Politec encerra o ano com unidades reestruturadas e modernização dos serviços

Uns dos destaques é a mudança no modelo de RG, implantada em fevereiro, as reformas das unidades, e a realização de concurso público para as áreas finalísticas.

“A avaliação deve sempre ser feita de forma comparativa sobre o que foi possível fazer com os recursos disponíveis. Neste sentido, não podemos esquecer que 2017 foi um ano de grande dificuldade econômica, mesmo assim, o nosso resultado foi extremamente positivo. Iniciamos a confecção do novo modelo de carteira de identidade, que trouxe novos elementos de segurança, o que deu mais tranquilidade para o usuário final e para o comércio, que pôde contar com um documento mais seguro. Ele já foi elaborado pensando nas novas tecnologias que estão sendo implantadas, tais como, coleta das impressões digitais e a fotografia via kit biométrico”, analisou o diretor-geral da Politec, Reginaldo Rossi do Carmo.

Em função da dificuldade econômica que o Estado enfrenta, a busca por novas soluções que resolvam as questões estruturais das instituições foi o foco da gestão em 2017. “Buscamos o fortalecimento de parcerias com os setores público e privado, e com isso conseguimos, por exemplo, realizar a reforma da unidade de Barra do Garças, que há muito tempo necessitava de uma ampliação para atender melhor a demanda crescente da região. Também captamos recursos para a construção da nova unidade de Pontes e Lacerda, que contará com um espaço planejado para o atendimento dos serviços de criminalística, medicina legal e identificação técnica. Investimentos na perícia ambiental de Pontes e Lacerda, com aquisição de drones e outros equipamentos próprios para esse tipo de perícia”, destacou.

Recursos Humanos

Dentre as ações iniciadas em 2017 e que serão consolidadas no próximo ano, o diretor-geral mencionou o concurso para novos profissionais aos cargos de papiloscopista e técnico em necropsia, e incremento de profissionais do cadastro de reserva em áreas que mais precisam.

“Estamos implementando parcerias para a melhoria da Diretoria Metropolitana de Medicina Legal, que hoje conta com uma estrutura da década de 90 e que não suporta mais a demanda atual e uma nova unidade para a Coordenadoria de Criminalística de Rondonópolis, que também há anos clama por uma nova sede”, frisou Reginaldo Rossi.

Produtividade

Mais de 153 mil processos de emissão de carteiras de identidade foram recebidos pela Politec até setembro de 2017. A estimativa é que até dezembro sejam confeccionados 184 mil RGs.

Outro documento bastante requisitado para a Diretoria Metropolitana de Identificação são as certidões de antecedentes criminais. A estimativa é que até o final deste ano 54.520 documentos sejam emitidos em todo estado. Até outubro o número de solicitações de certidões chegou a 40.890.

Também até outubro, a Politec emitiu 60.299 laudos periciais nas áreas de Criminalística e de Medicina Legal, no estado.  A estimativa é que até o final do ano este número chegue à marca de 72.359 laudos produzidos.

O serviço de Medicina Legal, em todo estado, produziu 34.647 laudos até outubro de 2017. Deste total, cerca de 90% correspondem ao atendimento em vivos, e outros 10% relacionados a mortos.

Somente a Diretoria Metropolitana de Medicina Legal (DMML), que abrange o atendimento na capital e mais 12 municípios da baixada cuiabana, registrou até outubro de 2017, 13.118 laudos de atendimentos periciais em vivos, sendo 90% correspondentes a exames de lesões corporais e 5% exames em vítimas de violência sexual, aproximadamente. Já em relação ao total de perícias em mortos na DMML, cerca de 65,7% correspondem a necropsias, 31,4% à Odontologia Legal e 2,8% à Gerência de Antropologia Forense.

“Agradecemos o empenho empreendido pelos servidores da Politec, mesmo diante das mais diversas dificuldades enfrentadas durante o ano. Passar por uma crise da intensidade que passamos não foi uma escolha, mas ficar passivo diante dela ou trabalhar para que causasse o menor dano possível foi uma escolha, e a nossa opção foi trabalhar para superá-la. O ano 2018 traz em sua esteira a esperança renovada pela melhoria do cenário econômico, e a certeza de que todo o trabalho e planejamento implementado este ano comece a gerar bons frutos”, finalizou o diretor-geral.

Original em: https://www.24horasnews.com.br/

GD Star Rating
loading...

Governador vai á PGE para viabilizar convocação da reserva técnica da PC e pericia oficial

40680633 045e 4d09 a0eb 0a94207a0360Os aprovados no concurso público da Polícia Civil e da Perícia Oficial realizado em 2012 poderão ser convocados. A confirmação foi feita nesta quarta-feira, dia 27, pelo governador Renan Filho durante a inauguração do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) do município de Igaci, no Agreste do Estado. Segundo o governador  “a Procuradoria-Geral do Estado tinha um entendimento um pouco diferente, mas vou conversar com eles hoje à tarde para viabilizar a convocação da reserva técnica  da Polícia Civil e da Perícia Oficial para que possamos seguir avançando com as ações na Segurança Pública. A gente já fez muita coisa e precisa fazer muito mais”.

Segundo Diego Melo, 33 anos, que prestou concurso para agente da Polícia Civil em 2012, a validade do certame expira no dia 24 de janeiro de 2018, por isso – diz ele – a expectativa é grande para a convocação.

“Isso nos alivia. Embora havendo um parecer contrário da PGE, a gente sabe que isso será viabilizado, porque há chances de ser revertido, uma vez que o Governo tem a vontade de convocar”, afirmou Diego Melo, que compareceu à solenidade de inauguração do Cisp de Igaci. Ele vestia uma camisa que faz alusão à convocação da reserva técnica, junto a outros colegas.

De acordo com o secretário executivo de Segurança Pública, Manoel Acácio Júnior, a validade do concurso para a Perícia Oficial termina em junho do próximo ano.

Investimentos

Renan Filho lembrou que, em 2017, foram investidos mais R$ 35 milhões em novos equipamentos para a Segurança Pública de Alagoas. “Só aqui em Igaci, com esse Centro Integrado, vamos aumentar o custeio em R$ 70 mil por mês. São novos carros e mais policiais atuando”, acrescentou.

O Cisp de Igaci foi o 11° Centro Integrado de Segurança Pública entregue em Alagoas. Segundo o governador, as unidades já cobrem uma população de mais de 400 mil habitantes, elevando o policiamento ostensivo da PM e a capacidade de investigação da Polícia Civil.

De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Lima Júnior, foram investidos R$ 1,4 milhão em recursos próprios do Governo do Estado na construção do Cisp de Igaci. A unidade permite a integração dos trabalhos das polícias Civil e Militar em um mesmo ambiente moderno e confortável.

“O Cisp de Igaci irá combater, entre outros crimes, os roubos que vêm acontecendo na região, além de reforçar a ostensividade e o poder de investigação da Polícia Civil. Lembro quando viemos assinar a ordem de serviço e muitos se questionavam se a obra seria realizada. Hoje comprovamos mais uma vez o compromisso do governador com a população e com a segurança pública. Este é o décimo primeiro Cisp inaugurado e, tenho certeza, que irá contribuir para reduzir a criminalidade em Igaci”, afirmou Lima Júnior.

Além do Cisp, foram entregues, em Igaci, três viaturas (caminhonetes) à PM e uma à Polícia Civil. “A expectativa é que a violência seja reduzida não só aqui em Igaci, mas em toda a região. Acreditamos que, com a polícia mais presente, a gente terá uma melhoria grande na Segurança Pública”, avaliou o prefeito do município, Oliveiro Pianco.

Além de Igaci, já estão em funcionamento os Cisps de Boca da Mata, Cajueiro, Girau do Ponciano, Junqueiro, Murici, Ouro Branco, São José da laje, São José da Tapera, São Luís do Quitunde e Viçosa.

“Esse é o segundo Cisp entregue no Agreste. Nós já temos em funcionamento o de Girau do Ponciano, com grandes resultados: redução de mais de 60% do número de homicídios naquela cidade. Trata-se de uma política pública que dá certo, que avança a cada dia. Só neste final de ano, entregamos o Cisp de São Luís do Quitunde e de Igaci e está pronto o de Pão de Açúcar. Vamos, agora, iniciar o de São Miguel dos Milagres. No próximo ano, a ideia é chegar a 20 Centros Integrados de Segurança Pública em Alagoas”, revelou o governador.

Cestas

Após a solenidade, a comitiva seguiu para o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), onde foram distribuídas 254 cestas nutricionais, por meio do Programa Estadual de Complementação Alimentar e Nutricional para Gestantes, Nutrizes e Crianças em Situação de Vulnerabilidade Social. Foram entregues, ainda, 150 cadeiras de roda.

Original em:http://www.cadaminuto.com.br

GD Star Rating
loading...

Inscrições para concurso da polícia do MA encerram nesta semana

O certame tem como objetivo o preenchimento de 100 vagas imediatas e ainda formação de cadastro de reserva.

As inscrições para o concurso público da Polícia Civil do Estado do Maranhão ficam abertas até esta quarta-feira (27). O certame tem como objetivo o preenchimento de 100 vagas imediatas e ainda formação de cadastro de reserva.

As vagas são referentes aos seguintes cargos: delegado de Polícia Civil – 3º classe (20), escrivão da Polícia (20), investigador de Polícia (46), médico legista (7) e perito criminal (7). Também haverá concurso para o cargo de Odontolegista, mas apenas para cadastro de reserva.

Os interessados podem realizar as inscrições por meio do endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/cebraspe/. A taxa de inscrição será de R$ 220,00 para o cargo de delegado e R$ 150,00 para as demais áreas. Os salários variam entre R$ 4.550,28 a R$ 18.957,64.

Por: Laura Moura

Original em: http: //www.gp1.com.br/

GD Star Rating
loading...

Estado divulga resultado final do concurso da Politec

Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) que circula nesta sexta-feira (22) o resultado final do concurso público para cadastro de reserva para papiloscopista e técnico em necropsia. O edital nº 018/2017 foi assinado na quinta-feira (21) pelos secretários de Estado de Segurança Pública e de Gestão, Gustavo Garcia e Júlio Modesto, respectivamente.

Foram classificados 344 pessoas dentre os 13.649 inscritos, que fizeram as provas em maio deste ano, no processo seletivo organizado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). As vagas destinam-se ao preenchimento de equipes nos polos da Politec de Cuiabá, Barra do Garças, Cáceres, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra.

Conforme a Secretaria de Estado de Gestão (Seges), não há previsão para as nomeações, que dependem do planejamento estratégico do órgão, responsável por solicitar as convocações ao governador Pedro Taques (PSDB).

Atualmente, conforme lotacionograma divulgado pelo Estado, existem 112 cargos vagos para papiloscopistas. São 238 cargos criados, sendo apenas 126 ocupados. Para o cargo de técnico em necropsia, são 44 vagas para completar o total de 86 cargos criados.

O grande número de cargos a serem ocupados se deve ao fato de muitos servidores terem se aposentado nos últimos anos.

Para além dos cargos contemplados no concurso, a maior defasagem vivida pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) atualmente se dá na área administrativa. São 227 cargos vagos para o cargo de técnico de desenvolvimento econômico e social. Outras vagas existentes são 9 para apoio de desenvolvimento econômico e social, 8 para perito oficial odonto legista, 7 para analista de desenvolvimento econômico e social, 5 para perito criminal nível 2. A Politec conta hoje com 6 servidores cedidos das Secretarias de Estado de Educação, Saúde, Gestão e Infraestrutura.

Os cargos

Os papiloscopistas poderão atuar nas áreas da identificação civil ou criminal. No processamento da emissão do documento de identidade civil, no processamento da emissão de atestados, certidões e informações civis, na coleta das impressões digitais, bem como sua classificação e pesquisa, arquivamento dos prontuários e documentação. Atuar na coleta das impressões digitais de cadáveres, classificando e catalogando-as em arquivo próprio e criminal, devendo após o estágio probatório. Os servidores poderão optar por uma das áreas de atuação, observada a necessidade do serviço público, determinada pela Coordenadoria Geral de Identificação.

Já os técnicos em necropsia atuam na área de Medicina Legal, na preparação do cadáver para o ato de necropsia, no auxílio ao Perito Oficial nos exames periciais, realizando a abertura do cadáver sob a orientação do Médico Legista, bem como auxiliá-lo na necropsia, afastando órgãos, removendo vísceras e coletando material necessário para exames complementares ou que deverão seguir com o laudo pericial, entre outras atribuições.

O regime jurídico é estatutário e os salários iniciais de carreira são de R$ 2.898,11 (Classe A- Nível 1- 30 horas) e de R$ 3.864,16 (Classe A- Nível 1- 40 horas). O concurso foi composto por quatro fases: Prova Objetiva, Avaliação Psicológica, Avaliação de Títulos, e Investigação Social. Os candidatos aprovados passarão por curso de formação ao entrarem em efetivo exercício.

Original em: http://www.folhamax.com.br/

GD Star Rating
loading...

Mais um Concurso Público é divulgado pela SEGEP – MA

Remunerações podem ultrapassar os R$ 9 mil mensais.

A Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (SEGEP) do Maranhão, receberá em breve as inscrições para mais um Concurso Público, o qual objetiva o preenchimento de 30 vagas para profissionais de nível Médio e Superior.

Com remunerações que variam de R$ 1.750,00 a R$ 9.600,00 ao mês, estes profissionais atuarão nas funções de Administrador (3); Analista de Recursos Humanos (2); Assistente Social (1); Contador (1); Programador de Sistemas (2); Engenheiro Civil (1); Analista Previdenciário das áreas Administrativa Previdenciária (6); Atuarial e Contábil (2) e Financeira e Contábil (2); Perito Médico (5) e Técnico Previdenciário (5). Dentro deste total de vagas existem oportunidades reservadas à profissionais que se encaixem nos requisitos do edital que pode ser consultado em nosso site.

As inscrições, que cobram taxas de R$ 90,00 a R$ 140,00, serão recebidas no período a partir das 10h, horário de Brasília, do dia 15 de janeiro até às 14h de 23 de fevereiro de 2018, por meio do endereço eletrônico da Fundação Carlos Chagas, empresa responsável pela organização do certame.

Os candidatos à estas vagas serão classificados por meio de provas objetivas; discursiva – redação/estudo de caso e avaliação de títulos, as quais deverão acontecer a partir do dia 29 de abril de 2018 na cidade de São Luis.

Este Concurso Público será valido por dois anos, passível de prorrogação por tempo semelhante.

Por: André Fortunato – Jornalista
Original em: https://www.pciconcursos.com.br/
GD Star Rating
loading...

ITEP – RN anuncia nova retificação em Concurso com salários de até R$ 7,4 mil

Documento foi publicado hoje (21) e informa que alguns cargos tiveram as inscrições reabertas.

O Concurso Público do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Estado do Rio Grande do Norte ITEP – RN com 156 vagas, foi retificado novamente.

As inscrições do cargo de Perito Criminal – Ciências Contábeis, foram reabertas, os candidatos podem realizá-las entre hoje 21 de dezembro de 2017, até 2 de janeiro de 2018, pelo site do Instituto AOCP, o valor da taxa é de R$ 110,00.

Saiba todos os detalhes deste Concurso Público com validade de 180 dias contados a partir de sua homologação, e pode ser prorrogado acessando os editais disponíveis em nosso site para consulta.

Os candidatos dos demais cargos realizaram as inscrições, até o dia 19 de dezembro de 2017, os valores das taxas de participação foram de R$ 70,00 ou R$ 110,00 conforme a escolaridade.

Candidatos de nível médio têm chances aos cargos de Agente Necrópsia (35) e Agente Técnico Forense (23), enquanto os profissionais com formação superior podem se inscrever para Perito Criminal nas especialidades de Ciências Contábeis (6), Ciências Biológicas (6), Engenharia Civil (6), Ciências da Computação (8), Engenharia Elétrica (4), Químico (6), Farmácia Bioquímica (8), Psicologia (6) e Perito Médico Legista – Médico (40) e Médico Psiquiatra (8).

Para classificar os candidatos será aplicada na data prevista de 4 de fevereiro de 2018 na cidade de Natal – RN as Provas Objetivas e Discursivas de Estudo de Caso, haverá também Curso de Formação Profissional e Avaliação de Títulos.

Fique preparado para a primeira fase de classificação adquirindo no site “pciconcursos” as Apostilas Digitais específicas deste Concurso Público.

As remunerações partem dos R$ 2.807,36 e chegam a R$ 7.440,00, onde os profissionais de todos os cargos atuarão em jornadas de 40 horas semanais.

Por: Jornalista: André Fortunato

Original em: https://www.pciconcursos.com.br/

GD Star Rating
loading...

IGP-SC: Sai gabarito definitivo e respostas de recursos do concurso

Saem gabaritos oficias do concurso IGP-SC. Candidatos ainda poderão pedir revisão de resultados até o dia 22 de dezembro.

Quem estava aflito esperando pelo gabarito oficial e pelas respostas dos pedidos de recurso do concurso do Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina, já pode comemorar! É que os documentos foram publicados nesta quarta-feira, 20, no site da organizadora IESES. Foi disponibilizado também o boletim individual de desempenho preliminar, que mostra os pontos dos candidatos. Confira o gabarito.

Próxima etapa do concurso IGP-SC

Quem for aprovado nas provas objetivas será chamado para participar da Avaliação de Aptidão Psicológica Vocacionada. A convocação está marcada para acontecer no dia 10 de janeiro. Nesta etapa, serão analisadas aspectos psicológicos de capacidade de concentração e atenção, raciocínio, memória, fluência verbal, julgamento, percepção, entre outras.

Vagas e salários do concurso IGP-SC

Essa seleção está oferecendo 51 oportunidades para a carreira de perito oficial (49 vagas) e técnico pericial (2). Todas exigem nível superior (veja mais no quadro abaixo). Os peritos oficiais receberãoR$15.820,84 e os técnicos terão vencimentos de R$5.317,94.

Os cargos oferecidos são de:
. Perito criminal geral – 9 vagas
. Perito criminal aúdio e vídeo – 4 vagas
. Perito criminal ambiental – 2 vagas
. Perito criminal em informática – 4 vagas
. Perito criminal em engenharias – 10 vagas
. Perito criminal bioquímico – 5 vagas
. Perito médico?legista – 14 vagas
. Perito odontologista – 1 vaga
. Papiloscopista – 2 vagas

Original em: https://www.folhadirigida.com.br/

GD Star Rating
loading...

Concursos Segurança Pública 2018: oportunidades com salários de até R$22 mil

Concursos Segurança Pública 2018: oportunidades com salários de até R$22 mil

A área da Segurança Pública está entre as maiores prioridades dos governos federal e estadual. No entanto, pesquisas recentes apontam carência significativa de servidores em todos os órgãos, comprometendo o andamento dos processos neles registrados.

Por isso, 2018 conta com grandes oportunidades para esta área, tanto em esfera federal quanto estadual. Dentre os concursos já solicitados ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), estão os das Polícias Federal e Rodoviária Federal (PF e PRF), que apontam sério déficit nos quadros funcionais.

Também há grandes expectativas de abertura de vagas em âmbito estadual. Neste caso, os concurseiros aguardam autorização para polícias Civil e Militar, além de Bombeiros e Detran’s de seus estados. Confira a lista de concursos aguardados para 2018:

CONCURSOS NACIONAIS

Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Levantamentos recentes apontam a provável carência de 4.800 servidores na corporação em 2018, déficit causado pelas aposentadorias previstas. O resultado seria o fechamento de 124 postos da PRF em todo o Brasil. Por isso, a realização de um novo certame é urgente.
A PRF já enviou pedido de concurso ao MPDG contento 2.778 oportunidades para policiais rodoviários e aguarda autorização.

Polícia Federal (PF)

A PF possui autonomia para autorizar novos concursos e aguarda a liberação de orçamento por parte do MPDG. Foram solicitadas vagas para as carreiras de escrivão, delegado, perito e agente, com remunerações que podem chegar a R$22 mil.

CONCURSOS ESTADUAIS

REGIÃO NORDESTE

Bahia

Está autorizado o Concurso PC-BA, com oferta de 1.000 vagas nas carreiras de investigador, delegado e escrivão. Remuneração inicial de ate R$11 mil.

Alagoas

Foi anunciado o Concurso PC-AL. Ao ser autorizado, o certame deverá trazer 300 vagas distribuídas entre as carreiras de delegado, agente e escrivão, com remunerações de até R$12 mil.

Ceará

O estado conta com dois concursos previstos. O primeiro deles é o da Polícia Forense, cujos cargos e remunerações ainda estão a definir. Também há previsão de abertura de certame para a Academia Estadual de Segurança Pública, cujas carreiras e quantitativo de vagas devem ser anunciados em breve.

Maranhão

O estado já tem o Concurso Detran-MA confirmado, cujas inscrições seguem ate o dia 18 de janeiro, ofertando 170 vagas para analista e assistente, sob a organização da Fundação Carlos Chagas (FCC). Também há previsão para realização do já anunciado concurso para o Corpo de Bombeiros, que deverá trazer vagas na carreira de soldado.

Pernambuco

Foram anunciados concursos para a PM-PE (com 500 vagas previstas na carreira de soldado) e PC-PE (cujas carreiras e quantitativo de vagas ainda serão anunciados).

Piauí

O estado tem dois concursos previstos e um já autorizado. O certame para a PC-PI deve ter edital publicado em breve, trazendo 190 vagas para delegado, escrivão e perito. Já a Secretaria dos Transportes deverá ter concurso para provimento de vagas em cargos de níveis médio e superior, enquanto o Detran-PI deverá trazer 200 vagas para agentes de trânsito e fiscalização.

Rio Grande do Norte

Dois concursos estão autorizados. A PC-RN deve trazer 157 vagas para os cargos de escrivão, agente e delegado, com remunerações de ate R$15 mil. Já o concurso PM-RN tem edital para sair a qualquer momento, contando com 1.000 oportunidades previstas na carreira de soldado.

Sergipe

O estado tem dois concursos já autorizados – Corpo de Bombeiros, com vagas na carreira de soldado e Polícia Civil, com vagas na carreira de delegado – e um anunciado, sendo este para soldado da Polícia Militar.

REGIÃO NORTE

Acre

O estado deverá lançar o concurso, já autorizado, para provimento do quadro do Corpo de Bombeiros Militar. São previstas 20 oportunidades com remunerações de ate R$4 mil, exigindo formação em nível médio.

Amazonas

Foram anunciados concursos para provimentos de 2.394 vagas na Polícia Civil (com remunerações de até R$12 mil), 5.865 vagas para soldado e oficial de Polícia Militar (com remunerações de ate R$4 mil) e quantitativo, ainda a definir, para o Corpo de Bombeiros Militar (com remunerações de ate R$3 mil).

Parána

O estado tem autorizados os certames para provimento de vagas na Polícia Civil (com remunerações de até R$12 mil) e 100 oportunidades para agentes de trânsito e fiscalização do Detran (remunerações de até R$2.100).

Rondônia

Está autorizado o concurso para provimento de vagas no Departamento Estadual de Estradas de Rodagens, que já conta com comissão interna formada. Já o concurso para a Polícia Militar do estado deve ofertar vagas na carreira de soldado e consta como previsto na Lei Orçamentária Anual. Confira, aqui, os concursos aguardados para o estado.

Roraima

O estado tem dois concursos autorizados e um já anunciado. Dentre os autorizados estão o que prevê o provimento de 300 oportunidades para agente penitenciário (Concurso Agente Penitenciário SEJUC-RR) e o que deverá ofertar 330 vagas na Polícia Civil, incluindo os cargos de escrivão, auxiliar, papiloscopista e delegado. Este já tem a Fundação Vunespe como banca organizadora. Já o concurso para a PM-RR foi anunciado e deve ter maiores informações divulgadas em breve.

Tocantins

O Concurso PM-TO tem o Instituto AOCP como banca organizadora e deverá trazer 1.040 vagas nas carreiras de soldado e oficial. São previstas remunerações iniciais de ate R$9 mil.

REGIÃO CENTRO-OESTE

Goiás

Dois concursos estão autorizados. O que tem processo mais adiantado é o da Polícia Militar, cuja banca organizadora já foi definida – o Instituto AOCP. O certame deverá trazer 2.000 vagas para cadete e soldado, com publicação de edital iminente. Já o concurso para a Polícia Civil já tem autorização e deve contar com 500 vagas para agente, delegado e escrivão.

Distrito Federal

Já foram autorizadas 2.024 vagas para o Concurso PM-DF, que tem o Iades como banca organizadora. já o Concurso PC-DF consta com previsão de ofertas de vagas nas carreiras de escrivão e agente.

Mato Grosso do Sul

Já esta formada a comissão interna do certame que deverá trazer vagas para o quadro de soldado da Polícia Militar. Remuneração inicial prevista de R$3,9 mil.

Mato Grosso

O estado já tem autorizados os concursos para Polícias Civil (1.200 vagas para escrivão e investigador) e Militar (1.200 vagas para soldado). Todas as carreiras exigem nível superior.

REGIÃO SUL

Paraná

Estão previstos os concursos para provimento de vagas na Polícia Civil (cargos e quantitativo de vagas a definir) e Polícia Militar (4.000 vagas para soldado).

Santa Catarina

Foi anunciado o concurso para provimento no quadro de Praça da Polícia Militar, cuja exigência é de nível superior completo com remunerações de até R$3,9 mil.

Rio Grande do Sul

Tem previstos dois concursos: 200 vagas para oficial da Polícia Militar, com a Fundação La Salle como banca organizadora; e, certame para provimento de vagas na carreira de oficial do Corpo de Bombeiros, cujo quantitativo ainda não foi definido.

REGIÃO SUDESTE

Espírito Santo

Já foram autorizados três certames: Corpo de Bombeiros Militar, com quantitativo de vagas na carreira de soldado, ainda, a definir; 380 vagas nas carreiras de soldado e oficial da Polícia Militar; e, vagas, ainda, a definir nos cargos de delegado, agente e escrivão da Polícia Civil (com chances para outras carreiras de corporação).

Minas Gerais

Bons concursos autorizados para o estado. O Concurso PC-MG, autorizado, deve trazer 76 vagas na carreira de delegado. Já o anunciado Concurso Secretaria de Estado e Defesa Social deverá trazer vagas nas carreiras de técnico e agente socioeducativo, com quantitativo ainda a definir. Por fim, o Corpo de Bombeiros Militar tem previsão de oferta de 710 vagas nas carreiras de soldado e oficial.

São Paulo

O Concurso PC-SP 2018 já está autorizado e deverá trazer 2.750 vagas em cargos de níveis médio e superior – chances para contemplar carreiras de delegado, agente, escrivão, perito e investigador. Remunerações iniciais previstas de até R$10.079,28.

Original em: https://editalconcursosbrasil.com.br

GD Star Rating
loading...

Policiais civis conseguem aprovar emendas em projeto do governo que reestrutura perícia

   Em sessão extraordinária nesta terça-feira (19), após quatro horas e meia de seguidas discussões e votações de um pacote de projetos de lei do governo estadual, os deputados estaduais atenderam ao pleito dos policiais civis e apresentaram emendas para adequar o Projeto de Lei Complementar (PLC) 46/2017, do Executivo, às demandas da categoria. Na noite desta terça, a votação foi nominal, por se tratar de PLC, e se encerrou com o placar 22 votos sim e nenhum não. O Projeto foi aprovado em todas as comissões pelas quais passou: Justiça, Cidadania, Segurança e Finanças. Mas, devido às emendas, a redação final ainda será concluída pela Comissão de Constituição e Justiça, e o texto votado na manhã desta quarta-feira (20).
Foram apresentadas, ao todo, oito emendas, todas acatadas pelo relator Gilsinho Lopes (PR). O deputado Euclério Sampaio (PDT) apresentou mais uma emenda, mas ela foi rejeitada pelo colega.
Uma delas deixa clara a divisão dos cargos da carreira da Polícia Civil em três grupos. Possuem natureza policial os cargos de delegado, escrivão, investigador e agente; natureza policial profissional os de médico legista, psicólogo, assistente social e perito oficial criminal; e natureza técnico-policial os de fotógrafo criminal e auxiliar de perícia médico-legal.
Outra garante como requisito para o concurso de perito criminal conclusão de curso superior na área da respectiva especialidade exigida e atuação compatível com a formação acadêmica e profissional. Além disso, os ocupantes deste cargo deverão ter habilitação para condução de veículos automotores na categoria B ou superior.
Também foi incluída emenda que garante a conclusão de nível superior no curso de Direito para escrivão e nível superior para investigador de polícia. Por fim, ficou acetado que o cargo de superintendente de Polícia Técnico-Científica será exercido por servidores das carreiras de perito criminal e médico legista da última classe da respectiva carreira.
O Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol/ES) marcou forte presença durante a votação, levando vários policiais para conversarem com os deputados e sensibilizá-los para o pleito da categoria.
Na convocação feita em seu site, o chamado foi para “manifestar toda indignação da categoria contra a retirada do nível superior dos Investigadores de polícia, contra a retirada do bacharelado em direito para os Escrivães, contra a extinção do cargo de Fotógrafo Criminal, contra as pegadinhas, “bode na sala” e calda legal que retira direitos. O movimento também tem como objetivo lutar pela reestruturação dos cargos de perícia e de investigação da Polícia Civil capixaba”.
O presidente do Sindipol/ES, Jorge Emílio Leal, diz que a Polícia Civil sofre de “desidratação por ausência de investimentos”. “É fato, o Governo não investe. Por isso as delegacias estão fechando, os inquéritos estão parados e há essa explosão de criminalidade”, explica.
Jorge Emílio conta que o efetivo hoje é menor do que o da década de 1990, enquanto a população dobrou de tamanho. “Eram aproximadamente 3.800 policiais para dois milhões de habitantes. Hoje são 2.200 para mais de quatro milhões”, informa.
Sobre o PLC, o líder sindical usa a expressão “colocou o bode na sala”, em que o Governo estadual criou um problema, no caso o rebaixamento de escrivães e investigadores, e, ao solucioná-lo, se faz passar por “bonzinho” e desvia a categoria da sua verdadeira luta, que é reivindicar seus direitos por concurso público, reajuste salarial – que não é dado a quatro anos – e melhores condições de trabalho nas delegacias. “Ele quis tirar energia das outras lutas, desviando contra um problema que ele mesmo criou. É uma pegadinha que quer arrancar direitos reconhecidos pelo Tribunal de Justiça”, protestou antes da votação.
GD Star Rating
loading...

AMAZONAS Concurso AM: confira as oportunidades previstas no Amazonas em 2018!

concurso AM: confira as oportunidades dos concursos do Amazonas em 2018

concurso AM: confira as oportunidades dos concursos do Amazonas em 2018

Concursos para diversas especialidades são esperados em 2018 no estado do Amazonas: áreas jurídica, da saúde, da educação e da segurança são algumas com previsões engatilhadas para o próximo ano. (concurso AM)

Entre os destaques, estão os concursos da Secretaria de Educação, que tem previsão de concurso já para o início do próximo ano, a Secretaria de Saúde do estado, que está sinalizada no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA 2018), a Polícia Civil, cujo concurso terá 2.394 vagas já confirmadas pelo governador, entre outros órgãos.

Agora é a hora de se manter otimista, avaliar o progresso nos estudos em 2017 e colocar no papel os planejamentos esperadas para o novo ano que se inicia.

Confira os órgãos que devem lançar editais para o próximo ano e comece 2018 com novo fôlego para os estudos!

Secretaria de Educação do Amazonas

Para a Secretaria de Educação do Amazonas (Seduc), devem ser liberados um total de 12 concursos, entre instituições e institutos. Neste ano, o secretário de Estado de Educação e Qualidade do Ensino, o professor José Augusto de Melo, anunciou que a secretaria vai lançar concurso já em fevereiro de 2018, mas que o edital pode até ser adiantado para janeiro. Ao todo, serão ofertadas 8,1 mil vagas, sendo 7 mil para professores (3 mil para a capital e 4 mil para o interior). A convocação está prevista para novembro de 2018. Outra novidade é que, segundo o secretário, uma medida inédita regulamenta o afastamento remunerado dos docentes para cursarem mestrado e doutorado. O último concurso da Seduc, de 2014, foi organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e ofereceu 7.043 em todos os níveis de escolaridade. Das chances, houve oferta para bibliotecário, assistente social, contador, estatístico, nutricionista, professor em diversas áreas, assistente técnico, entre outras funções.

SUSAM e Fundações 

Segundo o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA 2018), será realizado um concurso público para a Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam) e para as fundações de saúde do estado.

O último concurso realizado para a secretaria aconteceu em 2014, onde foram ofertadas um total de 11.646 vagas em todos os níveis de escolaridade. Organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), houve oportunidades para assistente social, biólogo, cirurgião dentista, enfermeiro, contador, arquiteto, técnico de farmácia, técnico de radiologia, técnico de saúde bucal, técnico em química, assistente administrativo, entre outras. O certame ofertou salários de até R$ 7.691,45 e contou com provas objetivas e avaliação de títulos para os cargos de nível superior.

 

PC AM – Polícia Civil do Amazonas

Polícia Civil do Amazonas (PC AM) abrirá concurso com 2.394 vagas. O governador anunciou em dezembro que remanejará as verbas do orçamento de 2018 para o estado e realizar a seleção.

Segundo pronunciamento do vice-governador e secretário de segurança, o certame tem caráter urgente para restaurar os quadros defasados. Sem concurso há quase 10 anos, o novo edital contemplará os cargos de escrivão, perito, auxiliar de perito, datiloscopista, delegado, investigador, assistente administrativo, auxiliar administrativo e investigador.

O último concurso, sob organização da Comissão Permanente de Concurso (Copec), aconteceu em 2009 e teve oferta de 930 vagas para perito odontolegista, perito legista, perito criminal, escrivão de polícia, investigador de polícia e delegado de polícia. Os salários variaram de R$ 2.514,24 a R$ 6.104,16.

PM AM – Polícia Militar do Amazonas

Polícia Militar do Amazonas (PM AM) lançará concurso com 5.865 vagas para os cargos de soldado e de oficial. De acordo com o governador do estado, que já confirmou o lançamento do edital, o orçamento para os concursos não está previsto no planejamento anual de 2018, mas há como executar a realização do certame.

O último concurso ofertou 2.473 vagas de níveis médio e superior para soldados, oficiais combatentes, oficiais de saúde e praças especialistas. As remunerações iniciais eram entre R$ 1.637,33 e R$ 3.400,60. O concurso, que teve sua homologação final publicada em fevereiro de 2011, expirou em fevereiro de 2015, após o término da prorrogação de sua validade original de dois anos.

CBM AM – Corpo de Bombeiros do Amazonas

Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBM AM) também tem previsão de concurso para 2018. Embora não tenha oferta das carreiras que serão selecionadas, a previsão é que haja oportunidades para soldado, 3º sargento auxiliar de saúde (técnico em enfermagem) e 2º sargento (enfermeiro, médico clínico, pediatra, dentista, etc). O certame foi anunciado em 2017 pelo governador José Melo no mês de março.

O último edital, de 2009, ofereceu um total de 1239 chances para níveis médio e superior. Ao todo, foram ofertadas vagas para médicos clínicos gerais, pediatras, ortopedistas, farmacêuticos, dentistas, enfermeiros, assistentes sociais, soldado, técnicos de enfermagem, auxiliares de consultório dentário ACD, técnicos de Raio-X e Técnicos de Gesso.

MP AM – Ministério Público do Amazonas

A Procuradoria Geral de Justiça do estado (MP AM) deve realizar concurso público no próximo ano. A previsão encontra-se listada no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2018 para ampliação do quadro funcional do órgão.

Há expectativa de novo concurso para o cargo de oficial de promotoria (que depende da regularização da carreira) e para promotor de justiça, cujo certame aconteceu em 2015.

Em 2013, houve concurso para agente técnico e para agente de apoio, de níveis médio e superior, respectivamente. As ofertas contemplaram os cargos de programador, manutenção, suporte de informática, jurídico, administrador, contador, economista, engenheiro civil, engenheiro florestal, médico, psicólogo, pedagogo e comunicólogo. Os salários chegavam a R$ 6,3 mil. No caso de promotor de justiça, em 2015, houve oferta de 11 vagas e salário de R$ 27,5 mil.

TRE AM – Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas 

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (Concurso TRE AM) lançou seu último edital em 2013, com cargos para candidatos que completaram ensino médio e superior. Como a validade do certame terminará no início de 2018, aumenta a expectativa por um novo concurso em breve.

No certame anterior, foram oferecidas vagas para analista judiciário nas áreas: administrativa; administrativa/especialidade contabilidade; judiciária; apoio especializado nas especialidades de análise de sistemas, medicina e odontologia. Já as vagas para nível médio foram para técnico judiciário nas áreas: administrativo; e apoio especializado nas especialidades de enfermagem, higiene dental, operação de computadores e programação de sistemas. Ao todo foram 40 vagas e formação de cadastro.

Na época, o subsídio para analista judiciário era de R$ 7.566,42, já para técnico judiciário o valor era R$ 4.635,03. No próximo concurso esses valores provavelmente serão reajustados

TJ AM – Tribunal de Justiça do Amazonas

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ AM) não realiza concurso desde 2013. Como a validade do certame estará vencida em 2018, existe uma grande expectativa por um novo concurso no ano que vem.

O último concurso ofertou vagas em diversas áreas de atuação para nível superior e médio (analista judiciário, assistente e auxiliar judiciário), tais como administração, arquivologia, direito, economia, enfermagem, engenharia ambiental, engenharia elétrica, engenharia mecânica, psicologia, serviço social, web design, entre outras.

Procuradoria-Geral de Justiça

DPE AM – Defensoria Pública

Com as inscrições prorrogadas até 19 de dezembro, o concurso da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (Concurso DPE AM) deve chamar a atenção dos concurseiros (as) para o ano de 2018. O certame oferta 60 vagas para níveis médio e superior contemplando os cargos de assistente técnico administrativo, assistente técnico em agrimensura, assistente técnico de suporte, programador, analista jurídico, analista social (psicologia e serviço social), analista em gestão especializado (administração, biblioteconomia, ciências contábeis e engenharia civil) e analista em gestão especializado em tecnologia da informação (analista de sistema e analista de banco de dados). Os candidatos realizarão a prova no dia 4 de fevereiro de 2018. Prepare-se!

Concursos federais

Apesar da crise que o Brasil vem enfrentando, o Ministério do Planejamento revelou que o governo federal voltará a realizar concursos públicos em 2018.

De acordo com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, há necessidade de voltar a realizar concursos principalmente em virtude de aposentadorias e outros desligamentos. Também foi revelado que a previsão é para que 40% dos servidores se aposentem até 2027. Assim, o número de profissionais deve diminuir consideravelmente nos próximos anos.

Muitos concursos estão sendo analisados pelo Planejamento, alguns órgãos até precisam realizar novas seleções urgentemente, devido ao déficit de servidores aposentados. Por exemplo, a Receita Federal e Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal (PRF), órgãos que já solicitaram a realização de novos certames com urgência. Ainda existem muitos concursos autorizados, anunciados e previstos, como o da Abin, Câmara dos Deputados, Senado Federal, Supremo Tribunal Federal (STF), Superior Tribunal Militar (STM), Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ministério Público da União (MPU), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Defensoria Pública da União (DPU), entre outros.

Concursos Forças Armadas 

Em 2018, as Forças Armadas ofertarão diversas oportunidades para ingresso no Exército, Marinha e Aeronáutica. São milhares de vagas com exigência de nível médio ou superior, para homens e mulheres.

Com remuneração inicial de aproximadamente R$ 3 mil (nível médio) e R$ 10 mil (nível superior), após o curso de formação, os concursos militares são uma excelente oportunidade.

Um dos pontos positivos é que os concursos militares têm a etapa objetiva aplicada em todas as capitais do país e muitas vezes em outras cidades de grande porte, sendo acessível para a maioria dos brasileiros.

Dentre os concursos previstos para 2018 estão os concursos da Escola de Sargentos das Armas, Instituto Militar de Engenharia, Escola de Formação Complementar do Exército, Escola de Cadetes do Exército, Escola de Aprendizes Marinheiros, Escola Naval, Corpo Auxiliar de Praças, Corpo de Engenheiros, Corpo de Saúde e de Apoio à Saúde, Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica e Curso de Formação de Oficiais Aviadores, Intendentes e de Infantaria da Aeronáutica, mas acontecerão outros certames.

Original em: https://blog.grancursosonline.com.br

GD Star Rating
loading...