“Novo IML do Estado será um dos mais modernos do Brasil”, garante Alfredo Gaspar

O primeiro Instituto Médico Legal de Alagoas será um dos mais modernos do país. Foi o que declarou o secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, em entrevista a Rádio Difusora de Alagoas, nesta quinta-feira (10), durante a visita do governador Renan Filho a obra do novo complexo, localizado no Tabuleiro do Martins, na parte alta de Maceió. Segundo Gaspar, o novo IML vai permitir que os profissionais alagoanos desenvolvam suas atribuições com muito mais eficiência.

O secretário frisou que o IML é uma ferramenta fundamental para a investigação criminal, assim como é uma ferramenta fundamental para a sociedade e será colocada à disposição da população. Para ele, a Perícia Oficial precisa de um ambiente digno e este será um ambiente compatível com a atual realidade do Estado.

Alfredo Gaspar esclareceu que, desde o início da gestão do governador Renan Filho, foi tomado um posicionamento firme em “retirar esse esqueleto” [a obra do IML] que estava abandonado, e atualmente o Governo do Estado está trabalhando para que a população tenha esta ferramenta em 2016.

Alfredo Gaspar esclareceu que, desde o início da gestão do governador Renan Filho, foi tomado um posicionamento firme em “retirar esse esqueleto” [a obra do IML] que estava abandonado, e atualmente o Governo do Estado está trabalhando para que a população tenha esta ferramenta em 2016.

O diretor geral da Perícia Oficial, Manoel Melo, também durante entrevista, explicou que o novo IML é um avanço enorme para a perícia Oficial. “A obra foi retomada por determinação do governador Renan Filho, pela sua importância para o Estado, para a Perícia Oficial e para a população”, frisou.

Melo expôs que atualmente os peritos alagoanos trabalham em um espaço cedido pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), dimensionado para outros fins, como uma sala de aula para estudantes da área da saúde, por exemplo.

O diretor geral da Perícia Oficial também falou do primeiro laboratório Forense de Alagoas. Segundo ele, o espaço trará melhores condições de trabalho para a investigação criminal. “É um divisor de águas para a perícia alagoana, pode-se dizer que existe um antes e depois da inauguração deste laboratório, porque podemos, a partir de então, processar em laboratório toda gama de vestígios materiais que os peritos criminais coletam em local de crime”, observou.

Original em: http://aquiacontece.com.br

GD Star Rating
loading...