Cursos de Extensão – confira

CIÊNCIAS FORENSES
GENÉTICA FORENSE – DO CRIME AO DNA

PALESTRANTE:
Dr.ª Selma Sallenave – Perito Criminal do Instituto de Pesquisas e Perícias em Genética Forense.

LOCAL:
CEPAF Centro de Estudos Preparatório Álvaro Fernandes – Avenida Presidente Kennedy nº 321 – 3 andar – Centro – São Gonçalo (próximo ao PROMOINFO) – telefone 38567800-38567878

DATA E HORÁRIO:
Dia 24 de agosto de 2013 sábado – 8:00 h às 17h:30 h.

VALOR:
ATÉ 30 DE JULHO: R$ 120,00
ATÉ 24 DE AGOSTO: 130,00

-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+
CSI – INVESTIGANDO A CENA DO CRIME
ANÁLISE ATRAVÉS DE SIMULAÇÃO

PALESTRANTE:
Julio César Almeida de Oliveira – Perito do Exército.

LOCAL:
Hotel Golden Park – Rua do Russel nº 374 – Glória – Rio de Janeiro – RJ (próximo ao metrô GLÓRIA)

DATA E HORÁRIO:
Dia 31 de agosto de 2013, sábado – 8:00h às 17h:30h.

ATÉ 30 DE JULHO:  R$ 130,00
ATÉ 30 DE AGOSTO: 140,00

-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+
A FOTOGRAFIA NA CIÊNCIA FORENSE

PALESTRANTE:
Antonio Carlos Veras Paes – Biólogo Forense(Universidade Castelo Branco) e Fotógrafo Forense (Escola Superior de Criminalística e Ciências Policiais)

LOCAL:
CEPAF Centro de Estudos Preparatório Álvaro Fernandes – Avenida Presidente Kennedy nº 321 – 3 andar – Centro – São Gonçalo (próximo ao PROMOINFO)

Telefone 38567800-38567878

DATA E HORÁRIO:
Dia 07 E 08 de setembro de 2013, sábado e domingo – 8:00h às 17h:30h.

ATÉ 10 DE AGOSTO: R$ 180,00
ATÉ 07 DE SETEMBRO: 200,00

-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+

PSICOLOGIA CRIMINAL
MENTES CRIMINOSAS

PALESTRANTE:
Gilvan Silva Ferreira – Psicólogo lotado na Delegacia de Homicídios da PCRJ formado em interrogatório pelo FBI.

LOCAL:
Hotel Golden Park – Rua do Russel nº 374 – Glória – Rio de Janeiro – RJ (próximo ao metrô GLÓRIA)

DATA E HORÁRIO:
Dia 28 de setembro de 2013 sábado – 8:00 h às 17h:30 h.

ATÉ 30 DE AGOSTO: R$ 120,00
ATÉ 27 DE SETEMBRO: 130,00

-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+-+

FORMAS DE PAGAMENTOS:

Depósito do valor integral ou PagSeguro (veja instruções abaixo).
INSTRUÇÕES: Após se inscrever no site http://www.bioforense.com.br/, o aluno terá a opção de realizar o pagamento via PagSeguro ou via depósito(no site e encontram-se discriminados os meios de pagamento) .
Após depositar o valor integral, com desconto (até a data prevista para o desconto) ou sem desconto (até a véspera do dia do curso) para garantir a vaga, enviar a cópia do comprovante digitalizado ou fotografado para extensaobioforense@gmail.com.br e levar o comprovante original no dia do curso.
Dados para depósito: CEF: Caixa Econômica Federal / Agência: 0209 / Operação: 003 / Conta Corrente: 0329-9 – BIOFORENSE PROJETOS EDUCACIONAIS / CNPJ: 09.212.139/0001-73.

COORDENAÇÃO: Drª Janyra Oliveira-Costa

INFORMAÇÕES:

extensaobioforense@gmail.com

rodrigomacedoconsult@bol.com.br

janyraento@bol.com.br

TELEFONES:

(21) 2282-5486 (Atendimento 2ª, 4ª e 6ª – 11 às 16 h)

(21)8073-1517(TIM) /(21)9831-4041 (VIVO)/ (21) 9199-5414 (CLARO)/ (21) 8594-7727 (OI)

 

Original recebido por email

GD Star Rating
loading...

Estado licita projeto do Instituto de Criminalística de Londrina

O governo do Paraná divulgou na quinta-feira (18) mais três editais para a contratação de obras e projetos na área da Segurança Pública. A Paraná Edificações – vinculada à Secretaria de Infraestrutura e Logística – divulgou os editais para a construção de mais 20 postos de guarda-vidas, no Litoral, e para a elaboração dos projetos do Instituto de Criminalística de Londrina, no Norte do Estado, e da ampliação do Batalhão de Operações Especiais (Bope), em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Ao todo estão em andamento seis processos de licitação de equipamentos de segurança.

“A Paraná Edificações está trabalhando para agilizar os processos licitatórios dentro de uma política que evite atrasos e aditivos nas obras. Por determinação do governador Beto Richa, a Segurança Pública está entre as áreas prioritárias. Por isso, a intenção é concluir os projetos neste semestre e licitar as obras em 2014,” disse o diretor-geral da Paraná Edificações, Luiz Fernando de Souza Jamur.

Para Londrina, a Paraná Edificações vai elaborar os projetos arquitetônico e complementares para a construção do novo Instituto de Criminalística. O imóvel terá dois mil metros quadrados e ficará na Avenida Agulhas Negras, no Jardim Bandeirantes, zona oeste da cidade. O investimento máximo é de R$ 220 mil. Após a escolha da empresa, o prazo para execução dos projetos é de 150 dias. As empresas podem enviar as propostas até o dia 19 de agosto.

“Uma nova sede para o Instituto de Criminalística em Londrina vai permitir um ambiente mais moderno e propício para a elaboração de laudos no interior do Estado, com toda a tecnologia necessária para contribuir com a resolução de crimes, permitindo a descentralização dos exames hoje feitos em Curitiba”, afirma o diretor-geral da Polícia Científica do Paraná, Leon Grupenmacher.

Outros

A Paraná Edificações informa que também já estão disponíveis outros editais relativos à área de Segurança Pública do Estado, como o edital para contratar a empresa que vai construir a nova sede do Instituto Médico-Legal (IML) em Londrina, e os editais para contratação da empresa que fará os projetos da nova sede do Corpo de Bombeiros de Foz do Iguaçu e de Castro

Original em: http://londrina.odiario.com

GD Star Rating
loading...

Perito contesta método da polícia na reconstituição da morte de Daleste

O perito e especialista em análise de imagens Ricardo Molina avaliou como insatisfatória a reconstituição simulada da morte de MC Daleste, assassinado a tiros durante um show no bairro San Martin, na noite de 6 de junho. Segundo o especialista, o trabalho tem uma série de imprecisões que podem prejudicar as investigações, entre elas, a demora para realizar a simulação (12 dias depois) e a utilização de um barbante para refazer a trajetória dos disparos.

“Primeiro que fazer uma reconstituição 12 dias depois não tem cabimento, porque toda a cena do crime já foi modificada e não haveria mais nenhum vestígio no local. Além disso, eu nunca vi refazer uma trajetória de tiro com barbante, isso não existe. Hoje em dia existe o laser verde, que tem condições de traçar uma linha reta exatamente dos buracos feito pelas balas até o lugar onde o atirador estava”, afirmou o perito.

Molina ainda acha que se a reconstituição tivesse sido feita um dia depois da morte do funkeiro, o trailer que ele fez a apresentação não teria saído do lugar e eliminaria o risco de imprecisão. Além disso, o perito acredita que o local da festa deveria ter sido isolado imediatamente.

“Acho difícil recolocar o caminhão no mesmo lugar que ele estava, porque já se passou muito tempo. Além disso, a análise de vestígios no local onde supostamente o atirador estava foi prejudicada porque ninguém isolou a área. Se tivesse isolado, a Polícia Civil poderia ter encontrado alguns sinais, como os estojos onde fica a bala, ou então coisas mais simples, como por exemplo um pacote de bolacha”, disse.

O perito ainda concluiu que, por causa da série de imprecisões, o atirador poderia nem estar no local onde a perícia criminal apontou, que é a 40 metros do palco, em um terreno baldio, ao lado de uma casa. “Eu acho que o assassino pode nem estar ali, talvez ele esteja até do outro lado, a reconstituição foi muito imprecisa. Foi um acúmulo de imprecisões”.

O Instituto de Criminalística (IC) se manifestou através de uma nota oficial e afirmou que usou laudos precisos, fotos, vídeos e informações de testemunha para fazer a reconstituição, o que elimina a imprecisão da simulação.

Morte
O funkeiro Daniel Pellegrine, de 20 anos, morreu após ser atingido por um disparo no abdômen quando começava um show no CDHU do bairro San Martin, na noite de sábado (6). O cantor foi levado para o Hospital Municipal de Paulínia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada. Ele foi enterrado no Cemitério da Vila Formosa em São Paulo.

Original em: http://g1.globo.com/

GD Star Rating
loading...

Sead divulga relação de candidatos sub judice do concurso da PC

A Secretaria de Estado de Administração (Sead), em parceria com a Polícia Civil do Estado do Pará, publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (18), a relação de convocação de candidatos sub judice para realização da 2ª Subfase da 1ª Etapa (capacitação física) do concurso destinado ao provimento de cargos de nível superior da carreira policial de Delegado de Polícia Civil, Investigador, Escrivão e Papiloscopista.

A avaliação será aplicada no dia 23 de julho em Belém, nos locais estabelecidos no edital. O interessado deve acessar, a partir desta quinta-feira, 18, a agenda de avaliação individual no site de acompanhamento do concurso http://paginas.uepa.br/concursos, emitindo cartão de confirmação que deverá ser apresentado no ato de ingresso ao local de avaliação, juntamente com o documento de identidade em original.

O candidato deverá comparecer aos locais de realização da prova de capacitação física, com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para seu início, munido do cartão de confirmação e da via original de um dos documentos de identidade. Para realização do teste físico o convocado deverá apresentar atestado médico no dia e local da aplicação da prova. Aquele que não apresentar o atestado estará automaticamente eliminado.

Das 670 vagas ofertadas pela Polícia Civil, 150 são para delegado, 250 parainvestigador, 250 para escrivão e 20 papiloscopista. O cargo de delegado prevê remuneração inicial, incluindo as gratificações, de R$ 7.695,02. Para os demais cargos, o salário inicial é de R$ 3.098,79, com as gratificações.

Original em: http://www.agenciapara.com.br

GD Star Rating
loading...

Fernanda: Família processará Estado por não preservar local

A família da estudante de Direito, Fernanda Lages Veras, encontrada morta em agosto de 2011, irá processará o Estado sobre os erros cometidos na falta de preservação do local de crime.

 “Vamos processo o Estado, quem está cuidado disso é nosso advogado Lucas Villa, não sei os detalhes, mas entendo que tem e deve ser processado, porque não posso processar a delegacia, por exemplo, que tinha que preservar o local de crime e não houve essa preservação”, destacou a tia da vítima, Cassandra Veras.
O pai de Fernanda, Paulo Veras, afirma que continua com sua convicção de que a filha não se suicidou. “Foi homicídio, isso nunca saiu nem por um instante da minha mente, por conhecer a personalidade da minha filha, não passava pela cabeça de forma alguma, eu podia não conhecer as amizades, mas conhecia minha filha”, destacou.

Ele disse que alguns pontos tem que ser esclarecidos. “Por que um policial civil trocou a senha do netbook dela? Por que eles encontraram o pelo de um homem, a testemunha viu que tinha três pessoas na frente do prédio antes, sendo que ele conseguiu ver a tatuagem na perna da Fernanda e não sabe quem é o homem? Se a PF teve 100% de certeza que a Nayra estava no local antes, com esse homem, então ela mentiu no depoimento?”, questionaram Paulo e Cassandra.
A família avisa que vai aguardar os próximos passos do Ministério Público que deve solicitar à Polícia Civil novas diligências. “Nós acreditamos na instituição Ministério Público e nosso advogado já solicitou algumas diligências aos promotores. Nós ainda temos esperança, que encontrem esse homem e esclareça o que a Fernanda estava fazendo lá, porque não acreditamos que o crime tenha sido planejado, mas que tenha havido um descontrole da situação que culminou na morte da Fernanda”, finalizou Cassandra.Original em: http://www.cidadeverde.com

GD Star Rating
loading...

Procuradoria Geral contesta lei de MT sobre porte de armas

A exemplo das Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs) 4987 e 4991, ajuizadas recentemente no Supremo Tribunal Federal (STF) para contestar leis do Distrito Federal (DF) que admitem porte de arma de fogo de uso permitido para determinados servidores do governo do DF, a Procuradoria Geral da República entrou com nova ação sobre o tema, questionando o parágrafo único do artigo 18 da Lei 8.321/2005 de Mato Grosso. Esse dispositivo dá direito a servidor da carreira dos profissionais da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), portadores de carteira funcional, o direto a livre porte de arma e franco acesso aos locais sob fiscalização da polícia em todo o território estadual.

A PGR alega violação dos artigos 21, inciso VI, e 22, inciso I da Constituição Federal (CF). Os dois dispositivos atribuem competência exclusiva à União para autorizar e fiscalizar a produção e o comércio de material bélico e para legislar sobre direito civil, comercial, penal, do trabalho e outros. A PGR lembra que, a partir da competência exclusiva da União para tratar da autorização e fiscalização da produção e comercialização de material bélico, surgiu a Lei nº 10.826/03 (Estatuto do Desarmamento), que dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas e munição, além de tratar do Sistema Nacional de Armas (SINARM) e de definir condutas criminosas relacionadas a armas de fogo e munição.

Em, seu artigo 10º, a Lei 10.826/03 reserva à Polícia Federal a autorização para o porte de arma de fogo de uso permitido, em todo o território nacional, após autorização do SINARM. E, em seus artigos 12 e 14 trata da configuração dos tipos penais previstos para a posse e o porte ilegal de armas, com penas que variam de um a três anos de reclusão para o primeiro tipo penal e de dois a quatro anos, para o segundo. O Estatuto do Desarmamento define, em seu artigo 6º, a quem é permitido o porte de arma de fogo em todo o território nacional. Assim, conforme a PGR, “a norma estadual impugnada, ao avançar sobre tema que não estava sob sua competência e criar nova hipótese de porte de arma de fogo, é claramente inconstitucional”.

A Procuradoria Geral lembra que o STF já se manifestou sobre o tema na ADI 3258, declarando a inconstitucionalidade de lei estadual de Rondônia que autorizava a utilização, pelas Polícias Civil e Militar, de armas de fogo apreendidas. Diante de suas alegações, a PGR pede que seja julgado procedente o pedido formulado na ADI, a fim de que seja declarada a inconstitucionalidade do parágrafo único do artigo 18 da Lei nº 8.321/2005 do Estado de Mato Grosso.

A relatora da ADI é a ministra Cármen Lúcia.

Original em: http://www.sonoticias.com.br

GD Star Rating
loading...

Perícia Oficial de Alagoas lança edital para concurso público

Estão disponíveis vagas para peritos, papiloscopistas e técnicos forenses.
Inscrições serão abertas no dia 19 de julho e irão até 12 de agosto.

Já está disponível no portal do Centro de Seleção de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB) o edital do concurso público da Perícia Oficial do Estado de Alagoas. No total, estão sendo disponibilizadas 37 vagas, nas áreas de perito criminal, perito médico-legista, papiloscopista e técnico forense. As inscrições começam no dia 19 de julho, e irão até o dia 12 de agosto.

Dentro da área de perito criminal, existem diversas especialidades, como análise de sistemas, engenharia agronômica, engenharia química, medicina veterinária, engenharia, entre outras. Os interessados em concorrer a uma destas vagas, ou às vagas de perito médico-legista ou papiloscopista devem ter nível Superior. Já para as vagas de técnico forense, os candidatos devem ter nível Médio e um curso de auxiliar ou técnico de enfermagem.

Confira o edital do concurso aqui.

Os salários variam entre R$ 2.704 para técnicos e papiloscopistas, e R$ 6.320 para peritos e médico-legistas. Os interessados podem se inscrever através da página da CESPE/UnB na internet. A taxa de inscrição é de R$ 120, para o nível superior, e R$ 90 para o médio. A data provável para a realização do concurso é dia 6 de outubro.

Original em: http://g1.globo.com

GD Star Rating
loading...

Concurso abre 1.150 vagas para reforçar segurança na fronteira

Serão abertas 1.150 novas vagas para homens e mulheres para fortalecer as ações ostensivas na fronteira, no âmbito do Plano Estratégico de Fronteiras (Enafron). O concurso público que amplia o efetivo das instituições da segurança pública no Estado foi autorizado pelo governador André Puccinelli (PMDB), nesta segunda-feira (15).

A segurança pública contará com mais 1.200 policiais servidores e policiais somente neste ano, uma vez que serão contratados 30 delegados de Polícia Civil e 20 oficiais para a Polícia Militar.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), receberão novos servidores a Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Coordenadoria-Geral de Perícias (CGP), Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul (Agepen) e das Unidades Educacionais de Internação (Unei).

Serão 500 novos soldados da PM; 150 novas vagas para escrivães e investigadores da Polícia Civil, outras 150 para soldados e 20 para oficiais do Corpo de Bombeiros Militar. Na Coordenadoria Geral de Perícias também haverá reforço com abertura de 15 vagas para perito criminais e outras 20 para peritos papiloscopistas.

O Departamento de Operações da Fronteira (DOF) receberá o incremento de 24 novos homens, e outros 11 investigadores de Polícia Civil serão lotados na Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron). O governo do Estado abrirá ainda 230 vagas para agentes penitenciários e mais 30 para agentes socioeducadores das Uneis.

Já estão em andamento outros dois concursos públicos para provimento do cargo de delegado de Polícia Civil, com 30 vagas, e ainda ingresso no Curso de Formação de Oficiais da PM, com 20 vagas. Os novos efetivos serão lotados em Campo Grande e nos municípios na faixa de fronteira, como Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Caracol, Coronel Sapucaia, Corumbá, Dourados, Eldorado, Iguatemi, Japorã, Jardim, Ladário, Mundo Novo, Sidrolândia, Naviraí, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Sete Quedas, Tacuru, Três Lagoas, Paranaíba, Nova Andradina e Coxim.
Segundo o titular da Sejusp, Wantuir Jacini, os editais dos concursos serão publicados em breve. “Os editais já estão sendo elaborados pela Secretaria de Administração, sendo alguns já em fase de conclusão”, informou Jacini.

Jacini destacou que o objetivo dos concursos é reforçar a seguranças nesses municípios. “Mato Grosso do Sul vem fazendo muitas apreensões de drogas, graças ao trabalho de inteligência. Somente neste ano foram retiradas de circulação 52 toneladas de entorpecentes na fronteira, advinda dos países vizinhos”, destacou o secretário.

Segundo ele, o reforço policial é uma contrapartida dos recursos da Enafron, que já começaram a chegar ao Estado. “Neste mês a Sejusp está adquirindo viaturas destinadas exclusivamente para as cidades de fronteira”, pontuou Jacini.

Instituída em 2011, a Enafron gerencia as ações do Plano no âmbito da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e acompanha a execução de convênios de segurança financiados com verbas federais, fortalecendo ações ostensivas das polícias militares, de investigação das polícias civis e de perícia.

Em Mato Grosso do Sul, o Plano Estratégico de Fronteiras vem exatamente atuar nas cidades existentes na longa extensão fronteiriça brasileira. No Estado são 44 cidades na faixa, sendo 18 entre gêmeas e lindeiras.

Original em: http://www.capitalnews.com.br

GD Star Rating
loading...

Secretaria de Gestão Pública abre 37 vagas para Perícia Oficial do Alagoas

A Secretaria de Estado da Gestão Pública do Alagoas realizará concurso com o objetivo de preencher as 37 vagas que estão disponíveis na Perícia Oficial, duas delas por pessoas com necessidades especiais.
Os cargos disponíveis são: Técnico Forense, Perito Criminal, Perito Médico-Legista e Papiloscopista. Apenas o de Técnico Forense exige o ensino médio completo, todos os demais são de nível superior.
Para Perito Criminal, há chances nas especialidades de Ciências Contábeis/ Ciências Econômicas, Engenharia Elétrica/ Engenharia Eletrônica/ Engenharia de Redes de Comunicação ou Engenharia de Redes de Telecomunicação, Análise de Sistemas/ Ciências da Computação/ Engenharia da Computação/ Informática/ Tecnologia de Processamento de Dados ou Sistemas de Informação, Engenharia Agronômica, Geologia/ Mineralogia, Engenharia Química/ Bioquímica/ Química/ Química Industrial, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica/ Mecatrônica, Biomedicina/ Ciências Biológicas, Física, Medicina Veterinária e Farmácia.
As remunerações serão de R$ 2.704,59 para as atividades de Técnico Forense e Papiloscopista. Os demais receberão R$ 6.320,77.
Os candidatos serão testados por meio de duas etapas. A primeira será composta de prova objetiva, prova discursiva, prova de capacidade física, avaliação psicológica e investigação social e de conduta pessoal, com data prevista para ser iniciada no dia 06 de outubro. A segunda consistirá do curso de formação.
Para participar, o interessado terá que realizar a inscrição no site www.cespe.unb.br, das 10h do dia 19 de julho até às 23h59 do dia 12 de agosto de 2013. A taxa será de R$ 90,00 para o posto de nível médio e R$ 120,00 para os de nível superior.
Este concurso será válido por dois anos, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.
Jornalista: Mariana Bandoni

Original em: http://www.pciconcursos.com.br/

GD Star Rating
loading...

Concurso da Polícia Federal tem 166 mil inscritos para 600 lugares; vaga de perito criminal é mais disputada que a de delegado

A Polícia Federal recebeu 166.052 inscrições em 3 concursos que preencherão, no total, 600 vagas no órgão. O cargo mais concorrido é o de perito criminal, que teve 35.800 inscrições para 100 vagas. A concorrência é de 358 candidatos por vaga. Para as 150 oportunidades de delegado, foram 46.633 candidatos, o que equivale a 310,89 inscritos por vaga. Já para escrivão, a concorrência é de 238,91 candidatos para as 350 chances oferecidas. As provas estão marcadas para o próximo dia 21. Para os cargos de escrivão e perito, as provas objetivas e discursivas serão às 8 horas. Para delegado, há dois horários: às 8 horas para a prova objetiva e às 14 horas para o exame discursivo.

Original em: http://montesclaros.com/

GD Star Rating
loading...