Governo de Alagoas deve nomear mais de 3 mil servidores até o fim da gestão

Concursos públicos contemplaram setores da Segurança Pública e Educação do Estado

Foram homologadas as 1.040 vagas de soldado e oficial de combate da PM

Foram homologadas as 1.040 vagas de soldado e oficial de combate da PM

Desde 2011, o Estado de Alagoas contratou 1.440 novos servidores por concurso público, e esse número tende a aumentar. Com a realização de concursos públicos voltados para as áreas de segurança, perícia médica e educação, a gestão do governador Teotonio Vilela pretende alcançar 3.215 servidores contratados. Um dos concursos em andamento é o da Secretaria da Educação, cujo processo está no Gabinete Civil e as nomeações devem ser publicadas a partir da próxima semana no Diário Oficial do Estado.

A soldado Grazielly Nunes, 21, faz parte desse número. Ela passou no concurso da Polícia Militar realizado em junho de 2012, foi nomeada e aguarda a formatura da sua turma da PM. “Fico feliz de participar porque, ao contrário de um trabalho comum, em que você apresenta seu currículo e faz uma entrevista, no concurso você faz a prova e descobre se realmente está apta para a função, além de ser preparada no curso de formação, garantindo um bom serviço à população”, aponta a soldada Grazielly.

De acordo com a assessora Especial de Relações Sindicais, integrante da Comissão de Concurso da Secretaria de Estado da Gestão Pública (Segesp), Ana Raphaella Novaes, ao todo, foram homologadas as 1.040 vagas de soldado e oficial de combate. “Já estão sendo nomeados candidatos do cadastro da reserva do concurso”, afirma a assessora. Em 2012, também foram ofertadas 400 vagas para o concurso da Polícia Civil. Dentro do número de vagas ofertadas, os candidatos que estavam regulares já foram nomeados. Ao todo, a Polícia Civil recebeu 240 novos agentes de polícia, 120 escrivães e 40 delegados.

O Estado ainda possui mais dois concursos em andamento, como o da Perícia Oficial – PO e o da Educação. A PO está na sua última fase para conclusão e são mais de 70 candidatos fazendo o curso de formação da Perícia Oficial. São 37 vagas distribuídas para as áreas de perito oficial, perito médico legista, papiloscopista e auxiliar de necropsia. A data prevista para conclusão do concurso da perícia é no mês de junho deste ano.

A Educação de Alagoas vai ganhar 1.723 novos professores e 15 secretários escolares com o concurso realizado em 2013. O Estado pretende contratar os professores para atender as demandas de todas as disciplinas da Educação. Ana Raphaella afirma que o processo está no Gabinete Civil do Estado. “O resultado foi homologado, e as nomeações serão publicadas no Diário Oficial do Estado a partir da próxima semana”, explica.

Original em: http://www.tribunahoje.com

Leave a Reply