Polícia suspende enterro no PI após suspeita de que vítima foi assassinada

Proprietário de funerária denunciou que vítima apresentava várias lesões.
Família chegou a informar que homem tinha cometido suícidio.

O corpo de um homem foi removido pela Polícia Civil de dentro do caixão na manhã desta quinta-feira (7) quando era levado ao cemitério na cidade de Gilbués, a 797 km de Teresina. O fato aconteceu após a denúncia de que a vítima teria sido assassinada, e não cometido suicídio, como havia informado a família.

Segundo o delegado Moisés Aragão, da Delegacia de Corrente, a primeira informação que chegou à polícia foi de que um homem de 40 anos havia sido achado morto em um matagal na quarta-feira (6) e que teria atentado contra a própria vida. No entanto, ao ajeitar o corpo para o velório os funcionários da funerária identificaram marcas de quatro facadas no pescoço da vítima e uma pancada forte na cabeça.

“O proprietário da funerária suspeitou do caso e fez a denúncia. Deslocamos uma equipe até o local para apurar o que realmente aconteceu. Acho estranho ser suicídio. Uma pessoa não seria capaz de fazer várias perfurações no próprio pescoço e ainda aplicar uma machadada na cabeça sozinho”, avaliou o delegado.

O comandante do Grupamento da Polícia Militar de Gilbués, tenente Getúlio Salviano, informou que a família procurava a vítima há dois dias e devido ao estado avançado de decomposição do corpo não foi feito perícia.

“O homem foi levado diretamente para a funerária e o caixão estava de saída para o cemitério, quando o delegado deu ordem para interromper a cerimônia. Estamos aguardando a perícia chegar para analisar o corpo e o local onde ele foi encontrado”, falou o comandante.

Um inquérito policial foi aberto para apurar as causas da morte.

Caso semelhante

Um caso bem parecido com o que ocorreu em Gilbués aconteceu na última semana de dezembro do ano passado em Cocal, Norte do estado. O corpo de uma senhora de 69 anos foi retirado de dentro caixão enquanto era velado pelos familiares. Um irmão da vítima denunciou à Polícia Civil que uma filha da idosa a agredia constantemente e que os maus-tratos poderiam ter causado a morte.

O corpo foi enviado para a realização de exames periciais em Parnaíba, no litoral, mas não foi identificada a causa morte do pescoço para baixo e como o Instituto de Medicina Legal (IML) de Parnaíba não realiza exames na cabeça, o corpo foi enviado para o IML de Teresina. O laudo ainda está sendo aguardado.

Por: Catarina Costa Do G1 PI

Original em: http://g1.globo.com

1 comment to Polícia suspende enterro no PI após suspeita de que vítima foi assassinada

  • Harrytuh

    sql interview questions
    sql interview questions and answers
    sql interview questions pdf
    sql interview questions for qa
    sql interview questions amazon
    sql interview questions 2019
    sql interview questions advanced
    sql interview questions facebook
    sql interview questions reddit
    sql interview questions data engineer
    sql interview questions difficult
    sql interview questions data analyst
    sql interview questions developer
    sql interview questions deloitte
    sql interview questions ddl dml
    sql interview questions download
    https://mikewhellans.com/sql-interview-questions-and-answers/
    sql interview questions dataflair
    sql interview questions experienced
    sql interview questions examples
    sql interview questions employee table
    sql interview questions ey
    sql interview questions experienced pdf
    sql interview questions etl
    sql interview questions expedia
    sql interview questions for experienced professionals
    sql interview questions in amazon

    GD Star Rating
    loading...

Leave a Reply