Peritos de computação atuam em operações da GCCO e Defaz

A Gerência de Perícias em Computação Forense da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) deu suporte a duas operações deflagradas pela Polícia Judiciária Civil, na última quarta-feira (24.04). O trabalho dos peritos consiste na análise de equipamentos eletrônicos de empresas alvos da operação, para a extração e análise de dados requisitados na investigação.

Com o trabalho da perícia no local, não é necessária a apreensão dos equipamentos. Os dados extraídos serão encaminhados para as autoridades, e as análises de conteúdo serão disponibilizadas nos laudos periciais.

Os peritos atuaram na Operação da Delegacia Especializada de Combate aos Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), denominada “Rota Final”, que investiga fraudes no transporte intermunicipal em Mato Grosso.

E na Operação “Regressus” (retornar ao sistema), que investiga esquemas de fraudes em processos de progressão de regime de presos. A investigação é coordenada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado e teve  a cooperação da Subsecretaria de Inteligência do Estado do Rio de Janeiro e a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

A investigação é sedimentada em três inquéritos instaurados na Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), que apuram fraudes processuais para obtenção de progressão de regime, peculato e também lavagem de capitais de reeducandos que progrediram usando documentos falsos.

Original em: https://www.24horasnews.com.br

Leave a Reply