Arquivo

julho 2017
S T Q Q S S D
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Concurso PCGO: Universa retoma concurso para Papiloscopista Policial

A Universa, organizadora do concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva para o cargo de Papiloscopista Policial de 3° Classe da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO), divulgou hoje, 5 de novembro de 2015, o comunicado de continuidade do concurso público que oferece 100 vagas para Papiloscopista Policial (Nível Superior).

Junto com o comunicado a organizadora também divulgou o cronograma retificado do certame, confira abaixo:

Veja abaixo o comunicado na íntegra:

COMUNICADO

A Fundação Universa informa que foi comunicada oficialmente pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento – SEGPLAN, através do Ofício nº 836/2015-PJ-OCD, datado de 23/10/2015, onde informa que não mais subsiste a liminar que suspendia o Concurso Público para provimento de vagas e formação de cadastro reserva para o Cargo de Papiloscopista Policial de 3ª classe da Polícia Civil do Estado de Goiás.

Portanto, o concurso pode seguir seus trâmites normalmente.

Informa ainda, que está sendo publicado o novo cronograma atualizando as fases seguintes.

Brasília/DF, 04 de novembro de 2015
FUNDAÇÃO UNIVERSA

O comunicado deixa bem claro, o certame irá prosseguir com seus trâmites normalmente.

O resultado preliminar da avaliação médica e o resultado preliminar da avaliação da equipe multiprofissional está previsto para a próxima segunda-feira, 9 de novembro de 2015. Interposição de recursos 10 e 11 de novembro de 2015.

O prazo de validade do concurso público será de 2 anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Para mais informação acesse: POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE GOIÁS

Por: Raffael

Original em: http://www.diariooficialdf.com.br

GD Star Rating
loading...

Concurso Papiloscopista da Polícia PCDF: Universa divulga resultado definitivo da prova discursiva

A Universa, organizadora do concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva no cargo de Papiloscopista Policial da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), divulgou na última quinta-feira, 22, o resultado definitivo da prova discursiva junto com a convocação para a próxima fase, composta de exames biométricos e avaliação médica e para a perícia exclusiva aos candidatos com deficiência do concurso público que oferece 50 vagas.

O resultado definitivo após a 2ª (segunda) fase contempla: as notas finais na prova objetiva, na prova discursiva (com o peso 8), somatório das notas nas provas objetiva e discursiva e ordem de classificação após a 2ª (segunda) fase.

Os candidatos aprovados após a 2ª (segunda) fase, mencionados no resultado definitivo após a 2ª (segunda) fase, acima, desde que classificados até as posições-limite, respeitando as vagas destinadas aos candidatos com deficiência e os empates na última posição, indicadas no quadro abaixo, estão convocados para realizar a próxima fase, composta de exames biométricos e avaliação médica, em conformidade com o subitem 14.10 do Edital n.º 1 – PCDF-PAPILOSCOPISTA.

CARGO

DAS VAGAS

(AMPLA CONCORRÊNCIA)

DAS VAGAS

(CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA)

PAPILOSCOPISTA POLICIAL (CÓDIGO 101) 309

5

Os candidatos não classificados nas posições-limite indicadas no quadro acima, estão eliminados e não terão classificação alguma no concurso público.

Os candidatos com deficiência aprovados após a 2ª (segunda) fase, estão convocados para realizar a perícia em conformidade com o subitem 14.8 do Edital n.º 1 – PCDF-PAPILOSCOPISTA.

O prazo de validade do concurso público será de 1 ano, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Para mais informação acesse: POLÍCIA CIVIL DO DISTRITO FEDERAL

Original em: http://www.diariooficialdf.com.br

GD Star Rating
loading...

Teste de barra fixa não é obrigatório para mulheres em concurso público

Teste de barra fixa não é obrigatório para mulheres em concurso público

Teste de barra fixa não é obrigatório para mulheres em concurso público

Candidata ao cargo de Papiloscopista da Polícia Federal tem direito a participar das demais etapas do concurso público, independentemente de sua reprovação no Teste de Aptidão Física (TAF). Esse foi o entendimento unânime da 5.ª Turma do TRF da 1.ª Região, ao analisar apelação interposta pela requerente contra sentença da 7.ª Vara Federal do Distrito Federal, que julgou improcedente o seu pedido para prosseguir no certame.

A apelante defende que, conforme entendimento jurisprudencial dos tribunais brasileiros sobre a matéria, a exigência de realização do teste de barra fixa, na modalidade dinâmica, para mulheres, viola o princípio da isonomia, na medida em que é incompatível com a condição fisiológica feminina.

Em seu voto, o relator do processo na 5.ª Turma concordou com o argumento da requerente e afirmou que a exigência viola os princípios da isonomia, da razoabilidade e da proporcionalidade, pois é manifesta a diferença entre o homem e a mulher em sua constituição e aptidão físicas, revelando como inteiramente desarrazoada e desproporcional a exigência do teste na modalidade dinâmica para candidatas do sexo feminino.

O colegiado acompanhou, de forma unânime, o voto do desembargador, seguindo jurisprudência do TRF1 no sentido de que “tal diferença, notadamente no que tange à força física, revela-se apta a justificar a disparidade de tratamento entre pessoas do sexo masculino e feminino, como forma a dar efetividade ao preceito constitucional da isonomia. A exigência desse teste só não seria inconstitucional se justificada por inafastável necessidade para o exercício da função policial (AG 2005.01.00.029810-0/DF. Relator p/ acórdão: Desembargador Federal Fagundes de Deus. DJ de 10.8.2006, p. 103; AC 0039113-39.2004.4.01.3400/DF, Rel. Desembargador Federal João Batista Moreira, Quinta Turma, e-DJF1 p. 194 de 24/06/2011).

Assim, o relator afastou a exigência do teste para as mulheres e assegurou a participação da candidata nas demais etapas do concurso.

Processo n.º 0037107-78.2012.4.01.3400

Fonte: Âmbito Jurídico

Saiba mais no SOS Concurseiro

Original em: http://blog.euvoupassar.com.br

GD Star Rating
loading...

Inscrição para concurso da SSP de Sergipe

Concurso: total 34 vagas, 18 para nível médio e 16 superior

A Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) informa o período de inscrição pela internet para o preenchimento das vagas do concurso público para cargos na Coordenadoria Geral de Perícias da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP). Os interessados podem se inscrever pela internet no período de 22 de abril a 11 de maio deste ano.

Já 12 de maio será o último dia para o pagamento do boleto bancário. As provas objetivas estão marcadas para o dia 25 de maio. O certame é destinado ao preenchimento de vagas para Perito Criminalístico, Perito Médico-Legal, Perito Odonto-Legal, Papiloscopista e Agente Técnico de Necropsia. No total, o concurso terá 34 vagas, sendo 18 para nível médio e 16 para nível superior.

Outro concurso

A Funcab foi a empresa escolhida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para realizar concurso para a PRF. São 216 vagas de agente administrativo para 25 estados, entre eles Sergipe. O salário é de R$ 2.043,17. Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível médio completo. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. As inscrições devem ser feitas pelo site no período de 9 a 30 de abril e a prova 25 de maio. A taxa é de R$ 60.

Original em: http://www.infonet.com.br

GD Star Rating
loading...

Governador nomeia mais 165 papiloscopistas policiais

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, nomeou 165 aprovados em concurso público para o cargo de papiloscopista policial de 3ª classe da Polícia Civil. A nomeação foi publicada nesta terça-feira (28) no Diário Oficial do Estado (DOE).

A próxima etapa será a posse dos nomeados, que deve acontecer em aproximadamente 15 dias. Em seguida, os futuros papiloscopistas policiais iniciarão o curso de formação na Academia de Polícia Civil Dr. Coriolano Nogueira Cobra.

Após a formação, os alunos passarão por um período de estágio probatório. Os novos policiais serão designados para unidades da Polícia Civil de acordo com a classificação final do curso na Academia e da necessidade de cada região.

SP contra o crime

As polícias Civil e Técnico-Científica estão selecionando candidatos para 3.381 vagas em diversos cargos, na maior contratação já feita na história das duas instituições.

Na Polícia Civil, são 1.384 investigadores, 788 escrivães e 129 delegados. Outros sete concursos abertos ainda vão selecionar médicos legistas (140), técnicos de laboratório (84), fotógrafos técnico-periciais (120), desenhistas técnico-periciais (55), atendentes de necrotério (89) e auxiliares de necropsia (145).

Ainda neste mês, foram nomeados mais 156 aprovados em concurso público para o cargo de agente de telecomunicações policial de 3ª classe e 390 agentes policiais.

As contratações fazem parte do “São Paulo Contra o Crime”, um conjunto de ações estratégicas, anunciado em maio do ano passado pelo governador Geraldo Alckmin, que visa diminuir os crimes e valorizar as polícias.

O investimento anual do Governo do Estado com as contratações será de R$ 305 milhões.

Por: Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Original em: http://www.jornaldiadia.com.br/

GD Star Rating
loading...

Papiloscopistas tocantinenses querem melhores condições de trabalho

Papiloscopistas tocantinenses querem melhores condições de trabalho

Os investimentos feitos pela Secretaria de Segurança Pública na Polícia Científica não têm sido suficientes para atender as necessidades dos peritos em papiloscopia tocantinenses. O trabalho desses profissionais exige o mínimo de infraestrutura e de materiais essenciais para prestar um serviço eficiente à população. No entanto, a categoria sofre com a falta de equipamentos, o que dificulta a realização das atividades periciais que elucidam diversos tipos de delitos e instruem inquéritos policiais e ações penais da justiça e Ministério Público.

Papiloscopistas de Araguatins, Colinas do Tocantins, Guaraí, Palmas e Porto Nacional afirmam que faltam scanners, impressoras, computadores, cadeiras, colchões e, mais grave, o material de trabalho diário. Muitas vezes eles se veem obrigados a pedir algum equipamento emprestado para não deixar de fazer determinado serviço.

As fotografias disponíveis na página da Aspeto no facebook, através dolink https://www.facebook.com/asppeto, demonstram a precariedade da estrutura de trabalho dos papiloscopistas de Colinas, Palmas e Porto Nacional, o que evidencia o descaso com a segurança pública, uma das áreas mais importantes e que deveria ser prioritária para qualquer governo.

Em Colinas, o ambiente de trabalho é muito pequeno, o que obriga as papiloscopistas lotadas na cidade a depositar materiais coletados em local de crime em um canto da sala, gerando incômodo, já que não dispõem de um ambiente adequado, tampouco estrutura para revelação de fragmentos papiloscópicos.

Na sede do Instituto de Identificação os problemas também ocorrem, sobretudo quanto ao estado de conservação e um relativo abandono de suas dependências. A vegetação natural toma conta dos espaços no entorno do prédio, o que pode provocar acidentes entre veículos que entram e saem do estacionamento, atrair animais peçonhentos e auxiliar no acúmulo de lixo. Pode-se observar, há um longo tempo, o depósito de objetos inservíveis, equipamentos de informática expostos a sol e chuva, ausência de peças de sanitários, entre outros fatores que incomodam os funcionários do órgão.

Outra deficiência detectada é a falta de pessoal em determinadas localidades, uma vez que a região atendida pela circunscrição dos núcleos de identificação abrange diversas cidades, sobrecarregando os poucos profissionais que lá estão. É necessário, portanto, a realização imediata de concurso público na área específica, prevendo a aposentadoria de servidores mais antigos e devido ao quantitativo ser insuficiente, não sendo possível, em alguns casos, cumprir a escala mínima de 24 por 72 horas em regime de plantão.

O que fazem os Papiloscopistas

As atribuições dos papiloscopistas são definidas em lei, quais sejam a perícia de local de crime (coleta de vestígios papiloscópicos), perícia papiloscópica em laboratório (revelação de fragmentos papilares em objetos recolhidos em cena de crime), identificação de corpos de identidade ignorada, emissão de laudos papiloscópicos, necropapiloscópicos (de impressões digitais de cadáveres) e prosopográficos (de reconhecimento da face), pesquisa e inserção de impressões digitais em sistema automatizado, identificação de pessoas para emissão de carteira de identidade, identificação de indivíduos suspeitos, confecção de retrato falado, emissão de carteiras funcionais, emissão de atestados de bons antecedentes, entre outras atividades secundárias.

Original em: http://surgiu.com.br

GD Star Rating
loading...

Quase 3 mil candidatos concorrem a 37 vagas na Perícia Oficial de Alagoas

Provas do concurso público acontecem neste domingo (3). Cargo mais concorrido é o de papiloscopista, com 153,4 pessoas por vaga.

Mais de 2,8 mil candidatos concorrem as 37 vagas disponibilizadas no concurso da Perícia Oficial do Estado de Alagoas, que acontece no próximo domingo (3). Segundo o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB) entre as demandas de candidatos por vaga, a que obteve maior número de inscritos foi o cargo de papiloscopistas, com uma disputa de 153,4 candidatos para uma vaga. Em segundo lugar ficou a função de técnico forense, que teve 122,5 inscritos concorrendo por uma vaga.

Para o cargo de perito criminal, a concorrência também será acirrada. Na especialidade de biomedicina/ciência biológicas serão 117 concorrentes por uma das 3 vagas. Quem se inscreveu na especialidade de farmácia terá que disputar a vaga com 106 concorrentes e na especialidade de medicina veterinária serão 100 por uma vaga.

Entre as funções que obtiveram a menor disputa estão os cargos perito médico-legista com 20,5 por vaga e peritos criminais com especialidade em mecânica/mecatrônica e geologia/mineralogia, respectivamente com 20 e 19 concorrentes por vaga.

No site oficial da Cespe, www.cespe.unb.br, o candidato ainda tem acesso as locais das provas e a emissão do cartão de inscrição. Também foi divulgada na mesma página da web a relação com os nomes dos candidatos que tiveram o pedido de atendimento especial deferido e outra relação com os candidatos deferidos como pessoa com deficiência.

Original em: http://blog.euvoupassar.com.br

GD Star Rating
loading...

Polícia Civil de São Paulo vai convocar mais 62 papiloscopistas

A Polícia Civil de São Paulo incluiu mais 62 vagas no concurso que, inicialmente, oferecia 103 oportunidades de papiloscopista. Agora, subiu para 165 o número de profissionais de nível médio, com CNH categoria “B” e prática de digitação que serão chamados para tomar posse na carreira. Do total de postos disponíveis, 5% serão destinadas a pessoas com deficiência.

A decisão foi divulgada no Diário Oficial de São Paulo. As provas aconteceram nos municípios de Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

Os aprovados ingressam com vencimentos de R$ 3.585,96 ou de R$ 3.780,96. Os valores incluem o salário base de R$ 2.068,36; o adicional de local de exercício (ALE), que é de R$ 780 em cidades com menos de 500 mil habitantes ou de R$ 975 onde há mais de 500 mil moradores; o auxílio-alimentação de R$ 240; e o adicional de insalubridade de R$ 497,60 (pago somente depois do curso de formação).

Oficial administrativo

A mesma publicação também informa que foram incluídas mais 20 vagas de oficial administrativo na Superintendência de Polícia Técnico-Científica, mediante aproveitamento de remanescentes de outros concursos realizados.

Original em: http://www.atribuna.com.br/

GD Star Rating
loading...

Polícia Civil/SP: 130 mil concorrem a 113 vagas de auxiliar de papiloscopista

O salário é de R$ 2.278,05. A prova será aplicada no dia 2 de junho.

O concurso da Polícia Civil do Estado de São Paulo recebeu 130.179 inscrições para 113 vagas para auxiliar de papiloscopista policial – 6 vagas são reservadas aos candidatos portadores de necessidades especiais. O salário é de R$ 2.278,05 – veja as estatísticas de inscritos.

O concurso terá prova preambular, com 80 questões de língua portuguesa, noções de direito, noções de criminologia, noções de lógica e noções de informática. A prova será aplicada no dia 2 de junho, com duração de 4 horas, nas cidades de Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba. Os locais de provas não foram divulgados.

Haverá ainda prova de aptidão psicológica, prova de aptidão física, e comprovação de idoneidade e conduta escorreita, mediante investigação social. As provas de aptidão psicológica e de aptidão física serão aplicadas apenas na cidade de São Paulo.

O candidato deve ter nível fundamental, ser habilitado para a condução de veículos automotores e ter conhecimento prático em digitação.

Fonte: G1

Original em: http://blog.euvoupassar.com.br

GD Star Rating
loading...

Papiloscopista poderá passar a ser chamado de perito papiloscopista

A Câmara analisa o Projeto de Lei 2754/11, do deputado Luciano Castro, que altera a designação do papiloscopista policial, responsável pela análise das impressões digitais nas investigações. O texto define que esse profissional deverá ser chamado de perito papiloscopista.

A proposta também estabelece como requisito para compor a categoria que o profissional tenha diploma de ensino superior.

Luciano Castro afirma que a proposta busca atualizar o nome do cargo, de acordo com o que já tem sido aplicado em instituições policiais de alguns estados, além de valorizar o profissional da área. “A nomenclatura, além de realçar a importância daqueles que realizam perícias nessa especialidade, atribuindo-lhes um status pessoal e funcional mais significativo, rearticula institucionalmente esse segmento de crucial importância no terreno das perícias policiais”, argumenta.

Tramitação

A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público e Constituição e Justiça e de Cidadania.`

Original em: http://www.pciconcursos.com.br

GD Star Rating
loading...