Polícia Federal prende foragido procurado desde 2008

São Paulo/SP – Policiais federais cumpriram na noite do último dia 23, quarta-feira, um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Federal Criminal de São Paulo. A ordem foi expedida em desfavor de um homem acusado de matar uma perita do Trabalho em 2008.

O foragido foi localizado em Cassilândia/MS, onde vivia com nome falso. De lá, foi levado para a Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, onde ficará à disposição da 1ª Vara Criminal Federal do Tribunal do Júri do Estado de São Paulo.

O crime ocorreu no dia 18 de dezembro de 2008, no bairro de Santo Amaro, na capital paulista, onde funcionava a empresa do acusado. Segundo os autos do processo, a vítima foi recebida pelo homem e iria analisar documentos para a elaboração de laudo pericial que instruiria uma ação trabalhista movida em 1995 por uma ex-funcionária do foragido.

De acordo com testemunhas, a perita do Trabalho havia separado o material para a conclusão dos trabalhos, momento em que houve uma discussão dentro da sala do acusado. Ao ameaçar buscar reforço policial, a vítima foi executada pelo homem, que estava foragido desde então.

Por: DPF/MJ

Original em: http://www.ariquemesonline.com.br

GD Star Rating
loading...

Inscrições para concurso público do Ipserv começam amanhã

Começam nesta quarta-feira (30), as inscrições para o concurso público divulgado pelo Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais (Ipserv). Segundo a Prefeitura de Uberaba, os cargos ofertados são: Agente de Serviços Previdenciários para Administrativo, Contabilidade e Informática; Analista de Serviços Previdenciários para Administrativo, Contabilidade, Direito e Serviço Social; Médico Perito Previdenciário e Procurador Autárquico.

Conforme dados da PMU, a taxa de inscrição é de R$ 60,00 para os cargos de Agente de Serviços Previdenciários; R$ 80,00 para Analista de Serviços Previdenciários e de R$ 100,00 para Médico Perito e Procurador. Para efetuar o pedido de isenção da taxa de inscrição, é necessário enviar a solicitação via internet ao endereço eletrônico da Cetro Concursos e, também, o envio da documentação por Sedex ou AR nos dias 30 e 31 de março.

De acordo com o edital do concurso, o salário para Agente de Serviços Previdenciários é de R$ 1.563,38; para Analista de Serviços Previdenciários, R$ 3.126,75, e para Médico Perito e Procurador, de R$ 6 mil. São oferecidos benefícios de Auxílio Alimentação no valor de R$ 380,00 e Plano de Saúde. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais, porém, pode ser estendida caso haja necessidade, incluindo regime de plantões aos sábados, domingos e feriados de acordo com as necessidades e conveniências do Ipserv.

As inscrições devem ser efetuadas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico da Cetro Concursos, pelo linkwww.cetroconcursos.org.br, do dia 30 de março até as 23h59 do dia 22 de abril. As provas acontecem no dia 22 de maio. Os cargos de Agente de Serviços Previdenciários, Médico Perito e Procurador Autárquico farão a prova no período da manhã e os concorrentes aos cargos de Analista de Serviços Previdenciários, no período da tarde.

Informações relativas ao concurso podem ser encontradas no site da Cetro Cursos, no site da prefeitura/Ipserv (www.uberaba.mg.gov.br) ou pelo jornal oficial do município “Porta Voz”. (DC)

Original em: http://www.jornaldeuberaba.com.br

GD Star Rating
loading...

Governo realiza curso de investigação de homicídios em parceria com Ministério da Justiça e embaixada dos EUA

A Academia de Polícia Civil da Paraíba (Acadepol) realiza, a partir de segunda-feira (28) até o dia 1º de abril, a 7ª edição do curso de Investigação de Homicídios, promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp/MJ), em parceria com a embaixada dos Estados Unidos (EUA). Participam do curso, 24 policiais civis paraibanos e ainda representantes da Polícia Civil de 13 estados brasileiros. As aulas, divididas entre teóricas e práticas, serão ministradas por policiais norte-americanos do Departamento de Homicídios de Miami (EUA) e terão tradução simultânea.

A abertura do curso foi realizada pelo secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, que explicou a importância da troca de informações, que servirão para um aperfeiçoamento dos policiais civis paraibanos. “Esse tipo de curso proporciona um trabalho ainda mais complexo das equipes de investigação de homicídios que atuam no Estado da Paraíba. Quanto mais conhecimento mais isso será aplicado no enfrentamento aos crimes violentos. O objetivo é investir em Segurança Pública”, frisou Cláudio Lima.

De acordo com o diretor da Acadepol, delegado Severiano Pedro, o curso é uma oportunidade de conhecer formas de investigação administradas por policiais de outro país. “O intuito é o aperfeiçoamento de técnicas que possam contribuir com o trabalho desenvolvido pelos policiais civis quando chegam a um local de crime. Essa capacitação é muito importante e mostra o comprometimento da Secretaria da Segurança Pública da Paraíba. O conhecimento é necessário para a realização de um trabalho policial bem feito e que está diretamente relacionado à elucidação de crimes”, disse.

O objetivo do curso é contribuir para o fortalecimento de uma investigação efetiva de homicídios e acontece em várias cidades brasileiras. Durante as aulas, os alunos aprenderão desde coleta de indícios no local de crime até técnicas de abordagens aos suspeitos, orientações de procedimento de interrogatório e dicas para a preservação do local onde o assassinato aconteceu.

O delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, João Alves de Albuquerque, ressaltou que esse tipo de investimento é essencial para o aperfeiçoamento das equipes que trabalham diretamente com a investigação de homicídios. “Tivemos a preocupação de proporcionar o acréscimo de conhecimento específico a esses policiais para que eles sejam multiplicadores do conteúdo que foi aprendido no curso. O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança e Defesa Social (Seds), organizou todo um esquema para que esses alunos pudessem ser recebidos e acolhidos na Acadepol, e isso só demonstra o investimento na área de Segurança Pública e traz benefícios para a Polícia Civil”, finalizou João Alves.

Iniciativa do Governo Federal – A ação que está sendo realizada em João Pessoa faz parte do Programa Brasil Mais Seguro, o Governo Federal. O objetivo é que detetives da polícia investigativa dos Estados Unidos treinem agentes, escrivães e delegados da Polícia Civil durante o curso Técnicas para Elucidação de Homicídios, realizado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (Senasp/MJ) em parceria com a Secretaria da Segurança Pública do Estado e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil.

Por: Secom PB

Original em: http://www.paraiba.com.br

GD Star Rating
loading...