Perícias de crimes de Informática do Instituto de Criminalística de Alagoas recebe novo equipamento

poal 041

A Chefia de Perícias de Crimes de Informática do Instituto de Criminalística (IC) de Alagoas acaba de receber uma nova estação forense de última geração. O equipamento será utilizado para realização de exames periciais de investigações que apuram crimes de homicídios, crimes contra a criança e o adolescente, fraudes bancárias, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, organizações criminosas, etc.

O chefe do setor, perito criminal Wellington Melo, explicou que o equipamento é um servidor de alto desempenho, que proporcionará aos peritos mais eficiência em etapas dos exames. Com os devidos softwares forenses instalados na unidade será possível processar e analisar vestígios digitais deixados em dispositivos de informática que possuam relação com a prática de crimes.

Novo servidor Wellington

“Com esta nova ferramenta a equipe de peritos do setor conseguirá coletar e processar dados em menos tempo, visto que a máquina possui o dobro de processadores e de memória quando comparada a melhor estação forense até então utilizado no IC, ou seja, com uma máquina robusta é possível reduzir o tempo de algumas etapas dos exames, e, por conseguinte, de entrega de laudos”, afirma o perito Wellington Melo.

Avaliado em mais de R$ 112 mil, a estação forense foi adquirida através de um acordo firmado entre o Governo do Estado e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), que prevê a modernização dos órgãos de perícia criminal de todo o país. De acordo com a perita criminal Rosana Coutinho, gestora do convênio, essa é mais uma conquista do IC alagoano no combate à criminalidade.

Original em: http://www.alagoas24horas.com.br

Leave a Reply