÁRIO
Dia 15 de junho de 2013 sábado – 8:00h às 17h:30h.
Forma de pagamento: Depósito do valor integral (veja instruções abaixo).
ATÉ 31 DE MAIO: CURSO: R$ 110,00
CURSO COM LIVRO: R$ 190,00
ATÉ 15 DE JUNHO: CURSO: R$ 120,00
CURSO COM LIVRO: R$ 210,00

INSCRIÇÕES: Após se inscrever no site, depositar o valor integral, com desconto, até 31 de maio ou o valor, sem desconto, até dia 14 de junho para garantir a vaga e enviar a cópia do comprovante digitalizado ou fotografado para faleconosco@bioforense.com.br. Levar o comprovante original no dia do curso. CEF: Caixa Econômica Federal / Agência: 0209 / Operação: 003 / Conta Corrente: 0329-9 – BIOFORENSE PROJETOS EDUCACIONAIS / CNPJ: 09.212.139/0001-73.
1. Acessar www.bioforense.com.br e preencher formulário eletrônico de inscrição;
2. Depositar em agências da CEF ou casas lotéricas (dados bancários abaixo) o valor integral, com desconto, até 31 de maio ou o valor, sem desconto, até dia 14 de junho para garantir a vaga;
3. Digitalizar (escanear) e enviar comprovante de depósito para faleconosco@bioforense.com.br
4. Informar no corpo da mensagem: nome completo, sem abreviações, para gerar o certificado; e telefones para contato;
5. Levar o comprovante original no dia do curso.
CEF: Caixa Econômica Federal
Agência: 0209
Operação: 003
Conta Corrente: 0329-9
BIOFORENSE PROJETOS EDUCACIONAIS LTDA
CNPJ: 09.212.139/0001-73

INFORMAÇÕES
faleconosco@bioforense.com.br
rodrigomacedoconsult@bol.com.br
janyraento@bol.com.br
(21) 2220-4742 (Atendimento 2ª, 4ª e 6ª – 11:00 às 16:00 h)
(21) 8073-1517 (TIM) /(21) 9831-4041 (VIVO)/ (21) 9199-5414 (CLARO)/ 8594-7727(OI) (Atendimento todos os dias)

GD Star Rating
loading...

Rede de Ensino à Distância capacita quase 70 mil profissionais da segurança

Da Redação

A Rede Nacional de Ensino à Distância (EAD), da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), está há seis anos qualificando os profissionais da Segurança Pública em Mato Grosso. De 2006 a 2012, foram capacitados 69.604 policiais civis e militares, bombeiros, agentes penitenciários e peritos nos cursos oferecidos pelo programa.

Desse total, 25.172 foram policiais militares, 17.883 policiais civis, 3.534 bombeiros e 2.970 profissionais da Pericia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e 3.483 servidores administrativos da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

O curso de Direitos Humanos foi a capacitação mais procurada pelos profissionais de Segurança Pública do Mato Grosso, com 2.975 participantes, seguido por Crimes Ambientais (2.563), Redação Técnica (2.103), Violência, Criminalidade e Prevenção (2.106), Gerenciamento de Crise (1.983), Espanhol Básico (1.776) e Uso Progressivo da Força com (1.771).

Diretos Humanos, Violência, Criminalidade e Prevenção e Redação Técnica foram os cursos com a maior participação de policiais militares. Os policiais civis se inscreveram mais nas capacitações de Investigação Criminal, Crimes Ambientais e Busca e Apreensão.

Os bombeiros optaram pelos cursos de Emergencista Pré Hospitalar, Crimes Ambientais e Intervenção em emergências com produtos perigosos. Já os profissionais da Politec participaram mais dos cursos de Local de Crime: Isolamento e Preservação, Papiloscopista e Crimes Ambientais.

Em 2013, a Rede EAD contabilizou 8.942 profissionais mato-grossenses inscritos no primeiro ciclo do programa, que trouxe dois novos cursos para o servidores: Balística Forense Aplicada e Investigação de Homicídios 2. “No próximo ciclo também teremos novos cursos: Prevenção da Letalidade de Crianças e Adolescentes; Segurança contra incêndio e pânico e Inglês 2”, informou o coordenador estadual da Rede EAD, Zuilton Braz Marcelino.

A Rede Nacional de Educação a Distância é uma escola virtual destinada aos profissionais de segurança pública em todo o Brasil, que tem como objetivo viabilizar o acesso desses profissionais à capacitação continuada, independentemente das limitações geográficas e considerando as peculiaridades institucionais existentes. Equipes especializadas de educadores, conteudistas e pedagogos, conhecedores dos temas e das questões afetas à segurança pública elaboram e acompanham o desenvolvimento e a implantação de todas as etapas do processo educacional.

Original em: http://www.odocumento.com.br

GD Star Rating
loading...

Alfândega da Receita Federal seleciona Peritos para portos e aeroportos

Edital nº 1, de 22 de maio de 2013

A Alfândega da Receita Federal do Brasil, torna público a abertura do processo seletivo para credenciamento de peritos de nível superior, a título precário e sem vínculo empregatício com a RFB, para identificação de mercadorias diversas; para quantificação/ mensuração de mercadorias a granel, importadas ou a exportar, transportadas ou a transportar, embarcadas, armazenadas ou a armazenar conforme designação desta Alfândega; e para emissão de laudos técnicos sobre o estado e o valor residual de bens, quando necessária no curso de procedimento fiscal e solicitada pela fiscalização aduaneira.

De acordo com o Edital, os profissionais irão atuar no âmbito das jurisdições da Alfândega da RFB do Porto de Fortaleza, da Alfândega da RFB do Porto de Pecém e da Alfândega da RFB do Aeroporto Internacional Pinto Martins.

As vagas são para as seguintes áreas: Avaliação de Obras de Arte (02); Engenharia Aeronáutica (02); Engenharia Agronômica (02); Engenharia de Alimentos (02); Engenharia de Comunicação (02); Engenharia de Petróleo (04); Engenharia Elétrica (02); Engenharia Eletrônica ou de Controle e Automação (“Mecatrônica”) (02); Engenharia Mecânica (06); Engenharia Metalúrgica (03); Engenharia Naval (02); Engenharia Química (03); Engenharia Têxtil (03); Arqueação de navios – Formação superior em engenharia, com prática de, no mínimo, dois anos em arqueação de embarcações de grande porte (06); Geologia (02); Farmacêutica (02).

Para se inscrever o candidato deve comparecer pessoalmente no período de 03 a 21 de junho de 2013, na Seção de Despacho Aduaneiro (Sadad), localizada no 1º andar do prédio-sede da Alfândega Porto de Fortaleza, na Avenida Vicente de Castro, nº 6.971, Mucuripe, Fortaleza – CE. O horário de atendimento será das 8h30 às 11h30 e de 14h30 às 17h. No ato da inscrição o profissional deve apresentar a formulário devidamente preenchido, junto com os documentos comprobatórios discriminados no edital.

O credenciamento terá validade de dois anos, contados da data de publicação de cada ADE, podendo ser prorrogado por igual período, a critério dos Inspetores-Chefes das Alfândegas da Receita Federal do Brasil do Porto de Fortaleza, do Aeroporto Internacional Pinto Martins e do Porto de Pecém.

Fonte: Diário Oficial da União

Original em: http://www.pciconcursos.com.br

GD Star Rating
loading...

Por demora em laudo, juiz manda soltar acusado de homicídio em GO

Documento tinha prazo de 90 dias, mas, 9 meses depois, não está pronto.
Magistrado protesta contra a morosidade: ‘Inércia é do Estado’.

O juiz da 1ª Vara Criminal de Goiânia, Jesseir Coelho de Alcântara, mandou soltar nesta quinta-feira (23) um rapaz preso em agosto do ano passado, acusado de matar a namorada e o pai dele. A decisão, segundo Jesseir, foi tomada em protesto devido à demora do Estado em expedir o laudo de reconstituição do local do fato, que seria anexado ao processo e comprovaria a autoria dos homicídios.

O prazo para que o documento ficasse pronto era de 90 dias e até hoje, quase nove meses após o flagrante, o laudo ainda não havia sido finalizado. “O que não pode é aquele que eu decreto uma prisão, também ser responsabilizado pela inércia do Estado. Assim como ele merece ser preso, ele tem que ser colocado em liberdade se o Estado falha”, explicou o juiz sobre a decisão.

Para o magistrado, não é a Justiça que é lenta, mas sim o Estado. Segundo ele, apenas em seu gabinete, existem 40 processos que ainda não foram concluídos por falta de laudos do Instituto de Criminalística. Há ainda outras 14 varas criminais do Fórum de Goiânia que podem sofre com o mesmo problema.

“É claro que a Justiça não pode ser responsabilizada por essa morosidade. Nesse aspecto, não. Há uma responsabilidade do Estado, que não cumpre com sua obrigação”, reclama.

Demanda
O prédio onde funciona o Instituto de Criminalística de Goiânia foi ampliado recentemente. A unidade recebeu uma nova pintura e mais carros para o trabalho da equipe nas ruas. O problema é a pouca quantidade de profissionais. Apenas 140 peritos são responsáveis pelo trabalho em todo o estado, cerca de 15 mil laudos atualmente.

O gerente do Instituto de Criminalística, Wagner Torres, disse que já solicitou a abertura de um concurso público. “Para peritos criminais, auxiliares de laboratório, desenhistas criminalísticos e fotógrafos criminalísticos, que são o pessoal de apoio”, enumera.

Juiz Jesseir Alcântara analisa processos que não foram concluídos, em Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)A Secretaria de Segurança Pública informou que a solicitação está sendo analisada. Assim, não há previsão de abertura de concurso para 206 vagas para o cargo de perito no Instituto de Criminalística.

Medidas
Para evitar novas solturas por conta de enrola no processo, o Instituo de Criminalista tomou uma medida emergencial. De acordo com a superintendente de Polícia Técnico-Científica, Rejane Silva Sena, os casos emergenciais serão priorizados e resolvidos. “Pedi a relação desses laudos. Vou ver o que precisa. Nós Temos que efetivar para dar celeridade nessas respostas eminentes que o juiz Jesseir tem necessidade”, afirmou.

Medidas de médio e longo prazo também foram tomadas. Além da solicitação do concurso, a superintende informou que o instituto está instalando um equipamento que deve ajudar a diminuir o tempo de resposta dos laudos. Inclusive, segundo ela, a equipe já está sendo treinada para manusear essa máquina. Outra ação para acelerar a entrega de laudos conta com o apoio da internet. “Há o projeto para entrega do laudo online, que já está em desenvolvimento e, se tudo der certo, ano que vem estará implantado”, informou.

Enquanto uma solução não é encontrada, outros criminosos poderão ser soltos. O presidente do Sindicato dos Peritos Criminais e Médicos Legistas do Estado de Goiás (Sindiperícias), Décio Marinho, lamenta a situação. “A perícia é importante na administração da Justiça e no esclarecimento dos crimes. Às vezes, ter que liberar um preso por falta da chamada rainha das provas, a prova técnica”, afirma.

Original em: http://g1.globo.com

GD Star Rating
loading...

Perícia detecta ecstasy no sangue de jovem que morreu em festa de música eletrônica

De acordo com o perito criminal Alisson Fagner dos Santos Trindade, foi encontrado ecstasy no sangue e no suco gástrico da jovem, indicando que ela teria ingerido a droga em um curto intervalo de tempo.

Perícia detecta ecstasy no sangue de jovem que morreu em festa de música eletrônicaA Gerência de Perícias em Toxicologia Forense já encaminhou o resultado de sua análise ao Instituto Médico Legal (IML), referente à morte da jovem Pâmela Adriana da Silva, de 21 anos, que passou mal em uma festa de música eltrônica no dia 11 deste mês, em Cuiabá. Foi encontrado ecstasy no sangue da jovem.

A jovem morreu de parada cardíaca após passar mal na festa que acontecia em uma casa de eventos conhecida como Casa Verde, que fica na Avenida Beira Rio. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) fez a liberação do corpo no Pronto Socorro de Cuiabá para encaminhamento ao Instituto Médico Legal. 

De acordo com o perito criminal Alisson Fagner dos Santos Trindade, foi encontrado ecstasy no sangue e no suco gástrico da jovem, indicando que ela teria ingerido a droga em um curto intervalo de tempo. “Ela não ingeriu nenhum tipo de bebida alcoólica, o que é característica de quem consome o êxtase, por causa da desidratação rápida que acontece”, contou o perito. A causa da morte de Pâmela cabe o IML determinar o motivo real. 

Um dos promotores da festa, Pimenta, disse que no momento que Pâmela caiu ela chegou a bater a cabeça no chão e depois desmaiou. Os primeiros socorros foram dados ainda no local do evento e depois que encaminhada para o Pronto Socorro e foi confirmada a morte da jovem, a festa terminou.

Autor: OLHAR DIRETO 
Fonte: OLHAR DIRETO
 
GD Star Rating
loading...

Nova sede do SergipeTec abrigará sistema na área de Segurança

A nova sede do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), entidade vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), ganhará mais um empreendimento que irá possibilitar a integração entre o ambiente acadêmico, o mercado e o Estado. Nesta terça-feira, 21, os secretários João Eloy de Menezes, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), e Jeferson Passos, da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), e o diretor-presidente do SergipeTec, Marcos Wandir, assinaram o termo de cessão do prédio que foi construído no complexo para a implantação do Instituto de Análises e Pesquisas Forenses (IAPF). O ato aconteceu na sede da Seplag, em Aracaju.

Através da concessão, a nova estrutura, que dispõe de dois pavimentos em uma área total de mais de 900 metros quadrados, passa a ser de responsabilidade da SSP. O IAPF abrigará os laboratórios de Toxicologia Forense, Genética Forense (DNA), Química Legal, Entomologia Forense, Informática Forense, Fonética Forense, Biologia Forense e Antropologia Forense, e irá contar com um corpo de profissionais da SSP que trabalhará em conjunto com peritos da Polícia Federal e professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

“Essa é mais uma iniciativa grandiosa para Sergipe. A UFS está colocando sete doutores disponíveis para ajudar na formação dos jovens e o SergipeTec entra com o seu espaço voltado para empreendimentos inovadores. O secretário da Sedetec, Saumíneo Nascimento, desde a primeira vez que viu esse projeto, ele abraçou a causa e ajudou todo o trâmite burocrático. Nós já temos uma Biofábrica de mudas funcionando no complexo, produzindo mudas de abacaxi e banana, desde 2010. Agora, essa é a primeira secretaria de Estado (SSP) que está se instalando lá. Também estamos discutindo a proposta de levar um centro de tecnologia e projetos do próprio Banese, mas ainda está começando essa discussão, e temos ainda a possibilidade de discutir com o Governo uma estrutura que possa vir a apoiar a parte empresarial”, afirma Marcos Wandir, diretor presidente do SergipeTec. 

De acordo com o secretário da SSP, João Eloy de Menezes, com a construção do novo prédio foram captados junto a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) R$ 600 mil que já foram destinados para a compra de equipamentos para a montagem dos laboratórios. Além disso, estão sendo pleiteados mais R$ 600 mil e R$ 3 milhões provenientes do Proinvest que serão direcionados para o IAPF. A disponibilização do referido prédio possibilitou a captação de recursos oriundos do Ministério da Justiça e da Senasp, cuja destinação será empregada na implantação dos nove laboratórios periciais forenses, adequações na estrutura física e aquisição de mobília, ressaltou.

Estamos vivendo um marco na história da perícia técnica sergipana. Com esse grande montante de investimentos Sergipe passará a ser referência no Nordeste. Exames que antes eram realizados em outros Estados agora poderão ser feitos aqui. Com a iniciativa quem ganha é o povo de Sergipe que terá respostas mais rápidas, destacou a diretora do IAPF, Maria Auxiliadora.

Da assessoria

Original em: http://www.faxaju.com.br

GD Star Rating
loading...