Peritos Do Estado Protestam Contra O Baixo Salário E Prédios Inadequados

Peritos oficiais do Estado de Sergipe estiveram na manhã desta quarta-feira (06), no plenário da Casa Legislativa de Sergipe (Alese) com o objetivo de fazer ampla apresentação sobre trabalho que vem sendo desenvolvido pela classe. De acordo com Thayse  Freitas de Jesus,  que é perito criminal da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Sergipe (SSP),  além de outras questões, a  classe de peritos oficiais vem sofrendo com problemas de estrutura predial e de baixo salário. A presença dos peritos na Assembleia Legislativa é uma propositura da deputada Estadual, Gorreti Reis (PMDB).

“A  perícia no Estado ficou esquecida. Em 2014, mediante concurso público, com a entrada de novos peritos,  novas áreas começaram a  funcionar e novos exames foram feitos. Entretanto, temos problemas estruturais, como prédios inadequados. Sem falar que sofremos com o pior salário do ramo no  Brasil”, indignou-se.

De acordo ainda com a perito, atualmente o  Estado de Sergipe tem, em média, 50 peritos no exercício da profissão.  Os peritos oficiais estão distribuídos em três institutos no Estado. São eles: o Médico Legal, O de Pesquisa Forense e o de Criminalistica. “Nesses institutos os peritos atuam em   três categorias de peritos, sendo o de perito Criminal; o Médico Legista; e o Odonto Legista”, explicou Thayse Freitas, ressaltando  sobre uma inconstitucionalidade que está sendo protestada pela classe. “É ilegal realizar  a transposição de um cargo auxiliar, que é de nível médio, para o cargo de perito oficial, que é vedado pela Constituição Federal.

Por:  Rede Alese

Original em: http://www.faxaju.com.br

GD Star Rating
loading...