Concurso para Perito Criminal 2018 abre vagas com salários de até R$ 11.622,68

Saiu o edital! Foi divulgado no Diário Oficial do Estado o aguardado edital do concurso da Polícia Civil do Estado de Roraima (Concurso PC RR 2018) para o preenchimento de nada menos que 330 (trezentos e trinta) vagas. Desse quantitativo, 14 serão reservadas ao cargo de Perito Criminal em nada menos que 09 especialidades. A Fundação Vunesp tem a responsabilidade do certame.

A carreira de Perito Criminal de Polícia Civil Classe Inicial terá suas vagas distribuídas por especialidade (área): Engenharia Mecânica (02 vagas), Engenharia Civil (01 vaga), Engenharia Elétrica ou Engenharia Eletrônica (02 vagas), Química, Engenharia Química ou Farmácia (01 vaga), Ciências Contábeis (02 vagas), Engenharia Florestal (01 vaga), Geologia (01 vaga), Física (01 vaga) e Computação Científica ou Sistemas de Informação (03 vagas).

Perito Criminal de Polícia Civil

REQUISITOS: Ser brasileiro; ter, no mínimo, dezoito anos de idade; estar quite com as obrigações militares e eleitorais; não possuir antecedentes criminais e ter curso superior, observadas as especialidades: Farmácia, Química, Física, Engenharia (Civil, Elétrica, Eletrônica, Química, Mecânica e Florestal), Ciências Contábeis, Geologia e Computação Científica ou Análise de Sistema, com registro no Conselho Regional da Categoria, caso seja exigência legal para o exercício da atividade.

ATRIBUIÇÕES: Portar arma de fogo e munição e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; planejar, organizar, coordenar, supervisionar e executar atribuições relacionadas com perícias especializadas na área Criminalística; realizar perícias de sistema de segurança veicular, de especificação e confronto de materiais, vistorias especiais de Engenharia Legal, de espectrografia do som de complementação e reconstituição de locais de jogos; realizar perícias criminais em locais de morte violenta, disparo de armas, acidente de tráfego com vítimas, arrombamento ou situações similares; realizar perícias em locais de crimes contra o Patrimônio; realizar perícias no campo da revelação latente de cunhagem a frio em metal, adulteração em veículos (chassi do motor), adulteração em máquinas, motores e aparelhos; realizar perícias de arquivo, monopolizar pesquisa da identidade do criminoso, através dos fragmentos de impressões digitais deixadas no local do crime ou em objetos suspeitos; desempenhar funções técnico-administrativas, administrativas e outras de natureza não policial, no âmbito da Polícia Civil e da Secretaria de Segurança Pública; atender às requisições da Autoridade Policial; e, outras atividades previstas em lei e/ou regulamentos próprios, bem como executar outras tarefas correlatas a carreira.

SUBSÍDIO: R$ 11.622,68 (onze mil, seiscentos e vinte e dois reais e sessenta e oito centavos), acrescido de auxílio alimentação no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais). BOLSA FORMAÇÃO: R$ 3.486,80 (três mil, quatrocentos e oitenta e seis reais e oitenta centavos).

JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

REGIME DE TRABALHO: A função policial sujeita-se à prestação de serviços em condições adversas de segurança, com risco de vida, plantões noturnos e chamadas a qualquer hora, desde que justificada a necessidade, inclusive com a realização de diligências policiais em todo o Estado de Roraima ou fora dele.

TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 240,00 (duzentos e quarenta reais).

Requisitos para investidura no cargo

  • Ser aprovado no Concurso Público;
  • Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício da carreira, descrito acima;
  • Ter idade mínima de dezoito anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições da carreira;
  • Possuir Carteira Nacional de Habilitação, categoria “B”, “AB”, ou superior em plena validade, conforme exigência de cada carreira;
  • Ter procedimento irrepreensível e idoneidade moral inatacável, os quais serão aferidos por meio de investigação relativa aos aspectos moral e social;
  • Não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público federal, distrital, estadual ou municipal; e
  • Cumprir as demais determinações contidas neste edital, em editais complementares e na legislação em vigor.

Inscrição Concurso Polícia Civil PC RR 2018

As inscrições do concurso da Polícia Civil/RR 2018 serão realizadas entre 31 de agosto e 16 de outubro de 2018, no site oficial da organizadora do concurso (www.vunesp.com.br). A taxa de inscrição custará entre R$120,00 e R$260,00.

Etapas Concurso Polícia Civil PC RR 2018

concurso público da Polícia Civi/RR compreenderá duas fases. A primeira fase do concurso público compreenderá as etapas de provas objetivas, discursivas, avaliação psicológica, prova de capacidade física, prova oral, prova de títulos e investigação. Já a segunda fase será o curso de formação.

Primeira fase do concurso PC RR 2018

provas objetivas, de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP, para todas as carreiras;

prova discursiva, de conhecimentos específicos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP, para a carreira de Delegado de Polícia Classe Substituta;

prova discursivade conhecimentos gerais (PROVA DE REDAÇÃO), de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP, para as carreiras de: Médico Legista de Polícia Civil Classe Inicial, Odonto-Legista de Polícia Civil Classe Inicial, Perito Criminal de Polícia Civil Classe Inicial (Várias Especialidades), Escrivão de Polícia Civil Classe Inicial, Agente de Polícia Civil Classe Inicial e Perito Papiloscopista de Polícia Civil Classe Inicial;

avaliação psicológica, de caráter eliminatório, de responsabilidade da VUNESP, para todas as carreiras; exames médicos, para todas as carreiras, de caráter eliminatório, serão realizados por junta médica composta de membro da Junta Médica do Estado de Roraima sob organização da VUNESP;

prova de capacidade física, de caráter eliminatório, de responsabilidade da VUNESP, para as carreiras de Delegado de Polícia Civil Classe Substituta e Agente de Polícia Civil Classe Inicial;

prova oral, para a carreira de Delegado de Polícia Civil Classe Substituta, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP;

prova de títulos, para as carreiras de Delegado de Polícia Civil Classe Substituta, Médico Legista de Polícia Civil Classe Inicial, Odonto-Legista de Polícia Civil Classe Inicial, Perito Criminal de Polícia Civil Classe Inicial (Várias Especialidades) de caráter classificatório, de responsabilidade da Fundação VUNESP;

investigação relativa aos aspectos moral e social, para todas as carreiras, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Polícia Civil do Estado de Roraima.

Segunda fase do concurso PC RR 2018

Curso de Formação Profissional, ministrado pela Escola de Polícia Civil, com duração de 6 meses e carga horária mínima de 960 horas/aula, de caráter eliminatório, o qual no interesse e a critério justificado da Administração Superior da Polícia Civil, poderá ter sua duração reduzida para até quatro meses, de forma intensiva, observando-se a carga horária mínima de setecentos e vinte horas/aula e, Prova Final, versando sobre o conteúdo programático das disciplinas ministradas no Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade da Polícia Civil do Estado de Roraima.

Todas as etapas serão realizadas na cidade de Boa Vista – RR.

Provas Concurso Polícia Civil PC RR 2018

Todas as fases deste Concurso Público serão realizadas na cidade de Boa Vista – RR. A prova objetiva e discursiva, serão aplicadas nos dias 15 e 16 de dezembro de 2018, conforme disposto abaixo.

A prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o conhecimento do candidato para o desempenho das atribuições da respectiva carreira, contendo questões de múltipla escolha, com 05 (cinco) alternativas cada uma, versando sobre o Conteúdo Programático constante do Anexo I.

A prova discursiva de conhecimentos gerais (Redação em Língua Portuguesa), de caráter eliminatório e classificatório, será composta de uma redação, na qual se espera que o candidato produza uma dissertação em prosa na norma-padrão da língua portuguesa, a partir da leitura de textos auxiliares, que servem como referencial para ampliar argumentos produzidos pelo próprio candidato. Ele deverá demonstrar domínio dos mecanismos de coesão e coerência textual, considerando a importância de apresentar um texto bem articulado.

A prova objetiva (Conhecimentos Gerais e Específicos) e discursiva (Conhecimentos Gerais), exceto para a carreira de Delegado Classe Substitutiva, serão aplicadas simultaneamente e terão duração de 4 horas e 30 minutos.

A prova discursiva (Conhecimentos Específicos), será composta de Estudo de Caso e Peça Processual para a carreira de Delegado de Polícia Classe Substituta, de caráter eliminatório e classificatório, visando avaliar o domínio do conhecimento jurídico e da prática processual, o desenvolvimento do tema na estrutura proposta, a correta fundamentação, a adequação da linguagem, a articulação do raciocínio jurídico e a capacidade de argumentação, necessários ao desempenho do cargo.

A prova discursiva (Conhecimentos Específicos) para a carreira de Delegado de Polícia Classe Substituta, terá a duração de 03 (três) horas e será aplicada no mesmo dia da prova objetiva, em turno diverso.

A avaliação psicológica, de caráter eliminatório, terá finalidade de avaliar se o candidato apresenta característica cognitivas e de personalidade favoráveis para o desempenho adequado da atividades inerentes ao cargo público pretendido, de acordo com o parâmetros do perfil psicológico estabelecido, inclusive no tocante ao porte e uso de arma de fogo. O exame biométrico de caráter eliminatório, visa aferir se o candidato goza de boa saúde física e psíquica para suportar o exercício das atividades típicas da carreira a que concorre.

O teste de aptidão física, de caráter eliminatório, visa avaliar o desempenho físico do candidato, que deverá obedecer aos padrões exigidos para as carreiras de Delegado de Polícia Civil e Agente de Polícia Civil.

A prova oral, somente para a carreira de Delegado de Polícia Classe Substituta, visa avaliar domínio do conhecimento jurídico, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto do vernáculo.

A Prova de Títulos, de caráter classificatório, visa valorizar a formação acadêmica e a experiência profissional do candidato. A investigação social, de caráter eliminatório visa investigar a vida pregressa do candidato, no âmbito social, civil e criminal, bem como revelar se o candidato possuí comportamento incompatível com a função policial civil.

Informações do concurso
  • Concurso: Polícia Civil de Roraima
  • Banca organizadora: Fundação VUNESP
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 330
  • Remuneração: Até R$18mil
  • Inscrições: entre 31 de agosto e 16 de outubro de 2018
  • Taxa de Inscrição: entre R$120,00 e R$260,00.
  • Provas: 15 e 16 de dezembro
  • Situação: EDITAL PUBLICADO

Por: Saulo Moreira

Original em: https://noticiasconcursos.com.br

Leave a Reply