Concurso para Polícia Civil do RN é autorizado pelo Governador

Rio Grande do Norte – O Governador em exercício Ezequiel Ferreira de Souza assinou, na tarde desta última quarta-feira (18), a autorização para abertura de concurso público para preenchimento de 40 vagas para os cargos de perito criminal, médico-legista, psiquiatra auxiliar e auxiliar de perícia no Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP).

São 9 vagas para perito criminal, 15 vagas para médico-legista, 3 vagas para psiquiatra e 13 para auxiliar de perícia. Os autos serão encaminhados para a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social na manhã desta quinta-feira (19) para adoção das medidas subsequentes. As vagas são decorrentes de aposentadoria, exoneração e falecimento.

O concurso público considera, por exemplo, a carência de pessoal no ITEP, a natureza pública e essencial do serviço prestado pelo órgão e a indispensabilidade do exame de corpo de delito, conforme art. 158 do Código Penal.

O certame é respaldado pelo art.22, da Lei Complementar nº 191, que veda o provimento de cargo público, admissão ou contratação de pessoal, mas ressalva a reposição decorrente de aposentadoria ou falecimento de servidores das áreas de educação, saúde e segurança.

Fonte: Visor Político

Original em: http://folhanobre.com.br

GD Star Rating
loading...

Confirmado para o dia 26 início das aulas para 146 aprovados no concurso da Polícia Civil

A aula inaugural que marca o início da formação técnica profissional de 146 convocados do concurso da Polícia Civil de Rondônia está marcada para o próximo dia 26, no auditório do Tribunal de Contas do Estado, em Porto Velho. O evento deve reunir professores, alunos e autoridades envolvidas na Segurança Pública do estado.

Antônio Carlos dos Reis, secretário da Sesdec
Secretário de Segurança Pública, Antônio Carlos dos Reis
O curso de formação corresponde a mais uma etapa do certame para os candidatos aprovados no concurso público conforme o Edital nº 0001/2.014 -Sesdec/PC/Consupol, e terá duração de seis meses, com 120 dias de aulas teóricas e 60 dias de estágio supervisionado. Quando estiverem aptos, os servidores serão nomeados para os municípios aos quais foram classificados.

Promovido pela Secretaria de Estado da Segurança Defesa e Cidadania (Sesdec) e a Academia de Polícia Civil (Acadepol), o curso será dividido em 896 horas aulas, das quais 506h são comuns a todos os candidatos, 70h para palestras, 120h específico para cada curso e 320h para estágio supervisionado.

As avaliações de cada disciplina ficam a cargo de cada instrutor. No curso de formação, os 11 candidatos classificados para o cargo de delegado, 8 para perito criminal, 40 para agentes de polícia, 71 escrivão de polícia, 5 datiloscopista, 7 técnico em necropsia, 2 agente de criminalística e 2 técnico de laboratório serão submetidos a provas escritas, práticas, seminários, conforme a natureza de cada disciplina. Todos passarão também por exames médicos, psicológicos e investigação social.

Segundo o diretor da Acadepol, delegado Túlio Anderson, a grade curricular do curso inclui módulos de direitos humanos, polícia comunitária, organização e regime jurídico da Polícia Civil, procedimentos disciplinares, armamento e tiro, condicionamento físico, noções de informática, cadeia de custódia da prova pericial, preservação de local de crime, redação textual e policial, documentos técnicos, entre outras.

“A expectativa é que o curso de formação seja proveitoso, considerando que será promovida uma formação de qualidade. Que esses alunos já devidamente preparados cheguem à instituição motivados e com vontade de somar à Polícia Civil”, disse o delegado

De acordo com o secretário de Segurança, Antônio Carlos dos Reis, a academia capacita os alunos ingressantes para o bom desempenho de suas atividades e os conscientiza sobre a responsabilidade com a segurança pública e o respeito e proteção ao cidadão.

“A Segurança Pública é um desafio permanente, por isso é importante que todos busquem o conhecimento e a qualificação profissional para que possamos melhorar ainda mais a prestação de serviço da Polícia Civil”, orientou Reis.

Fonte: Rondoniagora

Original em: http://www.rondoniagora.com

GD Star Rating
loading...